mar27

A lambança da Google com a linha Nexus no Brasil

7 Comentarios »Postado por GordoGeek em 27/03/2013 às 17:41h

     Pra resumir: tô puto com a Google. Pronto, pode pular a notícia no seu feed e ir para o próximo. Já dei o spoiler logo de cara. Fui honesto e transparente. As pessoas gostam disso. Mas parece que a galera de Mountain View não sabe. Tão tratando o consumidor brasileiro como otário e vou explicar meus motivos, caso queira continuar lendo.

     Enquanto a Samsung (e mais recentemente a Motorola, que por um acaso é da Google) vem nos brindando com lançamentos mundiais, a LG, Nokia, Apple (cadê o iPad mini?!) e Google, quer nos empurrar coisas de segunda mão como sendo novidade. E pior: num preço que até pode ser justificado, mas não deixa de ser frustrante, se comparado ao praticado no resto do mundo.

     Muitos acham que eu era fanboy da Apple e agora sou da Google. Na real, eu não tenho lado. Não tenho partido. Quando precisa elogiar, elogio, quando precisa descer o sarrafo, eu faço. Simples. Infelizmente algumas empresas recentemente vem fazendo mais caquinha do que coisa boa e, por consequência, tomando mais porrada do gordo. Façam a coisa certa e vão receber meus afagos (#ui).

     A Google demorou quase seis (longos) meses pra trazer o Nexus 4 ao Brasil. Como já esperado, o valor não é nem de longe o praticado nos Estados Unidos e em outros países emergentes, como a Índia. O motivo? Eles devem achar que a gente é rico e pode pagar. Afinal, a gente paga R$ 2.500,00 num iPhone ou Galaxy S4, então porque não pagar R$ 1.700,00 num Nexus 4? Aliás, o produto já está esgotado no Ponto Frio e Fastshop, parceiras da Google na venda do smartphone.

     Há algumas semanas aconteceu um evento da Asus e todo mundo ficou se perguntando: cadê o bendito Nexus 7, tablet que é feito pela Asus, mas sob a tutela da Google? A resposta oficial é que quem cuida disso é a Google. Como poucos dias depois apareceu um evento da empresa de buscas, todo mundo ficou imaginando: ah, vai vir o Nexus 7. Não veio! E segundo a empresa, não virá tão cedo. Mas alguns sites não começaram a vender o produto por R$ 1.299,00 há alguns meses? Sim, mas foi um erro de comunicação entre Google e Asus. Nem era pra ter acontecido. Ah ta então…

     Apesar de já estarmos na quarta geração de smartphones da linha Nexus, a Google diz que esse é o primeiro oficialmente lançado por aqui. Ué, mas e o Galaxy X, que era a terceira geração da linha Nexus, feito pela Samsung? De acordo com eles, não é um Nexus puro. What?!?!?! Tava no site deles! Sério, esse tipo de comportamento me dá nojo.

     Sobre o aparelho em si, apesar de lá fora ele já ter 6 meses e todos já sabermos que em outubro vem a nova geração, o smartphone ainda é bom. Tem CPU de quatro núcleos e 2GB de RAM. A performance chega bem próxima ao Galaxy Note 2. Porém, pra mim ele tem 3 coisas muitos ruins: câmera, bateria não removível e falta de entrada pra cartão microSD. Pelo mesmo preço que tão pedindo do Nexus 4, você encontra o Galaxy Note 2, que é bem mais aparelho e tem tudo que falta no puro sangue da Google. Os únicos dois motivos que vejo pra alguém preferir o Nexus são: 1) não se adaptar a telona do Note 2 (como se Nexus com 4.7” fosse pequeno) e querer um Android puro, sem modificações e sempre atualizado direto da Google, sem passar por fabricantes ou operadoras.

     Diante do recente anúncio da Google em matar o Reader e agora essa tremenda falta de respeito comigo (e com todos os brasileiros) eu estou muito puto da vida com esses caras. Deu pra entender agora porque tantas críticas no Twitter?

Leave a Reply

preload preload preload