jun23

Acabou a mamata do VivoON: chegou a cobrança

29 Comentarios »Postado por GordoGeek em 23/06/2012 às 14:04h

     Já falei algumas vezes sobre o plano VivoON por aqui, onde o usuário faz uma recarga de R$ 25,00 por mês e recebe 450 minutos pra falar com outro Vivo, 450 minutos pra falar com outro VivoON, mais SMS ilimitados pra outro Vivo e acesso as redes sociais. Porém, o plano ficou anos sem cobrar pelo acesso a outros sites. Agora isso mudou e a Vivo anda cobrando R$ 4,00 por MB acessado, tornando o plano totalmente inviável.

     Há algumas semanas começamos a receber comentários de leitores dizendo que a Vivo havia cobrado pelo acesso a internet nesse plano, descontando no extrato como sendo Vivo ZAP. As cobranças são sempre bem altas, pois como é cobrado por MB, um acesso de 10MB acaba causando um débito de R$ 40,00 no saldo. No começo as cobranças eram esporádicas e apenas para alguns usuários. Agora, passaram a ser diárias e muito mais gente está reclamando.

     No mês passado a Vivo debitou R$ 15,00 do saldo da minha esposa. Ao entrar em contato, eles estornaram o valor. Esse mês aconteceu novamente e houveram duas cobranças num valor similar. Entrei em contato novamente e disseram que o valor está correto, pois houve acesso a internet. Detalhe: eles não tem ferramentas (assim o dizem) para demonstrar ao cliente que sites ele acessou e quanto consumiu de cada. Ou seja, podem cobrar o que quiserem, sem detalhar nada. Muitos leitores já disseram que recorreram a Anatel e, pra variar, nada foi feito. Assim, recomendo que quem usa esse plano, o abandone de imediato. O que era um plano bem competitivo, deixou de fazer frente a concorrência. Aliás, eu nunca achei que a não cobrança pelo acesso fora das redes sociais era falha de tarifação e sim uma prática comercial, pois Claro e Tim tem planos muito mais interessantes. Com essa cobrança, a Vivo dá um verdadeiro tiro no pé.

     Se você achar que compensa continuar pagando R$ 25,00 pra ter os outros benefícios, como minutos e SMS, faça as contas novamente. Pra ter acesso a internet “liberada”, você teria que contratar mais um plano de internet. O menor disponível é o de R$ 9,90 para 10MB. Depois disso, a velocidade cai para ridículos 32kbps, o que praticamente vai tornar seu acesso ao 3G inviável.

     Estou há algumas semanas usando o Tim Beta, que é uma variação do Tim Infinity Pré. No plano convencional, você paga R$ 0,25 por dia de uso do 3G (apenas quando usar) e tem uma cota bem pequena para navegar (10MB). Depois disso, a velocidade também é reduzida (50kbps). A vantagem do Beta não é na tarifação, tendo em vista que o valor é o mesmo, mas no benefício, pois a velocidade não é cortada se o uso não for abusivo (ficar baixando torrents por exemplo). Aqui eu costumo pegar velocidades acima de 1.2Mbps em vários horários, sendo que dá uma queda de 50% (600Kbps) em horários de pico. Como benefícios adicionais, cito o pacote de R$ 0,50 para envio de SMS ilimitado para qualquer operadora (cobrando apenas no dia que usar), bem como o custo de R$ 0,25 por chamada (ilimitada) para qualquer outro Tim, local ou DDD.

Leave a Reply

preload preload preload