set05

Alerta: guarde sempre os comprovantes de pagamentos

7 Comentarios »Postado por GordoGeek em 05/09/2012 às 08:16h

     Vou fugir um pouco do foco do blog pra dar um alerta pros nossos leitores, evitando assim, que muitos passem por dissabores, como eu e minha esposa passamos nos últimos dias. Acredito que todos aqui façam backup (#NOT), mas quantos de vocês guardam notas fiscais, comprovantes de pagamentos e outros? Bom, acredito que poucos se dão ao trabalho de arquivar tudo, seja em papel, seja via PDF ou algo semelhante.

     No dia 20/07/2009, decidimos (de última hora) acompanhar meus pais e alguns amigos que iriam para os Estados Unidos. Como meu visto havia vencido, eu precisaria renová-lo. Porém, se fizesse pelos trâmites normais, não conseguiria a tempo do embarque. Foi ae que me recomendaram o serviço da empresa Visto Geral, que é uma agência que consegue antecipar as entrevistas. Como eles fazem isso, não me perguntem, pois não tenho a menor ideia.

     Depois de enviada toda a documentação necessária, foi emitido um boleto e fizemos o pagamento do mesmo. Fomos pra São Paulo, tiramos o visto, fomos para os Estados Unidos e beleza. Bem, essa semana, mais de 3 anos depois do ocorrido, eu recebo uma notificação da tal empresa me cobrando pelos serviços que eu já havia pago. Como a gente costuma mandar os comprovante todos por email, tendo em visto que há tempos não pagamos mais contas na boca do caixa e sim de maneira eletrônica, corri pra procurar no email. Porém, na época, minha esposa usava uma conta do Hotmail. O problema é que ela deixou de usar, assim que aderiu ao Gmail e, como vim a descobrir da pior maneira possível, a Microsoft inativa a conta e apaga todo seu conteúdo após 270 dias sem uso. Ou seja, adeus tudo que tinha lá dentro.

     Como tínhamos certeza que o boleto havia sido quitado, ficamos indignados. Tivemos o maior trabalho pra procurar em outros emails, caixas e mais caixas de comprovantes, contas telefônicas pra achar o fax enviado e tudo o mais. Bem, depois de dois dias de pura agonia e tempo perdido, achamos o tal comprovante. Quando ligamos para a empresa, na maior cara lavada, nos pediram pra enviar o comprovante pra darem baixa. Agora imaginem comigo: supondo que uma empresa (não essa, qualquer outra), espere passar 3 anos de uma cobrança e depois comece a enviar, pra todos seus clientes, cobranças dizendo que a fatura não foi paga. De todos os clientes, quantos vocês acham que teriam condições de comprovar o pagamento? Eu acredito que muito pouco, ou seja, muitos teriam que pagar duas vezes a mesma coisa, gerando um enorme lucro fácil pra empresa, a custo do “descuido” do consumidor.

     Segundo o artigo 42 do código de defesa do consumidor, quando uma situação assim ocorre, a empresa tem que devolver o valor cobrado em dobro ao cliente. A lei nasceu justamente pra mostrar para as empresas que agem de má fé (ou simplesmente são desorganizadas) que não se pode enviar cobranças sem base para o consumidor. Claro, muitas empresas se negam a fazer isso, obrigando o cliente a procurar seus direitos no Procon e na Justiça, o que com certeza dá uma enorme dor de cabeça, mas aconselho fortemente que façam, pra inibir tal prática abusiva.

     Em resumo: guardem os comprovantes, seja em papel ou de maneira eletrônica, pois uma hora eles podem te tirar de uma tremenda fria. Sugiro inclusive o Evernote, que digitaliza as contas, facilitando a buscar por tags depois. O que nós passamos nesses dois dias, procurando o comprovante feitos loucos, de uma coisa que tínhamos certeza que já pagamos, eu não desejo a ninguém.

Leave a Reply

preload preload preload