nov26

Aprendendo a usar o Arduíno com uma protoboard

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 26/11/2011 às 01:17h

     Desde que comprei o meu kit básico do Arduíno eu fiquei curioso sobre como usar a protoboard que veio nele. Infelizmente não achei nada muito detalhado e como estava com medo de danificar algo fazendo ligações incorretas, deixei de canto por uns dias. Hoje eu encontrei um blog bem interessante com vários tutoriais bem detalhados e para leigos. Finalmente consegui usar a minha protoboard, como mostro nos vídeos abaixo.

     O mais importante que você precisa saber é que as trilhas dos extremos (duplas) são conectadas horizontalmente, enquanto as do centro (5) são ligadas verticalmente. Ou seja, se você conectar um terra numa trilha do extremo, ela será válida por toda a extensão horizontal (no meu caso, 80 pinos). Já nas do centro, quando você liga algo na coluna A, ela se extenderá somente até a E (5 pinos).

     No primeiro vídeo eu usei as trilhas dos extremos apenas para terra, conectando um pino ao GND do Arduíno e as restantes (da mesma linha) para cada área da protoboard que eu precisei, ligando os LEDs. Ainda nesse vídeo, eu mostro um projeto de um semáforo, ou seja, cada LED precisaria estar conectado a uma porta digital do Arduíno (2, 3 e 4). No segundo vídeo eu liguei nas trilhas do extremo também o positivo, deixando uma trilha inteira (80 pinos cada) para terra e outra para o positivo, conectado a porta digital 2. Nesse caso, como os LEDs estavam todos conectados na mesma porta, sempre que eu mandava um comando para ela, o mesmo era replicado nos 3 LEDs.

     Para concluir a brincadeira dessa noite, conectei o Arduíno ao Ethernet Shield e adaptei um programa para acender e apagar os LEDs via navegador web, que pode ser acessado tanto de um computador, como de um iPhone, iPad, Android, etc., conforme vemos no vídeo acima.

Leave a Reply

preload preload preload