dez15

Breve Análise da TV/ Monitor 3D da Samsung TA950 27”

7 Comentarios »Postado por GordoGeek em 15/12/2011 às 15:58h

     Antes de mais nada, gostaria de agradecer a gentil assessoria da Samsung por ter me enviado essa bela TV/ monitor para review. Fazia algum tempo que eu queria testar um produto com essas características e não estava com coragem de gastar mais de R$ 2.000,00 pra isso. Aliás, a assessoria sempre se refere a esse produto como um monitor com TV integrada, ou seja, o foco do produto é ser primeiro um bom monitor, tendo a TV e os recursos de conectividade como um extra. O modelo enviado para testes foi o TA950 de 27”, que tem preço sugerido de R$ 2.199,00.

     Logo que tirei o produto da caixa, o meu queixo bateu no chão. Eu achei o design super bonito e diferente. A Samsung ousou e me convenceu. Contudo, o feedback que tive quando publiquei fotos dela no Twitter foi justamente o oposto. A maioria das pessoas achou o produto “estranho e feio”. Talvez vendo-o pessoalmente a impressão fosse outra ou talvez seja apenas questão do gosto individual de cada um. Na minha modesta opinião, o produto ficou bonito tanto na sala, quanto no escritório, onde usei-o conectado a um Mac mini. Arrisco a dizer que ficou mais bonito que o iMac.

     No que tange as funções de monitor, eu adorei o produto. Conectado ao Mac mini, ele deu um show de qualidade de imagem. Eu tenho vários monitores aqui em casa (7 pra ser mais exato), sendo alguns da própria Samsung e outros da LG. Nenhum outro chega perto da qualidade desse, até mesmo porque, as tecnologias são diferentes. Os meus antigos são todos LCD e o TA950 é LED. Comparando-o com o iMac, que também é LED, a qualidade foi bem similar. Como meu iMac é de 21.5” e o produto de teste é 27”, deu a impressão que esse última era melhor. Aliás, sempre achei que 27” pra um monitor era um exagero e por isso mesm optei pelo iMac de 21.5”, mas fiquei convencido que 27” é um paraíso.

     Indo pro lado das funções de TV, a coisa já não é tão boa assim. Apesar da imagem ter boa qualidade, me chamou a atenção o alto grau de reflexos da TV. Isso porque, diferente da maioria de TVs, ela não tem o acabamento fosco. Publiquei várias fotos no Twitter, conforme fazia os testes e esse problema chamou a atenção de todos. Tive o cuidado de comparar com outras TVs e monitores, pra ser o mais justo possível. De frente, a imagem até fica legal, mas conforme se vai para os lados, prejudica bastante a visualização. Claro que, se o seu ambiente for mais controlado, com janelas pequenas, você não terá esse problema, mas no meu caso, que tenho uma sala com amplas janelas, isso me atrapalhou bastante.

     Um recurso bastante em moda atualmente é o 3D. Devo confessar que não gosto dessa tecnologia (nem no cinema). Talvez por eu ter miopia e usar óculos, colocar outro óculos em cima, me deixa um tanto desconfortável. O óculos que acompanha a TV é até bacana, por ser bem grande e se encaixar bem sobre os meus de uso cotidiano. Porém, com poucos minutos de uso, já sinto enjoo e dor de cabeça.

     Ainda sobre o 3D, a TV tem um recurso de tentar emular o 3D sobre conteúdo 2D convencional. Sinceramente? Eu não vi nada de diferente. Coloquei vários conteúdos, inclusive em alta definição e vi uma mudança muito sutil. Mais atrapalhou do que ajudou. Já com relação ao conteúdo em 3D, ae sim vemos uma diferença. É bacana, mas como eu disse anteriormente, em pouco minutos me sinto com dor de cabeça. Novamente eu friso: talvez isso seja porque uso óculos e contigo possa ser uma experiência diferente. Pelo que li, cerca de 15% das pessoas que usam os óculos sentem a mesma coisa que eu.

     O que eu mais queria testar nesse produto eram os recursos da chamada SmartTV. Eles substituem um media center dedicado, como WDTV, Boxee Box e Apple TV? Na minha opinião, nem de longe. Pra quem não tem nada disso atualmente, talvez salte aos olhos num primeiro contato. Porém, pra quem como eu, já tem vasta experiência no assunto, ficou aquela de sensação de dever não cumprido.

     Sendo mais específico nas críticas, eu gostei da disposição do Smart HUB, inclusive possibilitando que se veja TV enquanto acessa outras coisas, mas os serviços em si não me convenceram. Por exemplo, não acho nada prático acessar um Facebook ou Twitter pela TV, assim como também não vejo utilidade do recurso no Xbox. Já serviços de vídeo sob demanda, como Youtube, Terra TV, Netflix e outros, faz todo o sentido. Porém, notei uma certa instabilidade no acesso dos mesmos. No caso do Netflix, por exemplo, tentei por mais de 10 vezes fazer acesso ao serviço, mas quando clicava no ícone, a TV encerrava após alguns segundos me exibindo a mensagem “conectando…”. Achei bem frustrante.

     As TVs Samsung tem um recurso chamado AllShare, que permitem receber conteúdo de smartphones e tablets da marca. Esse acesso pode ser feito diretamente pela TV ou ainda entrando no dispositivo móvel, selecionando a TV e escolhendo o conteúdo por ele. É o tal negócio, funciona, mas não da melhor forma. Acho que a Samsung tem muito o que aprimorar na experiência de uso. Uma coisa que me chamou a atenção foi a falta de legendas na transmissão de um vídeo. Muita gente baixa conteúdo com legenda e isso cria uma baita problema. O mais curioso é se o mesmo conteúdo tiver conectado a porta USB da TV, seja via pendrive ou HD externo, a legenda é lida sem problema. Ou seja, por que então não pode ser feito isso sem fios, que é muito mais prático?

     Eu entendi que a Samsung quis dar um foco nas funções de monitor e não de TV nesse produto, porém ele custa muito mais caro que um monitor simples, como o próprio Samsung T27A550 que custa em torno de R$ 800,00, que aliás, também é um monitor LED de 27” com recurso de TV. Claro que a TA950 tem toda uma gama de serviços adicionais, como a gravação da programação e o smarTV, mas como nada disso funciona de forma razoável, não acho que vale a compra. Acho que seria bem mais interessante comprar uo T27A550 e um Apple TV, que ficaria a metade do preço do TA950.

Leave a Reply

preload preload preload