jan05

Como receber email da câmera IP em caso de invasão?

2 Comentarios »Postado por GordoGeek em 05/01/2012 às 11:29h

     Já comentei em alguns posts aqui no blog que coloquei umas câmeras IP em casa. Se você não viu, pode consultar os posts relacionados as câmeras acessando aqui e aqui. Nesse outro eu explico como configurar a câmera e a sua rede para permitir o acesso remoto. Tem também um outro onde explico mais sobre o serviço DynDNS e DLinkDDNS, que ajudam a quem não tem uma conexão de IP fixo a contornar esse problema. Pra fechar, tem esse outro post sobre o aplicativo Live Cams, pra visualizar e controlar a câmera IP remotamente pelo iPhone/ iPad.

     Agora irei explicar um pouco sobre como configurar a câmera para que ela te envie um email caso alguém invada o perímetro monitorado por ela. Comentei sobre isso no Twitter e o pessoal gostou da ideia. Assim, mesmo que você não tenha alarme no local, dá pra saber se alguém entrou numa determinada sala. Apesar dela não enviar SMS, se você tiver um email com tecnologia push (como o MobileMe/ iCloud ou Gmail), que usam Exchange ou similar, o resultado será parecido, uma vez que o seu smartphone irá apitar assim que o email chegar na caixa postal. No meu caso, estou usando uma conta tradicional do Gmail.

     Primeiramente você deve acessar o painel de controle da câmera pelo navegador. Através da maioria dos aplicativos pra smartphones você só visualiza e controla a câmera, não podendo acessar essas configurações mais avançadas. Outra ressalva: mesmo as câmeras que tem suporte a navegadores como Chrome e Firefox, geralmente o acesso feito por eles é mais limitado, como o dos aplicativos para smartphones, só permitindo visualização e controle. Sugiro então que você use o Internet Explorer e permita o uso do ActiveX, pois será instalado um plugin que lhe dará acesso a essas opções.

     Uma vez dentro do painel da câmera, clique na opção de configuração avançada e depois no menu Mail Service Settings. Lá dentro, você terá que preencher as configurações adequadas. A minha câmera permite que eu notifique até 4 emails, usando os parâmetros Receiver 1, Receiver 2, Receiver 3 e Receiver 4. Não é obrigatório o preenchimento de todos. Caso queira colocar apenas o seu email, preencha apenas o campo Receiver 1 (ex.: fulano@gmail.com). Outro campo que você deve preencher é o Sender, com a conta de email que será usada para enviar (ex.: fulano@gmail.com). Pode ser a mesma conta que irá receber? Sim, sem problema.

     Ainda na tela de configuração do email, você deve preencher o campo SMTP Server (ex.: smtp.gmail.com) e SMTP Port (ex.: 465). Caso o seu provedor trabalhe com criptografia das informações, escolha a correta no campo Transport Layer Security Protocol (ex.: TLS). Boa parte dos provedores necessita de autenticação do SMTP. Se for o seu caso (geralmente é) marque a opção Need Authentication. Abaixo dela, preenche os campos SMTP User (ex.: fulano@gmail.com) e SMTP Password (sua_senha). Clique no botão salvar.

     O próximo passo é configurar o sistema de alertas da câmera. Isso é feito no menu Alarm Service Settings. Lá dentro, ative o serviço marcando a opção Motion Detect Armed. Logo abaixo, escolha o nível de sensibilidade em Motion Detect Sensibility. Quanto menor o número, maior tem que ser o objeto/ movimentos pra disparar o alarme. Por exemplo, se a câmera fica num lugar aberto, onde corre o risco de passarinhos ou plantas dispararem o alarme, use um número mais baixo, como 3. Se for ficar numa sala onde não existe movimento no horário a ser monitorado, pode escolher um nível maior, como 8.

     Continuando na tela do alarme, algumas câmeras possuem um plugue para acoplar outros sensores, como aqueles tradicionais de infra-vermelho. É possível também acoplar uma sirena na porta de saída. Essas opções são configuradas na mesma tela. Como acredito que a maior parte das pessoas não vai usar tais opções, vamos adiante. Mas caso você for usar, basta ativar as opções.

     Ainda na mesma tela, marque a opção Send Mail on Alarm para que o sistema envie um email pra você quando houver alguém no perímetro. Caso queira que o email traga fotos do momento da invasão, marque também a opção Upload Image on Alarm. No campo Upload Interval (Seconds) você configura o intervalo que as fotos serão tiradas após a invasão. Eu costumo deixar 5.

     Pra finalizar a configuração do alarme, a última opção da tela é o agendamento (Scheduler). Se você deixar o monitoramento ligado direto, irá receber uma chuva de emails, caso alguém entre no perímetro. Aqui em casa, por exemplo, eu deixo desativado ao longo do dia (pra ele não pegar minha movimentação) e ligo a noite. Caso queira automatizar essa tarefa, você pode configurar o intervalo em que o sensor liga e desliga. Como aqui em casa não é um escritório comercial, com horários fixos, eu prefiro ativar e desativar manualmente. Dá trabalho, mas assim não recebo vários emails inúteis.

     Alguns sistemas de vigilância (como meus DVRs) possuem um recurso bem interessante que permitem que se configure áreas de alarme. Assim, você pode deixar a câmera cobrindo uma área maior e marca apenas portas e janelas para serem monitorados. Se alguém passar numa área não marcada, o alarme não dispara. Infelizmente essas câmeras IPs mais baratas não contam com esse recurso e tudo que passar diante delas será alvo do monitoramento.

     Muitas pessoas vieram me perguntar como faz pra gravar a imagem das câmeras. Existem alguns DVRs com suporte a câmera IP (os meus não tem), mas o mais comum é deixar um computador ligado pra gravar. As câmeras costumam vir com um programa pra isso (mesmo que simples). É possível ainda contratar um serviço de gravação externo, como o Sistema Vigia, a partir de R$ 30,00 mensais por câmera.

     Caso você não queira deixar uma máquina ligada 24 horas e nem queira contratar uma empresa para isso, você ainda pode configurar o recurso de envio de imagens via FTP, através do menu Ftp Service Settings. Lá, você configura uma conta de FTP e um intervalo de tempo (ex.: 60 segundos) que quer receber tais imagens. Assim, independente de haver invasão do perímetro, a cada 60 segundos o sistema vai tirar uma foto e mandar pra um FTP. Observação: se você por um intervalo muito curto e sua taxa de upload for baixa, sua internet vai ficar muito ruim.

preload preload preload