abr24

     Alguns irão dizer que eu não tenho sorte. Eu prefiro dizer que eu insisto no erro em comprar porcarias da Samsung. Há alguns meses eu comprei um Galaxy Note 3 e tive alguns problemas que podem ser facilmente encontrados no Google. Ou seja, não sou o único (azarado). Dá pra se ver centenas de casos iguais, o que me faz chegar a conclusão que nem num aparelho de R$ 3.000,00 a Samsung consegue usar hardware de qualidade, entregando uma boa experiência a seus consumidores.

     Um dos problemas que eu tive com meu Galaxy Note 3 era ele ficar reiniciando do nada, conforme narrei nesse outro post. Provavelmente isso era sinal de memória NAND indo pro saco, além de uma verificação estúpida de região da Samsung. Como eu amenizei o problema? Tem no outro post. Mas como eu tinha um plano da Pitzi, acabei enviando pra eles e me enviaram um novo, sem o problema.

     Outro problema que eu tinha no aparelho antigo e achei que seria resolvido no novo é com o Wi-Fi instável/ caindo/ lento. É algo irritante e que quase me fez jogar o aparelho contra a parede inúmeras vezes. Segui tudo que era sugerido em vários fóruns gringos (como desativar economia de energia e procura automática de redes), sem sucesso. Recentemente eu notei que o problema só se manifesta nos roteadores no padrão 2.4GHz. Como aqui em casa tenho vários roteadores, pra melhorar a cobertura, tenho optado em usar os de 5.8GHz, mesmo quando o sinal é fraco. Pelo menos assim, o problema não acontece. A solução definitiva foi comprar novos roteadores no padrão 5.8GHz. Devia mandar a conta pra Samsung, mas como eles mal conseguem fazer dinheiro vendendo smartphones e ainda vão ter que pagar alguns bilhões em multas por copiar a Apple descaradamente, deixa que eu mesmo pago, Sammy.

     Como na minha casa/ empresa eu que mando na rede, fica “fácil” resolver. É “só” por a mão no bolso e trocar os equipamentos. Mas e em outros locais que eu frequento, onde eu não sou o dono da rede e elas podem operar 2.4GHz? Bem ae eu tomei no cu, como todo mundo que compra um equipamento Samsung deve estar acostumado, pois em alguma fase do seu relacionamento com a empresa, invariavelmente você também vai acabar tomando. Porém, uma forma de amenizar o problema é instalando o app WiFi Fixer.

     Segundo estatísticas da Google Play, o app já está chegando a casa de 1 milhão de instalações, ou seja, parece que tem bastante gente por ae sofrendo com o problema. Mas o que ele realmente faz? Diferente do que o nome sugere, ele não mexe em alguma configuração obscura e resolve o problema do Wi-Fi. Ele na verdade roda uma verificação cada 30 segundos, testando se consegue enviar dados via Wi-Fi. Caso não, ele derruba o sinal e se conecta novamente. Isso resolve o problema, por alguns minutos, até ele acontecer novamente. O meu caso aqui, mesmo com o sinal no máximo, o aparelho simplemente não consegue enviar dados no Wi-Fi e fica num estado zumbi, que só resolve desligando e religando o Wi-Fi. O que esse app faz é automatizar isso pra você. Em resumo: uma gambiarra.

Leave a Reply

preload preload preload