mai05

Cuidado: o Deezer pode consumir toda a sua cota do 3G

Comentários desativadosPostado por GordoGeek em 05/05/2014 às 15:32h

     No mês passado eu tive um dissabor muito grande com o Deezer. Eu tinha acabado de renovar o meu plano 3G (R$ 11,90/ mês no Vivo Sempre) e, ainda no carro, recebi um SMS. Como estava dirigindo, deixei pra lá e só fui verificar o que era quando cheguei ao meu destino. Pra minha surpresa, era a operadora me avisando que eu tinha atingido a minha franquia de dados e minha navegação estava sendo reduzido para 32kbps.

     Fiquei muito p. da vida, pois como já relatei, eu tinha acabado de começar uma nova franquia no dia anterior. Ao verificar nas configurações do Android quais eram os apps que estavam consumindo os dados do 3G, me deparei com o aplicativo do Deezer. Sozinho, ele baixou quase 200MB do 3G em questão de minutos, no trajeto que fiz da minha casa para o local do compromisso. Ou seja, ou ficava mais quase um mês sem internet (porque vamos combinar que 32kbps você não faz nada) ou renovava o plano. Tive que gastar mais R$ 11,90 pra não ficar na mão.

     Hoje, novamente, aconteceu o mesmo problema com a minha franquia. E, novamente, o problema foi com o app do Deezer. Quando o smartphone estava em casa, no Wi-Fi, ele estava sincronizando minhas playlist. Porém, quando coloquei-o no bolso pra sair, ele não detectou o fim do Wi-Fi e continuou a tarefa no 3G, esgotando meu plano de dados em poucos minutos. Não deu nem tempo de chegar no meu destino, a operadora já enviou o fatídico SMS novamente.

     Ao comentar do problema no Twitter, o suporte do Deezer me recomendou usar o modo Offline. Sinceramente? Esperava muito mais deles. Primeiro, o reconhecimento de culpa, pois no Spotify isso não acontece. Se o app está sincronizando e percebe que o Wi-Fi está indisponível, ele para de baixar, pra não comprometer a franquia do 3G. Segundo, seria de bom tom me oferecer um promocode pra compensar o prejuízo que tive. Terceiro, seria adequado eles divulgarem aos usuários que isso pode acontecer, evitando dissabores como os que eu tive.

     Em resumo: se você tem o hábito de sincronizar playlists pra ouvir offline, justamente para não ficar dependendo do 3G, fique muito esperto, pois caso contrário você terá graves problemas com a sua franquia de dados, já que o app do Deezer não é esperto o suficiente para entender que não está mais numa cobertura Wi-Fi.

     Essa foi a gota d’água pra eu cancelar meu plano do Deezer. Eu já estava insatisfeito com outros fatores (que falo mais abaixo), mas diante desse problema se repetindo e de uma falta de perspectiva que isso seja corrigida, já que o suporte praticamente lavou as mãos, não me resta outra alternativa senão usar apenas o Spotify.

     Pra quem ficou curioso sobre os outros motivos, vamos a eles. Primeiro, a falta de uma plano familiar. Sim, eu sei, no Spotify também não tem. Porém, no Rdio tem. Com algo em torno de R$ 50,00 mensais eu consigo ter 5 contas, o que atende a toda a família. O desconto é muito bom e não vale a pena fazer planos individuais. Sobre o ambiente de cada um, é totalmente separado e ninguém interfere nas músicas ou playlists do outro.

     Uma outra coisa que aconteceu comigo ainda ontem é que, sabe-se lá o motivo, o Deezer resolveu gravar as músicas em cache no armazenamento local do telefone e não no cartão microSD. Quando eu mandei mover pro cartão, ao invés dele jogar tudo que já tinha baixado pro cartão, ele apagou tudo, sem me dar qualquer aviso prévio de que isso seria feito. Ou seja, uma semana baixando músicas offline a toa. Começou tudo do zero. Burrice demais na minha opinião.

     O que mais me irrita no entanto é a limitação de se fazer streaming para mais de 3 dispositivos. Vejam bem a explicação. Não é a capacidade de se fazer cache (gravar músicas offline) em mais de 3 dispositivos, já que praticamente todos os serviços de streaming tem essa limitação. O problema é não se conseguir ouvir mais que 30 segundos em outros dispositivos, um fator limitante presente apenas no Deezer. Em outros serviços você consegue ouvir normalmente, desde que outro aparelho não esteja usando na mesma hora (simultâneo). Recentemente o Deezer lançou uma função rádio que permite o streaming de mais de 30 segundo, mas convenhamos, eu pago esse serviço para ouvir as músicas que eu gosto e não uma rádio. Inútil pra mim!

     Nem tudo são flores no Spotify. Não é um serviço perfeito. Ainda está meio em beta no Brasil, ele não permite mudar a cache de lugar, não tem plano familiar pra economizar, mas pensado prós e contras, ele me parece ser o melhor disponível atualmente. O acervo é bom, ele não vai fazer a cagada de consumidor toda a sua franquia do 3G e existem playlists para praticamente todo o tipo de situação, que facilitam muito no dia-a-dia.

Comments are closed.

preload preload preload