set02

Magazine Luiza vai me dar um iPad de graça

5 Comentarios »Postado por GordoGeek em 02/09/2011 às 14:53h

     Minha esposa vive reclamando que tal site não abre no iPad dela. Eu sei que existem alguns “artifícios” (leia-se gambiarra) para contornar o problema, mas não é a mesma coisa que ter algo nativo. Por isso, em junho desse ano, decidi comprar um Motorola Xoom para presenteá-lo no dia dos namorados. Nos vídeos, ele parecia ser bem bacana. Porém, na prática, ele é um grande abacaxi, pois o Honeycomb que vem com ele é todo bugado e a quantidade de aplicativos feitos pra ele na Android Market é uma piada. Assim, não me restou outra alternativa senão devolvê-lo (claro, dentro do prazo garantido por lei para compras feitas via internet, que é de 7 dias).

     Eu fiz o pedido de devolução no site do Magazina Luiza, que aproveito pra dizer, não se comporta muito bem no Mac com alguns browsers, por culpa do uso intenso de ajax que eles fazem. Acabei tendo que ir numa máquina Windows para completar o procedimento. Recebi o número de protocolo e fiquei aguardando contato. Alguns dias se passaram e nada do contato. Comecei a reclamar no Twitter e como é muito comum hoje em dia, alguém entrou em contato comigo para resolver. Confesso que demorou alguns dias para resolverem, mas acabaram resolvendo. Algumas semanas depois estava resolvido e o valor estornado.

     Apenas para posicionar quem não sabe, dia dos namorados é em junho. Bem, ontem, minha esposa passou no supermercado, como de costume e ao tentar pagar a conta com o cartão, foi recusado. Chegou em casa p. da vida e quando entrei no site da administradora pra ver o que tinha acontecido, o limite estava zerado. Fiquei sem entender e abri uma reclamação no banco emissor (HSBC). Hoje eu voltei a entrar no site e para a minha surpresa, lá estava o Magazine Luiza me cobrando novamente o produto devolvido em junho. Parece que alguns estagiário resolveu fazer caquinha.

     Como eu não tenho vocação pra palhaço, estejam certos que essa história não vai ficar por isso mesmo. Já entrei em contato com a minha advogada e na próxima semana estaremos entrando com ação indenizatória. Espero que isso sirva de exemplo pra quem se sentir lesado e com nariz de palhaço, coisa muito comum nas compras via internet hoje em dia. Os casos estão aumentando numa velocidade incrível e só tem um jeito de fazer isso melhorar: mexendo no bolso deles. Quando um erro gera transtorno ao cliente, mas não gera prejuízo pra eles (pelo menos, não diretamente), nada muda. Agora vai mexer no bolso pra ver… De uma coisa eu tenho certeza: graças a essa cagada, o Magazina Luiza vai acabar me dando um (pelo menos) iPad “de graça”, tendo em vista que o Código de Defesa do Consumidor é claro em relação a cobranças indevidas: a devolução tem que ser em dobro, como forma de punir e não incentivar a prática. Some-se a isso o constrangimento e transtornos zerados por terem zerado meu limite, não possibilitando novas compras e temos uma salada de pepinos perfeita.

Leave a Reply

preload preload preload