jun08

O Motorola Xoom AINDA não vale a pena. Passa amanhã!

30 Comentarios »Postado por GordoGeek em 08/06/2011 às 00:37h

     Depois de alguns meses lendo muita coisa bacana sobre o Motorola Xoom, resolvi que deveria dar uma experimentada. Como moro no .. do mundo, tive que aproveitar um final de semana e fui passear com a família em Ribeirão Preto. Lá, encontrei o gadget disponível para experimentos numa bancada da FNAC e acabei surpreso, pois num primeiro momento, me agradou bastante, conforme comentei aqui no blog, dizendo até que eu compraria um. E comprei!

     Já disse algumas vezes que não sou o maior fã do Android. Acho muita coisa tosca, especialmente os aplicativos. Meu HTC Magic eu vendi com menos de uma semana. O Nexus One fica na gaveta e o tablet XingLing, bem, nem vale a pena comentar. Porém, conforme disse aqui nesse artigo sobre o Galaxy Tab, gostei bastante do conjunto da Samsung. Infelizmente, não posso dizer o mesmo do Motorola Xoom.

     Sabe quando você faz uma compra e enquanto o produto não chega, você resolve fazer o que deveria ter feito antes da compra, pesquisando tudo sobre aquele produto? Pois bem, eu comprei o Xoom num dia e no dia seguinte, enquanto roia as unhas pela sua chegada, comecei a pesquisar sobre ele, lendo inúmeros blogs. Nesse instante eu já fiquei um tanto com medo, pois a enorme maioria fez duras críticas, conforme comentei aqui. Talvez isso já tenha me dado um certo preconceito inicial e prejudicou minha análise, mas tentei ser o mais imparcial possível e me ater a fatos.

     Mesmo tendo lido várias críticas, que me deixaram um tanto descontente, ainda assim eu estava super empolgado e olhava no site dos Correios de hora em hora pra ver quando o produto seria entregue. Quando ele finalmente foi entrega, tive outra decepção logo ao abrir a caixa: os acessórios que acompanham o produto são mínimos! Vem apenas o carregador e o cabo de sincronia. Nada de case, dock, cabo HDMI, etc. Poxa, tá certo que o iPad também não vem, mas o Galaxy Tab veio recheado de coisas e por R$ 1.899,00 (preço sugerido do produto), a Motorola podia ter mimado um pouco o cliente.

     Uma coisa muito bacana nos Android (e que agora também faz parte do iOS 5) é o fato de se configurar a conta Google no início e ele já começar a baixar seus aplicativos comprados e a configurar seu ambiente. Facilita muito a vida de quem tá migrando, especialmente dos mais leigos.

     Pelo que eu tinha lido nos outros artigos, apesar da falta de aplicativos de terceiros para o Honeycomb, o Google teria caprichado nos apps nativos. Bem, isso é uma meia verdade. O aplicativo de mapas e do youtube são bem bacanas, mas o mesmo não acontece com o browser e o email. No caso do browser, a maioria dos sites mostra seu conteúdo mobile, pois o Google “esqueceu” de fazer uma adaptação (já corrigida no 3.1) e é um pé nos bagos ter que ficar tendo que comutar pro modelo completo. No caso do email, o esquema de agrupar os emails por assunto, também não está presente, o que me deixou bastante desapontado, pois uso isso há anos no Gmail e há vários meses no iOS.

     Com relação a loja do Google (Market), ela está melhor no Honeycomb, mas ainda perde de lavada pra App Store. A busca nem parece que foi feita pelo Google, de tão ruim. Ela é fraca, não permite muitos filtros e dificulta a vida quando se quer encontrar aplicativos, especialmente os feitos especificamente pro Honeycomb. Aliás, talvez esse seja um dos principais problemas. Existem pouquíssimos aplicativos feitos para o novo sistema. Os antigos, feitos para telas menores, ficam com aquele aspecto esticado horrível. Isso tende a mudar com o passar do tempo, mas você vai gastar R$ 1.900,00 agora e ficar esperando? Compre logo um iPad!

     Minhas críticas ao Xoom vão mais ao Google e menos a Motorola, mas essa também merece umas pedrinhas. Lá fora já liberaram o Honeycomb 3.1 e aqui no Brasil, nada. Até quando isso vai continuar? A Motorola não perde a chance de dizer que o Brasil é importante pra ela, isso e aquilo, mas na hora do vamos ver, somos excluídos e ficamos às moscas. Tem que ter muita paciência pra suportar essas promessas.

     O hardware em si, tirando alguns pequenos problemas, é muito bom. Ele é bonito, bem construído, aparenta ser resistência e é extremente poderoso. Por mais aplicativos que você abra, ele sempre funciona bem, sem engasgos. É incrível!

     A tela também é bem bacana. Não sei dizer se é melhor ou pior que a do iPad. Pra mim, estão no mesmo nível, tanto em definição, quanto na precisão dos toques. Mas uma coisa que eu não gostei foi o formato wide do Xoom. Tudo que você abre fica esticado e sabe-se lá Deus quando (e se) vão surgir conteúdos adaptados a esse formato.

     Se por um lado o hardware é bom e confiável, não podemos dizer que o sistema é uma rocha de estabilidade e confiabilidade. Comigo ele travou várias vezes, mesmo antes de instalar o Flash e em apps nativos do Google. Dava erro inesperado blablabla e pumba: encerrava. A impressão que dá é que é um beta e não um sistema final. Tanto Google, quanto Motorola, correram pra marcar posição e acabaram tropeçando em seus próprios erros.

     Mesmo que você seja um enorme fã do Google, do Android e/ ou da Motorola, eu duvido que você fique contente, depois de algumas horas (ou dias) de uso, achando que fez um bom investimento. Eu gostei da experiência, mas já solicitei a devolução ao Magazine Luiza. Quem vê o vídeo demonstrativo no site, pode até acusar a empresa de propaganda enganosa, pois na prática, o cenário é bem pior do que o pintado por lá.

     Muitas pessoas me disseram que estavam na dúvida entre Motorola Xoom e iPad 2. Eu também estava. Como já tenho um iPad, que roda relativamente bem quase tudo, queria dar uma variada. Por isso eu comprei o Xoom. Porém, cai de cara no chão. O conjunto é muito ruim e certamente não tem como recomendá-lo a ninguém. Claro que, em alguns meses, pode melhorar, mas tem que ser muito fã das marcas pra comprar algo e ficar rezando para que melhore. Na dúvida, vá de iPad 2!

     Update 09/06/2011 14:55h => Enquanto o Magazine Luiza não manda um sinal de fumaça a respeito da devolução que pedi no site (pelo IE, o único browser que funciona no site deles), vou brincando com o Xoom mais um pouco. Infelizmente, ele só reafirma a minha posição de que ele não vale a pena. Fui tentar colocar músicas nele e é um parto. Depois de alguma procura no Google, descobri que tinha que desabilitar o modo de depuração da USB, justamente o contrário de todo Android. No Windows ele funcionou. No Mac, não. Coloquei as músicas e filmes As músicas rodaram bem e o aplicativo é no estilo coverflow. Já os vídeos, nada… Detalhe: o Galaxy Tab rodou de boa. Volta pro inferno coisa ruim!

Leave a Reply

preload preload preload