dez 07

Como criar facilmente uma rede Wi-Fi para convidados

1 Comentario »Postado por GordoGeek em 07/12/2015 às 11:20h

     Esses dias eu comentei no Twitter que havia criado uma rede Wi-Fi para convidados que vem em casa e me perguntaram como se faz isso. O mais curioso é que muita gente achou que isso é complicado ou caro de se fazer. Não é.

     A maior vantagem em se criar uma rede para convidados é separar a sua rede local da rede que os convidados terão acesso. Assim, ao se conectar na rede para visitas, eles só poderão usar a internet e não terão permissão de ver seus computadores. Assim, você diminui os riscos de alguém acessar algo que não deva (como aquelas suas fotos íntimas).

     Infelizmente não existe um padrão e cada fabricante tem uma interface diferente para seus produtos. Acontece inclusive do mesmo fabricante ter interfaces diferentes dependendo dos modelos de roteadores comercializados.

     Eu tenho vários roteadores em casa, pois a pessoa que a construiu deve ter utilizado paredes de chumbo. Pouco tempo depois de me mudar, eu gastei uma graninha passando cabos RJ-45 Gigabit para os cômodos. Foi trabalhoso e um tanto caro, mas consegui interligar os roteados por um cabo de alta velocidade e não via Wi-Fi em modo WDS, como geralmente as pessoas fazem quando não querem ter muito trabalho.

     O meu roteador central (onde chega o cabo do modem do provedor da internet) é um TP-Link N750 (TL-WDR4300). Na época que comprei, ele estava por volta de R$ 275. Hoje, pelo que vi no Buscapé, está bem mais caro (agradeço ao dólar alto). O lugar mais em conta (e confiável) que encontrei foi no Walmart por R$ 379 em 3x.

     Apesar do meu roteador não ser dos mais baratos, eu já vi essa função de criar rede para convidados em aparelhos na faixa de R$ 200. Acredito que, apesar de diferentes, as interfaces são um tanto parecidas e as “palavras chaves”, que podem te levar a achar o recurso em seu modelo, também são.

     Aqui no meu caso, no menu esquerdo, eu clico “Guest Network”. Capturei a tela do meu roteador pra ficar mais fácil. Veja aqui.

     Meu roteador, por ser mais caro, ele tem muitos recursos. Mas o básico que você precisa configurar pra ativar a rede Wi-Fi de convidados é o seguinte. Preencha o nome da rede (Network Name), algo como “Convidados”. Escolha o tipo de segurança empregada na autenticação (Wireless Security): WPA/ WPA2. Por último, defina a senha (PSK Password).

     Mesmo sendo uma rede só para internet, separada dos seus computadores, não recomendo que você a deixe sem senha ou escolha algo muito fácil. Afinal, o sinal acaba vazando e seus vizinhos podem fazer uso da sua internet sem a sua permissão. Isso não apenas degrada a sua velocidade, como pode lhe colocar em problemas, tendo em vista que eles podem fazer uso indevido (algo ilegal) e o IP que vai aparecer nos logs é o seu. Logo, você será responsabilizado.

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
dez 03

     Escrevi no post anterior como atualizar o tablet CCE TF74W para o Windows 10. Porém, isso gera um problema muito chato: o teclado fica minúsculo, dificultando muito o uso. Mas, graças ao pai Google, achei uma forma de resolver.

     Se você não tiver um cabo OTG e um teclado externo ou um teclado bluetooth, vai ficar bem complicado de executar o procedimento. Então, recomendo fortemente que você tenha acesso a um dos dois. Caso você não tenha em casa, veja com um amigo, senão tu vai ficar catando milho no tecladinho minúsculo e vai morrer de raiva.

     Uma vez de posse do teclado, abra o terminal (CMD) e digite regedit. Vamos precisar ter acesso as entranhas do Windows para corrigir esse problema, que não é muito difícil, mas precisa prestar bastante atenção pra não fazer nada errado.

     Com o editor de registro aberto, localize a parte HKEY_LOCAL_MACHINE e vá entrando na árvore: Software / Microsoft / Windows / CurrentVersion / Explorer. Em seguida, clique com o botão direito do mouse sobre Explorer, mande criar uma nova chave e coloque o nome “Scaling” (sem aspas). Depois, clique com o botão direito sobre a recém criada chave “Scaling”. Mande criar uma nova “Cadeia de Caracteres”. Use o nome “MonitorSize” (sem as aspas novamente). Pra finalizar, devemos informar um valor para a cadeia e fazemos isso clicando duas vezes sobre “MonitorSize”. Será aberta uma tela e em dados do valor coloque “5.0″ (sem aspas). Agora é só reiniciar e tudo vai se normalizar.

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
dez 03

Como atualizar o tablet CCE TF74W para o Windows 10

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 03/12/2015 às 17:02h

     Em maio eu escrevi aqui no blog sobre como instalar o Windows 10 no tablet CCE TF74W. Como o Windows 10 ainda não tinha sido lançado oficialmente, a tarefa era bem complicada, exigindo muitos passos, pendrive, teclado externo, etc. Agora, dá pra fazer isso mais fácil.

     Eu fiquei dias tentando atualizar o CCE do Windows 8.1 para o Windows 10. Aparecia a recomendação da Microsoft, eu mandava baixar, mas sempre dava erro de falta de espaço, mesmo eu tendo um cartão microSD instalado. Isso porque, para instalar o Windows 10, ele exigia um mínimo de 2.7GB livre e eu não tinha, por mais que eu apagasse tudo, deixando apenas o sistema operacional.

     Quando você restaura o tablet da CCE, ele fica com um bom espaço livre (6GB – considerando que ele tem apenas 16GB). Porém, conforme você faz os updates do Windows, isso vai caindo, caindo, até chegar a apenas algumas centenas de MB. Então, tive que ir pacientemente instalando os updates, até conseguir espaço livre para instalar o Windows 10.

     Como eu não tinha os arquivos de instalação do Windows 10 para esse tablet (tinha outra versão e não dava certo), tive que usar o que ele mesmo baixa. Porém, logo após a restauração, não aparecia a sugestão da Microsoft para baixar e instalar o Windows 10. A solução foi ir instalando os updates, até aparecer a tela pra baixar. Porém, se você mandar instalar tudo, vai cair no problema da falta de espaço. Assim, é necessária uma boa dose de paciência.

     Minha recomendação é você ir instalando os pequenos pacotes de updates, aqueles na faixa de 1MB. Tem uns bem grandes, com algumas centenas de MB. Não precisa instalar esse. Vai chegar uma hora que, instalados os pequenos updates, vai aparecer na barra de tarefas um ícone com o símbolo da Microsoft, sugerindo que você instale o Windows 10. Além dos 2,7GB livres no tablet, você precisará de um cartão microSD com uns 6GB livre, pra ele baixar os arquivos do Windows e fazer uma espécie de disco de recuperação, que permite voltar ao Windows 8.1

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
dez 02

Uma enorme decepção que atende pelo nome de Zenfone 2

15 Comentarios »Postado por GordoGeek em 02/12/2015 às 20:18h

     A crise tá foda. Acho que não sou o único a achar isso, né? E justamente pelo aperto no cinto, faz tempo que não compro gadgets. Mas, nesse BlackFriday, tinha R$ 300 em cupons acumulados no Submarino e eles tavam pra vencer. Ae decidi fazer minha única compra da temporada e apostar as fichas num “super smartphone” com 4GB de RAM. Ele tava de R$ 1.399 por R$ 999 (em 20 vezes no cartão Submarino), menos os R$ 300 dos cupons, saiu R$ 699 em 20 vezes sem juros!

     Como todo bom geek, fiquei todos os dias de olho no status do pedido. Quando saiu pra entrega, roia as unhas para esperar o bicho chegar. Estava super ansioso e entusiasmado, já que um smartphone com 4GB de RAM deve ser o capeta de bom, né? E eu estou usando um modesto Lumia 435 DTV.

     Logo que tirei o aparelho da caixa, comecei a “achar defeitos” que foram se acumulando e me incomodando. Ele é pesado demais, a traseira muito curva e lisa (pedindo pra cair), os chips são microSIM (e não nanoSIM), a bateria não é removível, o software é extremamente poluído com uma customização de péssimo gosto da Asus e por ae vai. Em resumo: detestei com menos de 10 minutos mexendo.

     Quando eu fui gravar o vídeo com meus comentários, eu já sabia que daria polêmica. Eu realmente não gosto de falar mal de um produto. Gosto de fazer boas compras e ficar feliz com elas. Porém, quando minha única compra da BlackFriday é um produto todo cagado, eu tenho obrigação moral com meus leitores, alertando-as da tremenda roubada que é esse aparelho. Especialmente quando o marketing da Asus despeja rios de dinheiro, dando o aparelho para vários influenciadores, que na verdade usam iPhone, mas no dia que recebem o smartphone (e vendem logo em seguida), falam maravilhas (mas nunca mais usam). Vocês já devem ter visto muita blogueira de moda assim, né?

     Eu gosto de ver pequenos “filmes” na cama logo após o almoço. Pode ser algo no YouTube, Netflix, etc. E logo que coloquei o aparelho na cama, percebi várias coisas horríveis. Primeiro, as caixas de som traseiras abafam completamente o som, ficando impraticável usá-lo dessa forma. Segundo, como os botões de volume ficam na traseira, toda vez que você quiser fazer algum ajuste, terá que pegar o aparelho com as duas mãos, virá-lo e acessar os botões. Por fim, a tal traseira abaulada que faz com que o aparelho fique “dançando” quando você dá toques na tela do mesmo, seja pra escolher o conteúdo, dar um pause, acessar uma notificação, etc.

     Um dos comentários mais divertidos que deixaram no YouTube foi que não era justo eu comparar o Sony Xperia Z2 com o Asus Zenfone 2, pois o Z2 é highend e o Asus é midleend. Gente, a Sony lançou o Z2 em fevereiro de 2014 e a Asus lançou o Zenfone 2 mais de um ano e meio depois. E outra: o Zenfone 2 tem o dobro de RAM do Z2. Se a comparação é injusta, só pode ser com a Sony e não com a Asus. Bom senso mandou lembranças..

     Outra leva de comentários disse que são apenas opiniões rasas. Lançar em 2015 um aparelho com microSIM e não nanoSIM é razoável? Encher o aparelho com software customizado que só atrapalha a experiência de uso, compromete a segurança e atrasa os updates é razoável? Botões totalmente fora do convencional, longe do caminho natural dos dedos, ignorando todo o bom senso do design é razoável? Pelo amor de Deus.. Não precisam concordar comigo, mas coloquem argumentos válidos na mesa.

     Os fãs da Asus simplesmente ficaram malucos comigo, mas o fato é que a Asus não teve o mínimo cuidado ao pensar situações de uso do aparelho, coisa que a Apple faz a exaustão. São falhas de design que toda vez que você usar o telefone, vai pensar “caralho Asus, como vocês são burros”. E, por isso, eu prefiro devolver o aparelho enquanto posso, ao invés de passar raiva toda vez que eu for interagir com o smartphone.

     Update 07/12/2015 19:28h => Vou fazer esse update para falar mais algumas coisas que notei no uso do Zenfone 2 por quase 1 semana. Hoje eu vi que realmente o aparelho não é pra mim, apaguei tudo, coloquei na caixa e solicitei a coleta pelo Submarino. Por que fiz isso?

     Mesmo as minhas primeiras impressões sendo horríveis, pensei que talvez pudesse me acostumar. Afinal, não se acha um aparelho com 4GB de RAM por R$ 699 (preço da Black Friday + meus cupons de desconto). Porém, algumas aberrações da Asus ficam “gritando” a todo momento na minha cara, enquanto tento usar o Zenfone 2.

     Sobre os famigerados botões, realmente não me acostumei. Talvez uma semana seja pouco tempo, mas novamente eu me pergunto: se é algo tão bom, por que outras fabricantes não foram atrás, já que tudo que é bom, é copiado? Pelo simples fato de que não é bom! Isso é uma aberração! Empresas não gastam milhões em pesquisa e desenvolvimento a toa. Quando elas chegam a certas conclusões, depois de milhares de horas de estudo, sobre onde por o botão, quer dizer que ali é o lugar “certo”. Não foi frescura.

     Eu sou um heavy-user. Achei que 4GB de RAM iriam me fazer sentir no paraíso. Contudo, logo ao ligar o aparelho, o sistema já consome 58% disso. Ou seja, mais um tapa na cara daqueles que dizem que a tal interface da Asus não pesa. Pesa sim sr! Tem muito aparelho Android com “apenas” 2GB de RAM e que o sistema roda com menos de 700MB e se comporta de forma muito mais lisa. Além disso, a Asus não permite remover um monte de apps, o que é extremamente chato. Por que eu não posso remover o Amazon Kindle que vem instalado? De certo porque a Asus fez parceria com a Amazon, levou uma bela grana e socou o app ali. Isso me irrita muito! Eu paguei pelo telefone. Não sou palhaço pra ficar com um app ali, útil ou não, que eu não possa remover.

     A câmera do Zenfone 2 é realmente bem satisfatória. Não é nada excepcional, mas ela costuma ser rápida e fazer fotos decentes quando existe bastante luz. De noite, ae já complica tudo. Ela raramente acerta o foco.

     Guardei o melhor para o final. Apesar do Zenfone 2 ser um aparelho dual-SIM, apenas o slot 1 possui acesso a dados. Ou seja, se você (como eu), tem 2 planos, com 2 planos de dados, pra poder comutar rapidamente (via software) qual chip usar, a depender da qualidade do sinal, ficará frustrado. Não tem como fazer isso! A única forma é abrir a capinha, tirar os 2 chips e inverter a posição deles. É ridículo isso num aparelho lançado na metade 2015. Inaceitável!

TAG(s):
Categoria(s): Android
dez 02

Alguns comentários sobre o Microsoft Lumia 435 DTV

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 02/12/2015 às 17:23h

     Há alguns meses eu comprei alguns modelos de Lumia pra fazer um super comparativo. Porém, a preguiça bateu forte e acabei deixando isso pra lá. Mas ontem, um amigo me pediu uma opinião sobre o Lumia 435 DTV e resolvi fazer ao menos um vídeo sobre ele.

     O aparelho basicão da Microsoft surgiu em promoção nessa semana em virtude da Black Friday/ Cyber Monday e as pessoas ficaram se perguntando se valia a pena pagar R$ 300 por ele. Vale! Veja o vídeo acima e tire suas próprias conclusões. Ah… Se gostou, deixa o joinha que me ajuda muito.

TAG(s):
Categoria(s): Windows Phone
dez 02

Como monitorar um site e ser avisado se ele cair

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 02/12/2015 às 16:00h

     No post anterior eu dei a dica de como saber se um site realmente está fora pra todo mundo ou apenas pra você. Agora vou ensinar como usar um serviço gratuito para monitorar determinados sites do seu interesse, 24 horas por dia, pra te alertar quando ele passar por instabilidade ou cair.

     Existe uma infinidade de empresas que prestam o serviço de monitoramento de servidores, sistemas e afins. Alguns são pagos e outros gratuitos. A diferença, geralmente, é que os pagos oferecem monitoramento minuto a minuto e os gratuitos tem um intervalo maior, que varia de 5 a 10 minutos.

     Um serviço gratuito que gosto bastante é o UptimeRobot. Você pode cadastrar diversos sites que deseja monitorar e ele faz checagem tanto de ping (icmp), como de acesso ao site em si (www). O intervalo de checagem no modo gratuito é de 5 minutos e te avisa por email sempre que cair e voltar.

     Eu uso o UptimeRobot pra monitorar o blog e ele me informa sempre que o servidor cai ou passa por instabilidade. Para tunar um pouco as coisas, eu criei algumas regras, unindo com o IFTTT e outros scripts, pra me enviar SMS e me ligar. Porém, isso é assunto pra outro post, uma vez que é um pouco complexo.

     Além dos alertas em si, o site também gera alguns gráficos legais, pra você bater o olho e saber se tem algum servidor monitorado com problema ou ainda, ver um breve histórico de quedas, problemas, etc. Apenas pra exemplificar, tirei 2 capturas de telas (1 e 2).

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
dez 02

Como saber se um site ou servidor está realmente fora

1 Comentario »Postado por GordoGeek em 02/12/2015 às 15:55h

     Se tem uma coisa que eu vejo todo santo dia no trabalho é usuário me perguntando se determinado site/ servidor/ serviço está realmente fora ou se é apenas com ele. E saber isso é algo extremamente fácil! Não precisa contar com a colaboração de mais ninguém nas redes sociais.

     Antes de dizer a “mágica”, como não sei o nível técnico de cada leitor, preciso fazer uma breve introdução sobre a estrutura da internet, que é um emaranhado de cabos, conectando diversos equipamentos, como uma rodovia. Vamos pra um exemplo que sempre uso no meu dia-a-dia.

     Imagine que você está indo de casa pro trabalho, seguindo a mesma avenida de sempre e num determinado dia ela está com algum problema, seja um reparo, um alagamento, uma árvore que caiu, etc. Qualquer coisa que te impeça de seguir por ela. O que você faz? Provavelmente, vai procurar outras vias pra chegar até o seu destino, mesmo que demore mais, tenha mais trânsito, etc. Na internet, é basicamente a mesma coisa.

     Quando você tenta acessar um determinado site e ele está fora, não quer dizer que está fora pra todo mundo. Pode ser que o seu caminho (a sua rota) pra chegar até ele esteja com problema e o sinal da sua operadora não tenha conseguido outras rotas alternativas. Dae, a aparência que está tudo fora.

     Existem diversos sites (pagos e gratuitos) que fornecem serviços pra detectar se um determinado servidor está ativo ou não. Um dos mais simples e que recomendo é o IsUpMe (nome pra lá de sugestivo). Uma vez nele, basta informar o domínio do site e o serviço vai tentar acessá-lo, pra mostrar se o site está fora mesmo ou não.

     Como trabalho administrando servidores e recebo chamados do Brasil todo, com usuários de diversas operadoras, é comum alguém do Sul usando GVT não consiga acessar determinado serviço, mas no resto do Brasil estar Ok. Pra ter mais informações sobre isso, uso um serviço pago que tem servidores espalhados em diversos locais, no Brasil e no exterior. O relatório dele é mais completo e me exibe não apenas se o site está fora ou não, mas mostra isso do ponto de vista de cada servidor, exibindo também o tempo de acesso (latência) de cada um.

     Se você tentar acessar um site e ele estiver fora, mas o IsUpMe mostrar que ele está ativo, você pode abrir o terminal do seu computador e digitar algo como “traceroute www.sitequedesejo.com”. Essa ferramenta varia de uma plataforma pra outra, mas geralmente é traceroute mesmo. Ela mostra o sinal saindo do seu computador, passando pelo seu roteador, indo pra operadora e seguindo por vários outros equipamentos até chegar ao destino. Quando o sinal é interrompido, é comum ter um * * * no meio do caminho, indicando onde ele parou. De posse disso, você pode reclamar na sua operadora e manda um printscreen dessa tela. Vai ajudar muito na resolução do problema!

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
nov 30

Bem vindo a curadoria de bunda bonita e bacon

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 30/11/2015 às 10:50h

     Há alguns dias eu dei uma dica aqui sobre como usar um recurso do Android pra evitar brigas desnecessárias no seu relacionamento. Abaixo eu mostro um pouco na prática como isso funciona.

     Como nem todo mundo usa Android (ainda mais com root) ou simplesmente não quer ter esse trabalho, na minha missão de conseguir um prêmio nobel, criei um esquema para compartilhar no Twitter, Facebook e Tumblr os likes que distribuo nas minhas contas do Instagram. Sim, contaS, no plural. Pra separar melhor as coisas, tenho várias contas.

     Eu sou um tarado por organização. Deve ser o TOC que me atormenta e gosto de separar tudo. Assim, deixei a minha conta G0rd0G33k pra postar coisas de tecnologia, uma pessoal (fechada) pra coisas família, outra só com mulheres bonitas (GG_Gatas), uma para paisagens fantásticas (GG_Paisagens), outra pra p0rn food (GG_Comidas), uma para projetos de arquitetura, casas e design interessantes (GG_Casas) e finalmente uma para bizarrices de gente ryka (GG_Rykos).

     Quem me acompanha a mais tempo deve lembrar que eu tinha o hábito de compartilhar muitas notícias de tecnologia no meu perfil GordoGeek no Twitter. Como algumas pessoas reclamavam que eu floodava a timeline com tanta coisa, no meio de 2011 eu acabei criando uma outra conta pra isso: GdGkNews. Lá eu faço uma curadoria das notícias mais importantes de TI, filtrando coisas repetidas, publi, etc. As notícias não são apenas em português, porque eu costumo dar preferência ao veículo que divulgou primeiro. E, diferente do que acontece em vários perfis de notícias que sigo, não fico enviando a mesma notícia ao longo dia, pra tentar atingir mais pessoas. Aliás, acho isso um saco e uma das vantagens da curadoria que faço é exatamente essa: sem repetições desnecessárias que só enchem o saco e fazem o leitor perder tempo.

     Se você ainda está pensando: “mas que coisa mais desnecessária!”, deixa só pra te dar um exemplo, como mostro no vídeo acima. Só na conta de mulheres bonitas, sigo mais de 700 perfis do mundo todo. Se você seguir algo parecido, vai perder um tempão. Além disso, vai ver um monte de fotos que não está a fim, como propagandas, unhas, pets (gatos, cachorros, papagaios, etc.), comidas, frases motivacionais, blablabla. A minha função é fazer uma curadoria nas diversas áreas dos perfis, de bunda a bacon. Assim, faço um resumo do mais importante e relevante sobre o tema e você economiza tempo, além de não precisar seguir trocentas contas e criar confusão com a patroa.

     Se a sua namorada é daquelas que não pode ver um decote na sua timeline que passa os próximos 45 minutos te dando esporro, não siga nenhuma gata no Instagram. Instale o app do Tumblr, joga o ícone dele em algumas pasta perdida no seu smartphone, siga apenas meu perfil de GG_Gatas ou simplesmente aponte seu browser para a URL mais fácil de lembrar de todos os tempos: http://GATAS.gordogeek.com. Confessa vai, você quer me dar um super aperto de mão e um enorme obrigado por tornar sua vida uma moleza, né?

     Vou passar todos os endereços onde você pode acessar esse conteúdo selecionado por áreas pra vocês. Vamos começar com as URLs fáceis que apontam para o Tumblr. Como já disse, tem o de http://gatas.gordogeek.com, para mulheres bonitas. Lembrando: são mulheres bonitas e não putaria! Se quer putaria, acesse o http://putaria.gordogeek.com (não disse que sou organizado?!). Para paisagens do caralho, http://paisagens.gordogeek.com. Para comidas de saltar aos olhos, http://comidas.gordogeek.com. Tem também o http://casas.gordogeek.com e o http://rykus.gordogeek.com.

     As contas de Twitter são: @GG_Gatas, @GG_Paisagens e @GG_Comidas. No Facebook: Gatas, Paisagens e Comidas.

TAG(s):
Categoria(s): Android
nov 24

Vale a pena migrar da sua operadora para a TIM?

3 Comentarios »Postado por GordoGeek em 24/11/2015 às 12:24h

      Recentemente a TIM anunciou novos planos bem interessantes, especialmente pra quem ainda precisa falar muito. Geralmente, as operadoras te socam um monte de minutos (que você não quer/ precisa) pra falar com outros números da mesma empresa (efeito clube), mas quando precisa ligar pra outras empresas, a tarifa é altíssima. Se for pra uma área de DDD diferente da sua então, prepara o bolso.

      Nos novos planos da empresa dos homens de azul, falar com celulares de outras operadoras, no Brasil todo, não é um problema. Começando com um plano de apenas R$ 7 por semana (R$ 28 por mês ou menos de R$ 1 por dia), você tem 100 minutos por semana (400 minutos por mês), mais 150MB de internet por semana (600MB por mês) e SMS ilimitado pra qualquer operadora. Se for insuficiente, você ainda pode contratar + 50 minutos por R$ 4 (apenas R$ 0,08 por minuto) e R$ 3 por mais 150MB de internet 4G. Bom, né?

      A oferta em si é muito tentadora e muita gente está cogitando mudar pra operadora. Recebo diariamente muitas pessoas me perguntando sobre isso no Twitter e por isso estou escrevendo o post. Antes de portar seu número, pense bem, converse com amigos que já usam e frequentam os mesmos locais que você, pra saber como é o sinal, o atendimento, etc.

      Eu já tenho o plano TIM Beta da empresa e sofro muito com a cobertura. O mais comum é o aparelho estar sem sinal ou em GPRS. Ou seja, de nada adianta eu ter 100MB de internet por apenas R$ 0,50 (o que daria pra ter 1GB por meros R$ 5) se na maior parte do tempo eu não consigo usar. Fora isso, a empresa ainda insiste em ficar sacaneando o cliente, como enviar insistentes SMS dizendo que você não tem saldo, mas tem.

      Além disso, é super comum você querer conferir seu saldo, quantos minutos ainda tem no plano, quanto usou de internet e #fail. Pede pra você tentar mais tarde, você tenta e ainda assim não consegue. Ou seja: um inferno!

      Assim, eu fecho o post com a seguinte dica: quer migrar da sua operadora atual pra TIM, pois você vai ter mais cota de 4G, mais minutos pra qualquer operadora e ainda economizar? Pense bem! Mas pense bem mesmo!

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
nov 20

Como não brigar nunca mais com a namorada

1 Comentario »Postado por GordoGeek em 20/11/2015 às 12:19h

     Estou querendo receber um prêmio Nobel da Paz pra dar up no currículo, então farei esse post ensinando como você pode fazer pra nunca mais brigar com sua namorada por causa de ciúmes bobos, quando ela pega seu celular cheio de putaria.

     Há 2 anos eu fiz esse post ensinando como habilitar o recurso de múltiplos usuários num smartphone Android 4.x. Felizmente, desde o Android 5 que esse recurso já está habilitado por padrão. Assim, nessa primeira etapa, você não irá precisar de root ou nenhum recurso especial.

     Uma vez que vários apps tradicionais do uso diário, como WhatsApp, Facebook, Instagram e afins não permitem múltiplos usuários, pra você deixar um como aquele “namorado modelo” e outro onde a putaria reina, a solução é fazer isso gerenciando dois usuários no Android. Mas como habilitar o recurso salvador?

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Android
preload preload preload