jul24

Qual o peso do pós-venda no processo de compra?

7 Comentarios »Postado por GordoGeek em 24/07/2013 às 17:59h

     Não foram poucas as vezes que comentava no Twitter que estava comprando um novo smartphone Samsung e via alguém comentar: “reze pra não dar problema, senão você vai se arrepender”. Eu sei que todo equipamento eletrônico está sujeito a dar problema e tem gente com sorte (nunca tendo problemas) e outros nem tanto (quase sempre tendo problemas). Infelizmente, estou nesse segundo grupo.

     Recentemente eu ando numa maré de azar danado com a Samsung. Mas será mesmo azar ou a empresa que não anda fazendo produtos “assim uma Brastemp” e a rede de autorizadas é muito ruim? Eu tive problema com meu Galaxy S3, que resolveu morrer do nada, no que ficou conhecido como “o caso da morte súbida”. Foram semanas sem o aparelho até receber um novo. Depois tive problemas com meu Galaxy Note 2, que foi pra autorizada 3 vezes e ainda não retornou. E como eu sou muito insistente (ou burro) acabei comprando um Galaxy S4. Mas talvez esse seja meu último smartphone da marca.

     Além das várias pessoas que comentam comigo via redes sociais, a Samsung coleciona mais de 20.000 problemas reportados no site Reclame Aqui. Só por curiosidade, sabe quanto tem a Apple? Menos de 1.000. É claro que a Samsung atua em segmentos que a Apple não atua, está no Brasil há mais tempo e vende muito mais. Sei se tudo isso e levo em consideração. Porém, é pra se parar e pensar sobre esses números.

     Como eu disse logo no primeiro parágrafo, eu sei que todo equipamento eletrônico pode dar defeito. Aceito isso. Porém, como a empresa se posiciona sobre isso diz muito sobre ela. O meu Galaxy Note 2 voltou da autorizada duas vezes com o mesmo problema, depois de ficar semanas por lá. Ou seja, parece que nem olharam. O amigo Richard, do blog Richard Max Tech reportou hoje em seu blog que o Galaxy S3 da esposa dele está dando novamente o problema de morte súbida. É a segunda vez em 6 meses. E faço coro com ele: já sabendo que tem um lote com esse problema, por que diabos eles não trocam todos e evitam dores de cabeço pro cliente? Ou eles querem fazer uma única venda, se queimar com o cliente e ganhar um inimigo?

     Eu ainda não decidi qual será o meu próximo Android. Teria tudo pra ser o Galaxy Note 3, quando esse for lançado, pois eu gosto da sua tela enorme. Porém, em virtude de tantos problemas recentes com a Samsung e, acima de tudo, a tremenda falta de cuidado com o usuário, estou cogitando Motorola, LG e Sony. A HTC, apesar de ter dado um tiro certeiro com o HTC One, desistiu de operar no Brasil, ou seja, não tem autorizada por aqui, deixando de ser uma opção viável.

     Apesar da Apple ter feito bons avanços no iOS 7, ainda não gosto do sistema. Me sinto muito preso com ele. Assim, mesmo sabendo que teria muito menos problemas de hardware com eles, ainda vou insistir na plataforma que mais gosto. Se alguém tiver bons casos (ou ruins) envolvendo autorizadas de Motorola, LG e Sony, por favor reporte ae nos comentários.

Leave a Reply

preload preload preload