fev 28

Como solicitar cancelamento e estorno na Google Play

31 Comentarios »Postado por GordoGeek em 28/02/2013 às 10:15h

     Já comentei algumas dezenas de vezes no Twitter o quanto eu adoro a política de reembolsos adotada na Google Play, a loja do Android pra aplicativos, músicas, filmes, seriados, revistas e livros. Lá, você pode se arrepender de uma compra e pedir o cancelamento da mesma até 15 minutos depois de iniciar o uso do conteúdo. Supondo que você comprou um app de manhã, mas foi usá-lo só a noite, quando chegou do trabalho, o prazo começa a contar só depois da primeira execução e não ao término da compra ou da instalação.

     Muitos usuários da Apple ficam bravos comigo quando eu digo que na iTunes não existe reembolso e me enviam vários tutoriais. Minha intenção com esse artigo foi justamente mostrar, em vídeo, como a coisa é fácil na Google Play. O botão de reembolso está ali, visível e disponível pra você solicitar a qualquer momento e eles nem querem saber qual foi o motivo. Você é tratado com todo o respeito e não precisa ficar preenchendo formulário e mendigando atenção do suporte. Aliás, todo reembolso que a Apple aceita fazer (e não são todos), eles deixam claro que foi em caráter de liberalidade, ou seja, você não tem direito a isso. Eles fizeram, naquela oportunidade e podem não fazer nas futuras. Está claro no email de retorno. Basta ler.

     Por mais fã da Apple que o estimado leitor seja, acredito que não dá pra comparar no mesmo pé de igualmente como as coisas acontecem nas duas lojas. São políticas extremamente diferentes. Enquanto na Apple você precisa ficar correndo atrás de reviews, resenhas, vídeos e matérias a respeito do aplicativo, pra não correr o risco de comprar gato por lebre, na Google Play você simplesmente clica em comprar, pega a versão completa do aplicativo, sem qualquer restrição, testa em sua totalidade e, caso não lhe agrade, com um clique, você cancela a compra e tem o dinheiro de volta.

     No meu modo de ver a coisa (e pode não ser o correto) a política da Apple estimula aplicativos mal feitos e até mesmo golpes, onde um desenvolvedor usa de má fé, dizendo que o app dele faz certa coisa que realmente não faz. Pense comigo: se o produto é de qualidade, porque não deixar o consumidor testá-lo por meros 15 minutos e ver se realmente cumpre o que ele procura, conforme o anunciado? Que tipo de respeito é esse que a Apple tem com o seu consumidor? A Apple é muito conhecida por focar sempre na experiência do usuário, deixando as coisas sempre mais fáceis que seus concorrentes, mas eu tenho certeza que meus pais, ou qualquer outro usuário mais leigo, não conseguiria pedir o tal reembolso através de formulário de maneira tão fácil, chegando até a pensar “ah, deixa quieto, são apenas USD 1,99. não vou me dar a essa trabalho todo.”. Aliás, será que essa postura da Apple, não é justamente para que isso aconteça?

TAG(s):
Categoria(s): Android
mar 30

Explorando o Nokia Lumia 710 (Parte 2)

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 30/03/2012 às 18:57h

     Falamos ontem aqui no blog sobre o Nokia Lumia 710, que o @ramonenghaw comprou e gentilmente gravou um vídeo pra gente. Conversando um pouco mais com ele no Twitter, passei uma listinha dos aplicativos que mais uso no iOS e Android, pedindo que ele procurasse se tinham versões equivalentes para Windows Phone. Apesar de ter 70.000 apps no Marketplace, a loja da Microsoft parece tão confusa quanto ao Google Play, com muito lixo e pouca coisa realmente “usável”.

     No começo do vídeo ele demonstra um pouco mais sobre a facilidade de uso do Windows Phone, uma das características mais comentadas pela galera que adotou o sistema da Microsoft. Apesar de achar o iOS bonito e simples, já vi muita gente penando pra fazer uso do sistema, seja no iPad ou no iPhone. Claro, o básico, geralmente todo mundo dá conta. Mas quando se quer um pouco mais, as pessoas ficam perdidas. No Windows Phone, parece que tudo é pensado pra ser o mais simples possível, pra um público “não geek”.

TAG(s):
Categoria(s): Windows Phone
mar 10

Como simplificar os updates de apps no iTunes?

6 Comentarios »Postado por GordoGeek em 10/03/2012 às 16:47h

     Em virtude das limitações da conta brasileira da App Store, muita gente acaba procurando alternativas pra isso, criando contas em outros países. Acredito que boa parte dos leitores já tenha conhecimento disso, mas permita-me explicar pra quem ainda não sabe. Por inúmeros problemas de licenciamento (artistas, gravadoras, canais de TV, etc.) e regulamentação governamental, a loja brasileira é bem capada e sequer tem a categoria jogos. Assim, muitos brasileiros acabam criando conta na loja americana, onde podem comprar aplicativos gratuítos e também recorrer a gift cards ou cartões emitidos nos Estados Unidos. Outros tantos abriam conta também na iTunes da Argentina, visto que lá tem jogos e aceitavam cartão emitido no Brasil. Há alguns meses a Apple cortou esse barato e a loja dos hermanos parou de aceitar cartões nacionais, o que fez com que houvesse uma debandada pra loja Uruguai, que ainda aceita nossos cartões.

     Isso dito, acredito que muitos devem estar pensando: mas não fica uma bagunça ter várias contas? Realmente fica. Quando tem que se fazer updates, não dá pra simplesmente clicar no botão atualizar tudo e aguardar o download das novas versões. É necessário se logar em cada uma das lojas e fazer o procedimento um a um, o que é bem chato e acaba tomando tempo. Muitas pessoas já enviaram email pra Apple, perguntando se algum dia eles irão permitir a unificação das contas e deixaram bem claro que isso não está nos prazos a curto prazo por inúmeros motivos (até bem razoáveis e comprensíveis).

     Se você é uma pessoa organizada e só deixou pra comprar na loja americana (ou qualquer outra) apenas o que não encontrou na loja nacional, acredito que seu pesadelo seja um pouco pior. Já se você é como eu, que não verificava se o conteúdo tinha na loja local antes de ir procurar em outra, fazendo logo a compra pela loja que estava logada, a bagunça deve ser muito maior. Mas tem um jeito de resolver isso?

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Apple, Dicas
mar 03

Entendendo o Free My Apps [Vídeo]

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 03/03/2012 às 18:00h

TAG(s):
Categoria(s): Apple
ago 17

(Edu) Recomenda (iPhone) Apps

1 Comentario »Postado por Eduardo Masuda em 17/08/2011 às 22:43h

     Somos todos muito ocupados, mas sempre queremos compartilhar com os amigos as novidades de apps para iDevices. Por esse motivo, criei um canal de divulgação rápida de apps (só iPhone, por enquanto). Quem me segue no Twitter acabou de conhecer este canal. Mas quem não segue (ou não quer seguir) pode apenas assinar o feed deste mini-site. Acessem “(Edu) Recomenda (iPhone) Apps” e fiquem por dentro dos melhores lançamentos e atualizações. Ah, e pra não perder a essência, o site será atualizado apenas pelo iPhone. :) O que acharam? Comentem e compartilhem.

TAG(s):
Categoria(s): Apple, Dicas, iPhone/iPod
maio 30

Data Deposit: backup do iPhone no Dropbox

5 Comentarios »Postado por GordoGeek em 30/05/2011 às 23:34h

     Se você é usuário de jailbreak, provavelmente já deve ter passado por isso: depois de semanas se dedicando no Angry Birds, seu aparelho fica instável e você resolve restaurá-lo. Porém, ao fazer isso, nota que todos os dados gravados do seu jogo, já eram. Adeus fases, placar, etc. Foi tudo pro ralo! E isso não acontece apenas com o Angry Birds, mas com diversos outros jogos e aplicativos.

     Já existem algumas soluções para aparelhos jailbroken que conseguem fazer backup desses dados. A que eu descobri recentemente e venho utilizando é o Data Deposit, disponível gratuitamente pelo Cydia. Apesar de não ser perfeito, o programa bate um bolão.

     Ao instalar o programa, você deve vincular uma conta do Dropbox nele, pois todos os seus dados irão para a núvem. Assim, quando você reinstalar o iOS, basta logar sua conta do Dropbox e puxar tudo de volta, do jeitinho que estava antes. Uma coisa chata é que não existe uma forma de fazer isso para todos os apps ou para um grupo deles, tendo que ser uma tarefa braçal, um a um. Mas funciona e isso é o que importa.

TAG(s):
Categoria(s): Apple, Dicas
maio 24

Como rodar aplicativos do iPad/ iPhone no Android?

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 24/05/2011 às 23:54h

     Se alguém, algum dia, conseguir fazer isso, certamente a Apple vai cair de pau e irá processá-lo no dia seguinte, com todas as suas forças. Ou seja, ninguém vai conseguir ganhar dinheiro com essa solução. No máximo, algum grupo hacker poderia fazer isso pra ganhar reconhecimento, tal como o Dev Team e similares, mas eu acho bem difícil de acontecer.

     Apesar da Apple sempre fazer um hardware muito bonito e robusto, tanto o iPad, quanto o iPhone, sempre ficam devendo um pouco em hardware para seus concorrentes. Esse ano veremos inúmeros concorrentes de peso, como HP, Toshiba, Acer, Lenovo, HTC e vários outros, tentarem morder um pouco desse mercado. Samsung (com o Galaxy Tab) e Motorola (com o Xoom) já fazem frente, pelo menos em poder de hardware, ao iPad. O problema é sempre o Android, que ainda tem muito a amadurecer (na minha modesta opinião).

     Muita gente não gosta das políticas demasiadamente restritivas da Apple e acaba buscando alternativa em tablets Android, seja por causa do Flash, de aplicativos que não serão severamente caçados e bloqueados da sua loja ou simplesmente pela sensação de liberdade. Como disse recentemente aqui no blog, brinquei tanto num Galaxy Tab como num Xoom e gostei bastante. Porém, eu acho o Android um sistema muito estranho, feio, mal acabado e a enorme maioria dos apps igualmente toscos. Apesar de não morrer de amores pela Apple em vários sentidos, deixar de usar o iPad, pelo menos nesse momento, me parece algo impraticável.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Android, Apple
nov 06

Recomendação de programas para seu Android

8 Comentarios »Postado por GordoGeek em 06/11/2010 às 11:14h

     Minha intenção era fazer um post apenas sobre os apps pagos que comprei no Android e que gostaria de recomendar. Contudo, ao fazer a lista dos programas que iria comentar por aqui, notei que uso vários programas gratuítos e apesar de já ter visto muitos post sobre eles por ae, nunca comentei nada deles por aqui (apenas no Twitter). Assim, nesse post irei falar tanto de apps pagos, como de gratuítos, que recomendo ao pessoal que está chegando agora no mundo Android e carece desse tipo de dica.

     Antes de comentar sobre os programas eu já comprei, tenho que comentar como o processo de compra no Android Market é melhor que o da App Store em alguns aspectos. Não, a bagunça do Android Market não me agrada, mas a facilidade no estorno, sim. Quando você compra um aplicativo e ele não se comporta como o esperado, seja por um bug ou por simplesmente não fazer o que você imaginou que ele faria, basta clicar num único botão e pronto, a compra é cancelada e não ocorre o débito na sua conta. Isso dá um estímulo muito grande para as compras e ao meu ver, inibe a pirataria, pois muitas pessoas tem medo de comprar algo ruim na loja da Apple e ficar no prejuízo (mesmo que ele seja pequeno). Assim, eles vão atrás antes do aplicativo “alternativo” e acabam o deixando lá, “esquecendo-se” que pegaram apenas pra testar.

     Sobre a bagunça que comentei anteriormente, não que na App Store não tenha a mesma, até mesmo porque, a quantidade de apps disponíveis na loja da Apple é três vezes maior, mas os filtros que a Apple aplica e a forma com que os resultados são exibidos, são mais eficientes que o da loja do Google. Não é incomum eu digitar o nome de algum app que me recomendaram e surgirem dezenas de opções. Isso dá uma preguicinha….

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
abr 05

Demo – Alguns Apps no iPad

3 Comentarios »Postado por GordoGeek em 05/04/2010 às 03:44h

TAG(s):
Categoria(s): Apple, Biblioteca Digital, Videos
dez 10

Instalando Apps cracked no iPhone/ iPod Touch

5 Comentarios »Postado por GordoGeek em 10/12/2009 às 03:58h

     Já tem muito tempo que queria fazer esse vídeo, mas ponderei bastante sobre o fato dele poder incentivar a pirataria. Conforme falei recentemente no podcast, sobre as vantagens de se fazer jailbreak, uma das melhores coisas é poder testar os aplicativos antes de gastar seu suado dinheiro numa App que não vale porcaria alguma. Assim, acredito que estou prestando um serviço a muitos e até estimulando a compra dos bons Apps, pois todos podem testar e decidir pela compra. Acredito ainda que, como toda boa experiência de compra, ela se repete, criando um círculo virtuoso. Da mesma forma, quem gasta dinheiro numa App ruim, certamente ficará com medo de repetir a dose.

     Procurei ser o mais didático possível no vídeo acima, falando detalhamente, colocando legenda dos endereços, etc. Espero que você possa aproveitar esse grande benefício de testar os Apps sem ter que por a mão no bolso. Contudo, se for usar para piratear, tome vergonha na cara! Muitas Apps custam o preço de um guaraná e se você for realmente usá-la diariamente, deixe de ser pão duro e compre-a.

TAG(s):
Categoria(s): Notícias
preload preload preload