mar 19

MX Player com problema de áudio? Veja como resolver.

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 19/03/2015 às 06:07h

     Já tem alguns meses que eu vinha enfrentando um problema com o MX Player, mas como não estava muito empolgado em assistir seriados na telinha do celular, acabei desistindo de procurar uma alternativa. Porém, recentemente comprei um pendrive OTG e resolvi ir atrás da solução.

     Essa semana eu perguntei no Twitter se alguém sabia como resolver o problema, que envolvia arquivos MKV sem áudio no MX Player, e o Junior me enviou um link com orientações. A princípio, parecia algo complicado e chatinho de fazer, mas é bem simples.

     Até onde eu entendi, o pessoal do MX Player foi obrigado a retirar o suporte devido a problemas de licença. Assim, apareceu esse problema de compatibilidade de áudio com alguns formatos que, antes, eram reproduzidos sem problema algum no app.

     No post do XDA (que coloquei o link acima), existe uma pequena explicação sobre o problema e a orientação de como proceder. Como o codec muda de acordo com a CPU, dependendo do modelo que equipa seu hardware, o codec pode mudar. Mas, geralmente, será esse aqui (Arm v7-Neon).

     Uma vez que você coloque o arquivo compactado no seu gadget (seja fazendo download direto nele, seja enviando pro Dropbox, FTP, SSH, etc.), ele geralmente ficará na pasta de download. Abra um gerenciador de arquivo (eu uso o ES File), localize o arquivo e mova-o para a raiz. Em seguida, abra o MX Player e ele provavelmente vai localizar o novo codec. Irá pedir pra reiniciar o app e em seguida estará com suporte ao MKV novamente.

     Caso você não se ache apto a fazer esse procedimento, pode ainda usar dois outros players com versões gratuitas, disponíveis na Google Play: VLC e BS Player. Eles são mais simples que o MX Player (especialmente a versão paga, que eu uso), mas dão conta do recado.

TAG(s):
Categoria(s): Android
mar 04

Droid NAS: compartilhando seus arquivos com facilidade

4 Comentarios »Postado por GordoGeek em 04/03/2013 às 17:23h

     O Droid NAS é um dos programas gratuitos que mais gosto no Android. Com ele, posso compartilhar os arquivos dos meus gadgets rodando o robozinho verde de forma bem fácil.

     É muito comum a gente acabar usando o Dropbox (ou outro serviço na nuvem qualquer, como Google Drive, Skydrive, etc.) para compartilhar algo do ou para o smartphone. Porém, pra quem tem uma internet capenga como a minha, isso não é lá muito prático, principalmente com um upload de míseros 300kbps. Assim, nada melhor do que usar a própria rede Wi-Fi para pegar ou enviar algo na rede, sem precisar de cabos.

     O app tem uma interface bem limpa e vem com três perfis de configuração (Home, Office e Cafe), mas permite que o usuário experiente modifique de acordo com sua necessidade, inclusive com proteção de autenticação por usuário e senha, para deixar o processo mais seguro.

     Existem dezenas de programas na Google Play que permitem que o usuário acesse o smartphone via Wi-Fi, mas a maioria deles é feio e o acesso é feito via browser. O bacana do Droid NAS é que o dispositivo aparece na rede como se fosse um computador qualquer, usando o protocolo Bonjour da Apple.

TAG(s):
Categoria(s): Android
out 08

     Não é raro alguém vir me perguntar no Twitter se eu conheço algum programa eficiente para recuperar informações apagadas no Mac. Pra Windows eu conhecia alguns, pagos e gratuitos, conforme eu já citei aqui nesse outro post. Porém, pra Mac, eu nunca tinha procurado a fundo.

     Estava lendo meus feeds quando me deparei com esse post do Cult of Mac sobre o Disk Drill Pro, que é justamente um programa de recuperação para Mac. Originalmente o programa custa quase USD 100, o que convenhamos, é bem salgado, mas quando você faz uma cagada, é dinheiro de pinga, tamanho o desespero, raiva, frustração e mais uma enxurrada de sentimentos que se aflora nessas horas. Bem, hoje ele tá saindo por 1/3 desse valor e eu decidi pagar pra ver se é realmente bom. Logo mais, farei uma avaliação pra ver se o dinheiro foi bem investido.

     Update 09/10/2011 22:32h => Eu queria ter feito um vídeo ontem sobre o Disk Drill Pro, mas o final de semana passou tão rápido que nem vi. Porém, deixo registrado aqui que o programa não vale os USD 30 (muito menos os USD 90). Ele faz apenas o básico. Quando aparece uma situação mais complicada (explicarei depois no vídeo), ele simplesmente não funciona. Não recomendo a compra.

TAG(s):
Categoria(s): Apple
mai 07

Sobrescrever: um perigo oculto no MacOS

7 Comentarios »Postado por GordoGeek em 07/05/2011 às 01:53h

     Recentemente eu fiz algumas mudanças no ambiente de casa. Após um upgrade de memória e disco no Mac mini, peguei-o como máquina de trabalho, em substituição a um desktop Dell, que foi pra servidor. Com isso, peguei vários HDs que tinha e coloquei tudo no Dell, ficando com quase 6TB de espaço na rede.

     Agora a pouco eu estava colocando ordem na bagunça gerada por tanto espaço. Decidi deixar um HD só pra filmes, outro pra seriados e música, um terceiro pro monitoramento de casa e o último para o sistema operacional e meus documentos. Porém, até chegar nesse ambiente ideal, estou tendo que ficar movendo arquivos de um lado pro outro, seguindo tal estratégia.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Apple, Dicas
mai 18

Bug escroto ao copiar arquivos no Snow Leopard

17 Comentarios »Postado por GordoGeek em 18/05/2010 às 14:34h

     Há alguns meses, eu baixei uma porrada de arquivos (mais de 10GB) e decidi mandar pro servidor. Selecionei os arquivos e, com o command pressionado, arrastei-os para a pasta remota, na intenção de movê-los. Porém, ao final do processo, os arquivos simplesmente foram apagados localmente, mas não apareceram remotamente. Mesmo achando que tinha feito tudo certo, ainda fiquei na dúvida: será que apertei algo e fiz alguma caquinha?

     Algum tempo depois, notei que o problema realmente acontecia e descartei o uso da opção mover. Sempre que vou fazer algo no Mac, eu mando copiar. Se tiver tudo Ok, depois eu apago a origem. É uma forma sacal de fazer, meio burra, mas pelo menos é mais segura.

     Conforme vocês podem ver no vídeo acima, feito agora a pouco, o Snow Leopard simplesmente às vezes dá essas cagadas. Não são todas as vezes, nem sei o que dispara esse problema, mas ele é real e acontece. Felizmente, consegui documentar em vídeo.

TAG(s):
Categoria(s): Apple, Biblioteca Digital, Videos
mai 23

Que programa abre essa extensão?

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 23/05/2009 às 10:23h

     Você se acha “o” geek entendido e sabe o tipo do arquivo apenas pela extensão? Então responda rápido: .MKA se abre com que programa? E .SPX? Talvez .CIN?

     Talvez agora você não esteja se achando “o cara” e precise de uma ajudazinha, correto? Então aproveite a dica que vi na Info sobre o site OpenWith, que mostra qual o programa adequado para “abrir” cada uma das extensões “doidas” que existem por ae.

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
preload preload preload