nov 26

Não compre na loja online da CompraFácil

4 Comentarios »Postado por GordoGeek em 26/11/2013 às 12:54h

     No final do mês passado eu tive um problema com a minha multifuncional Samsung no escritório. Ela ficava tentando puxar o papel, mas não conseguia e dava erro. Assim, mandei pra autorizada e fiquei praticamente 2 semanas pra receber um simples orçamento. Nesse intervalo, toda vez que precisava de impressora, tinha que recorrer a serviços de lan-house, ou seja, gravar num pendrive, andar uns 2km até o local e pedir pra imprimirem pra mim. Super prático, né? Assim, decidi comprar logo uma nova multifuncional, pois o transtorno de ficar sem uma no escritório, não compensa.

     Eu fiz a compra de um equipamento Xerox no site CompraFácil dia 02/11. Eles mandaram email no dia 07/11, me avisando que já estava na transportadora e iriam me entregar até o dia 14/11. Ou seja, só nisso, você já nota que o prazo é extremamente elástico. Nesse intervalo acabei pagando pra arrumar minha antiga Samsung, pois ficar todo esse tempo sem o equipamento aqui era impossível. Aliás, já tinha até aproveitado pra comprar 4 toners da impressora Xerox em outra loja e, mesmo o frete sendo PAC, chegou em 5 dias. Até hoje, nada de impressora.

     Essa seria só mais uma das minha várias histórias de problemas com fornecedores, senão fosse a CompraFácil, empresa do grupo Hermes que está sob recuperação judicial e luta pra não falir. Ou seja, mesmo eu já tendo feito diversos contatos diretamente com eles, com a transportadora, com o ReclameAqui, Procon e afins, nada indica que eu consiga reaver o valor pago. E, na mesma situação que eu, estão centenas de pessoas, pelo que consegui apurar através do próprio site ReclameAqui e em outros fóruns e sites de reclamações.

     Como essa semana acontece a BlackFriday e não duvido nada que a empresa vá fazer inúmeras “excelente promoções”, fica o alerta pra você e também para seus amigos, pois considero de extrema importância divulgar o ocorrido, para que ninguém mais tenha dores de cabeça desse tipo com a empresa.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Geral
jul 10

Briga por ICMS entre estados causa transtornos a clientes

1 Comentario »Postado por GordoGeek em 10/07/2011 às 23:23h

     Recebi alguns relatos de leitores a respeito de problemas com compras via internet e achei pertinente fazer um post a respeito. Há algum tempo, quase todos os estados da federação, com excessão de São Paulo e Rio de Janeiro, concordam que o ICMS de compras pela internet seriam dividos entre o estado de origem e destino. Assim, se você mora em qualquer outro estado e compra em lojas virtuais com depósitos em São Paulo e no Rio de Janeiro, pode ter sérios problemas.

     A história começou depois que eu disse que havia comprado um iMac e vi que eles agilizaram bastante a entrega. O prazo para sair do estoque era entre 5 e 7 dias úteis e saiu logo no dia seguinte (um sábado), que nem dia útil era. Assim, a entrega inicial, agendada pro dia 18, acabou ocorrendo dia 7. Surpreso, pois a Apple tem um histórico de atrasos em entregadas, graças a sua parceira Rapidão Cometa, resolvi perguntar no Twitter se eu tinha tido uma sorte imensa ou se eles finalmente conseguiram acertar a logística. Infelizmente, tive respostas bem desanimadoras.

     O que tem acontecido é que, quando um caminhão da transportadora passa pela fronteira do estado, caso ele seja parado num posto de fiscalização e detectem que ele é de São Paulo ou do Rio de Janeiro, estão encaminhando a carga para a Secretaria de Fazenda daquele estado. Lá, eles notificam a transportadora para recolher o imposto devido. Como podem ser dezenas de pacotes, de dezenas de lojas, imaginem o tamanho do problema.

     Segundo o nosso leitor Cláudio Castro, ao ver que seu pedido estava atrasado, entrou em contato com a Rapidão Cometa pra saber o que houve. Segundo eles, a orientação da Apple é não passar informação alguma ao cliente, pedindo que ligue diretamente para eles. Ao seguir essa orientação e tentar obter informação na Apple, informaram que a empresa fez todo o procedimento correto, recolhendo os impostos devido (na origem) e não deram prazo pra normalizar a situação. Chateado com a resposta, nosso leitor disse que queria cancelar o pedido, pois sem prazo, ficava complicado. Ae, disseram que isso só poderia ser feito após o pedido chegar, o que é ilegal.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
preload preload preload