nov 27

     No começo do mês a Netshoes fez um pequeno evento em São Paulo (o qual não fomos convidados – obrigado) para anunciar alguns novos produtos que, a princípio, me pareceram bem bacanas. Eram eles: uma smartband (pulseira), uma balança com conectividade e um monitor cardíaco bluetooth.

     Fiquei bem empolgado com os produtos anunciados pois os preços eram bem agressivos para o mercado nacional. Afinal, existem dezenas de produtos similares, de marcas consagradas, mas custando muito mais caro. E, logo que os produtos surgirem em pré-venda no site, corri pra comprar, na intenção de dar de presente de natal para meus pais e, claro, também resenhá-los.

     Os produtos começaram a ser despachados no dia 20/11 e chegaram pra mim uns 5 dias depois. Achei curioso que, quando fui na Google Play baixar o app necessário para integrar aos dispositivos, já haviam depoimentos dando 5 estrelas pro app, mas com data de 16/11, 17/11, etc. Ou seja, antes dos produtos serem oficialmente despachados. Como isso é possível? Estranho.

     Conforme dá pra ver muito bem no vídeo, eu fiquei completamente desapontado com ambos os produtos, a começar pelo app, que sequer conseguir completar a etapa de cadastro, conforme mostro nesse outro vídeo. Por sorte, essa madrugada saiu um update e ao menos isso eu consegui fazer.

     Eu vi relatos de que a versão do app para iOS tem mais recursos e funciona melhor. Todavia, se na caixa do produto diz que ele funciona em Android, é obrigação funcionar, senão configura propaganda enganosa. E, conforme eu mostro no vídeo, o app para plataforma do Google é precário.

     Por sorte, eu sou curioso e resolvi testar os produtos antes de embalar e dar pros meus pais. Imaginem a frustração que não seria se eu chegasse a dar esses dois micos de presentes pra eles. Acredito que a Netshoes meteu os pés pelas mãos, não se planejou adequadamente, quis colocar o produto no mercado antes dele estar devidamente testado e isso vem causando um enorme transtorno aos clientes.

TAG(s):
Categoria(s): Gadgets
jul 14

     Já tem algum tempo que esse tipo de balança estava na minha lista de desejos, mas não tinha coragem de pagar uma pequena fortuna nela. Porém, na semana passada apareceu a chance de eu comprar um modelo já meio antigo por R$ 200 de um amigo e acabei não resistindo. Peguei ela ontem, então ainda sou meio n00b nesse assunto, mas já estou brincando.

     Conforme comento no vídeo, o amigo que me vendeu está indo para os Estados Unidos em breve e trará o modelo mais novo (WS-50), vendido na Apple Store por USD 150. Aqui no Brasil, também na loja da Apple, ela custa R$ 729. Esse modelo, além do peso, afere também a gordura corporal, batimento cardíaco (pelo pé!?) e qualidade do ar.

     Nas minhas pesquisas eu não achei esse modelo antigo (WS-30) pra vender no Mercado Livre. Porém, o modelo novo está até mais caro do que na loja da Apple, que tem frete grátis. Ou seja, não compensa mesmo comprar em outras lojas, já que o preço é até mais caro. Mas claro, se você for viajar pra fora, provavelmente conseguirá um preço bem legal.

TAG(s):
Categoria(s): Gadgets
jul 24

Balança Geek se comunica com iPhone

3 Comentarios »Postado por GordoGeek em 24/07/2009 às 17:03h

     Pra quem gosta de controlar seu peso, inclusive com histórico, a balança abaixo é uma boa alternativa, principalmente se você for usuário de iPhone, pois além de medir seu peso, ela ainda envia o resultado (via WiFi) pro telefone da Apple.

TAG(s):
Categoria(s): Apple, Gadgets, iPhone/iPod
preload preload preload