jun 17

     Todos sabemos a enorme crise que o Brasil está passando. Desculpa, se você for petista, você não sabe. Mas isso é assunto para o buteco e não para o blog. Assim, assumindo que o país passa por uma crise e o governo federal está fazendo de tudo para impedir que a balança comercial fique ainda mais desfavorável, quem costuma comprar produtos da China está passando por maus bocados.

     Eu comprava algumas tranqueirinhas da China quase toda semana. Porém, com a alta do dólar, a demora para liberação dos produtos e as taxas cobradas, tanto pelos Correios, como pela Receita Federal, acabei deixando isso pra lá. Mas ainda tem muita gente que insiste em comprar e acaba tendo esses problemas, especialmente com o governo tributando o produto. Não é incomum, usam valores absurdamente errados, como cobrar R$ 70 de impostos num produtos de USD 12.

     O primeiro vídeo, apesar de possuir alguns erros bem sérios, dá algumas dicas de como recorrer a Receita Federal e a Justiça, pra não ter de pagar tributos em alguns casos. Como ele alega que já fez isso e deu certo, resolvi divulgar. O segundo vídeo, me pareceu mais correto, tendo em vista que foi feito por um advogado. #FikDik

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
jul 21

BrasCuba – Novas regras para importação no Brasil

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 21/07/2014 às 21:14h

TAG(s):
Categoria(s): Geral
set 30

Correios: uma estatal com foco na excelência #SQN

3 Comentarios »Postado por GordoGeek em 30/09/2013 às 22:19h

     Muita gente diz que sou pessimista e as coisas no Brasil não são tão ruins quanto eu digo. Bom, talvez pra quem não acessa a internet, leia jornais, viaje ao externo (e tem como comparar), as coisas são bem razoáveis. Pra mim, está longe disso. É revoltante morar no Brasil.

     Na semana passada eu fiz um post aqui sobre a internet banda larga, comparando o que temos por aqui com outros países. Hoje, vamos comparar os serviços dos Correios. Acima, temos um vídeo bem completo do Canal do Otário e abaixo um do Carlinhos Troll, um brasileiro vivendo nos Estados Unidos e que, segundo ele, já mandou mais de 25.000 encomendas em 3 anos.

     Depois de ver os vídeos, você ainda vai dizer que eu sou pessimista o morar no Brasil é bom? Não nos falta “apenas” competência, mas falta honestidade, bom senso e vontade de fazer as coisas direitas.

TAG(s):
Categoria(s): Geral
mar 05

Como rastrear encomendas via smartphone e tablet

3 Comentarios »Postado por GordoGeek em 05/03/2013 às 11:29h

     Já sou usuário do serviço Muambator há vários anos, mas por um daqueles inexplicáveis motivos, nunca havia falado especificamente dele aqui no blog. Acho que até já devo ter citado em algum artigo, comento sobre ele com certa regularidade no Twitter, mas chegou a hora de corrigir a injustiça.

     O Muambator é um serviço gratuito, criado e mantido pelo Rodrigo Hahn. No site deles, você cria uma conta e cadastra o número de tracking das suas encomendas. Sempre que houver uma atualização, receberá uma notificação deles, que pode ser via email ou Twitter. Caso tenha algum dos aplicativos integrados ao serviço, também receberá uma notificação push.

     Falando em aplicativos, existem muitos apps bacanas para rastreio de encomendas. Alguns até com serviços adicionais como cálculo de frete, etc. Porém, são poucos os que possuem integração ao Muambator, que eu acho fundamental. Isso porque, supondo que você tenha mais de um dispositivo (um iPhone e um iPad, um iPhone e um Galaxy Tab, etc.) ter que cadastrar suas encomendas mais de uma vez é de uma perda de tempo inacreditável. Através da API do Muambator, fica muito mais simples e confiável centralizar as coisas lá com eles.

     Pra quem usa o iOS, a minha dica é usar o app Pacotes. Infelizmente, o aplicativo está meio abandonado e praticamente não sofre atualizações. Uma pena, pois eu já uso ele há bastante tempo e sinto falta de novidades, especialmente porque outros apps de rastreio estão sempre lançando coisas bacanas. Já no Android, recomendo o Muamba Tracker. E claro, se você quiser acompanhar apenas via navegador, basta recorrer ao site.

TAG(s):
Categoria(s): Android, Apple
mar 14

Posicionamento da Receita Federal sobre demora de pacotes

1 Comentario »Postado por GordoGeek em 14/03/2012 às 16:55h

      Acredito que todos os leitores do blog (e os seguidores do Twitter) sabem que compro bastante na DealExtreme. Ou melhor, comprava, pois esse ano ainda não comprei nada, principalmente por causa de uns problemas recentes que tive. Ano passado eu fiz mais de 100 pedidos (isso mesmo) no site chinês e nunca tinha tido problema, até que no final do ano os pacotes começaram a ser direcionados pra Receita Federal do Paraná e os problemas começaram.

      É claro que muita gente que compra produtos de sites gringos tem a esperança de que ele não seja tributado, especialmente se fizeram como eu e comprarem produtos até USD 50. Várias pessoas já me disseram que abaixo desse valor não tem problema e não deveria pagar imposto, mas a história não é bem essa. Quando o produto é enviado de pessoa física para pessoa física, não ultrapassa USD 50 e vem marcado como presente, ae sim ele é isento. Porém, quando você compra algo de uma empresa, a regra é outra e o produto pode ser tributado, com excessão claro de livros e CDs.

      No final do ano passado, seguindo a tradição de alguns sites americanos, o DealExtreme fez uma BlackFriday e colocou alguns produtos em promoções. Eu acabei aproveitando e comprei câmeras IP por menos de USD 30. Porém, acabou que uma delas foi pra Receita Federal e ficou lá até hoje. O pior é que nem me notificaram. Diante dessa situação, entrei no site da Receita Federal e preenchi um formulário de contato com a Ouvidoria. Demorou umas 2 semanas, mas hoje me enviaram uma resposta. Infelizmente não ajudou muito, pois basicamente eles pedem pra entrar em contato com os Correios e ae fica aquele jogo de empurra-empurra.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Geral
out 26

Correios: o que diabos acontece nessa empresa?

2 Comentarios »Postado por GordoGeek em 26/10/2011 às 16:09h

     Ultimamente a gente tem visto muita gente reclamar dos Correios e chegam a sugerir que a empresa fosse privatizada. Acredito que apenas privatizar não resolve, pois a Telefonica está ae pra nos provar que o serviço pode continuar uma porcaria mesmo nas mãos da iniciativa privada. Porém, o que realmente precisava ser feito é um estímulo a concorrência, com a quebra do monopólio. É inacreditável que em 2011 as empresas de energia, telefonia e afins tenham que ser obrigadas a usar a péssima estrutura dos Correios pra enviar suas contas. Até quando a gente vai ver os carinhas de amarelo andando feito camelos debaixo do sol?

     Na semana passada eu enviei, no mesmo dia, três pacotes via Sedex. Eles foram postados na mesma agência e tinham como destino a capital de São Paulo, o interior e a capital de Minas Gerais. Pra minha surpresa, a que foi pro interior de São Paulo chegou no dia seguinte. A que foi pra Belo Horizonte ainda consta como se nem tivesse saído daqui da cidade e a que foi pra São Paulo apareceu como “saiu para entregue” e logo depois “destinatário ausente”, sendo que é um prédio com portaria 24 horas. Detalhe: constava que seria feito uma nova tentativa (na 6. feira) e quase uma semana depois, nada. Como é que pode?

     Como eu adoro usar as redes sociais pra ver se o problema é localizado ou realmente tem uma dimensão maior, comentei sobre o caso e muita gente me disse que isso vem acontecendo bastante. Muito provavelmente os funcionários saem lotados de encomendas e não dão conta de entregar todas no mesmo dia. Isso pode acontecer e é totalmente compreensível, mesmo a gente pagando uma fortuna pelo serviço, já que acontecem muitos imprevistos, como chuva, trânsito, etc. O que me deixa p. da vida é o fato deles jogarem a culpa no colo do destinatário, como se ele não estivesse no local, ao invés de dizer exatamente o que houve.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Geral
abr 12

Entregas do DealExtreme estão normalizadas

4 Comentarios »Postado por GordoGeek em 12/04/2011 às 20:52h

     Quem é leitor assíduo do blog sabe que, pelo menos uma vez por mês, eu faço um pedido de “tranqueiras tecnológicas” no DealExtreme. Porém, esse ano eu ainda não tinha recebido nada, inclusive pedidos feitos em dezembro, o que me assustou um pouco, ainda mais quando li algumas reclamações sobre possíveis problemas na entrega de compras feitas lá fora, como comentei aqui no blog.

     Vários leitores na ocasião comentaram que tinham feito pedidos em janeiro e recebido logo em fevereiro. Outros disseram que receberam ainda em janeiro. No Twitter foi a mesma coisa, bastante gente me disse que tinha feito pedido e recebido dentro do prazo normal, de cerca de 45 dias corridos. Alguns pedidos podem demorar mais (ou menos), dependendo dos produtos que o compõe, mas acabam chegando.

     Para a minha felicidade, hoje eu recebi meus pedidos pendentes e chegaram todos de uma só vez, mesmo tendo sido feito em datas bem diferentes (dezembro, janeiro e fevereiro). O motivo disso? Só Deus sabe… Alguns dizem que comprar no final de ano no DealExtreme é isso mesmo e costuma demorar além do normal por causa do alto volume de vendas.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Geral
mar 18

Comprou no DealExtreme recentemente? Se f….

47 Comentarios »Postado por GordoGeek em 18/03/2011 às 14:05h

     Acredito que a grande maioria dos geeks leitores já conhecem o site chinês DealExtreme. Você pode comprar um montão de coisas a preços baixíssimos. O melhor: o frete custa meros USD 0.01, independente do que você compre. Porém, contudo, todavia, hoje fui pego de surpreso por uma notícia que vi no Twitter do @PedroVanzella.

     Eu tô com 3 encomendas do DealExtreme pra chegar, sendo a mais antiga delas do final de 2010. Geralmente as encomendas demoram uns 45 dias. Tenho achado estranho mesmo essa demora além da conta, mas beleza.. Tava esperando numa boa.

     Na minha cabeça engênua, a empresa de logística da China tinha um mega contrato com os Correios, por isso, conseguia fazer o preço ficar tão baixo. Afinal, da China pro Brasil, eles devem mandar inúmeros navios e isso dilui no custo. Porém, do porto até a casa do cliente, quem faz o trajeto são os Correios.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
preload preload preload