mar 07

Vale a pena colocar lâmpadas de emergência em casa?

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 07/03/2015 às 03:10h

     Você já deve ter observado que vários locais no comércio tem lâmpadas de emergência, correto? Mas será que vale a pena instalar um sistema desses em casa? Bem, eu tenho algumas em casa já tem uns 6 anos e já me salvou de várias roubadas.


Crédito da imagem: Shutterstock

     Eu jurava que já tinha feito um post sobre isso antes. Mas fui procurar e não achei. Acredito que, como comentei muito sobre isso no Twitter, fiquei com essa impressão. Então lá vou eu corrigir esse lapso e deixar algo bem formulado para pesquisa futura dos leitores.

     Com a energia subindo cada vez mais, comecei a passar um pente fino em casa, atrás dos gastões de energia. Quem sabe eu consigo reduzir o consumo e, por consequência, a dor no meu bolso, né? Falei disso ainda essa semana aqui no blog, quando ensinei como calcular o consumo dos aparelhos.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
set 09

Case infantil Speck iGuy genérico para tablets Android

3 Comentarios »Postado por GordoGeek em 09/09/2014 às 17:53h

     Já tem alguns anos que venho usando o case iGuy da Speck nos iPads das crianças aqui em casa, conforme mostrei nesse vídeo. Eles já suportaram muitas torturas, inclusive queda de cima do carro (em movimento), atropelamento, entre outros, conforme conto nesse outro vídeo.

     Apesar de altamente recomendável, pois realmente protegem o iPad nas mãos das crianças, eles são bem caros, especialmente aqui no Brasil. Assim, sempre fiquei na dúvida se os modelos genéricos seriam tão bons quantos ou produtos de baixa qualidade. Para tal, acabei comprando dois cases em sites chineses. Estava esperando os dois chegarem para gravar o vídeo, mas já tem mais de 2 semanas que o modelo do vídeo acima chegou e nada do outro ainda, sendo que comprei ambos no mesmo dia. Assim, resolvi gravar vídeos separados.

     Se eu não soubesse que esse case é chinês, dificilmente desconfiaria que não é original. Ele é muito similar aos originais da Speck, apesar de muito mais barato. Em dólar, ele custa quase 1/3 do original. Já em R$, dá uma diferença enorme, tendo em visto o alto valor que a case da iGuy é vendida aqui no Brasil. Esse modelo genérico me custou menos de R$ 30, o que é muito barato, perto dos R$ 150 pedidos por uma original no Mercado Livre.

     Conforme digo no vídeo, é necessário tomar cuidado pra ver o modelo exato do seu tablet, em particular a localização dos botões de volume e ligar, já que a furação do case não atende a todos os tablets. Eu comprei para usar no tablet da Philips e da Asus, mas acabou não dando certo. Assim, fique esperto quanto a esse detalhe, senão irá atrapalhar o uso do tablet.

TAG(s):
Categoria(s): Android
jan 09

Review em vídeo: case infantil Speck iGuy

1 Comentario »Postado por GordoGeek em 09/01/2013 às 15:01h

     Quando meu primeiro filho nasceu, descobrimos rapidamente a mágica “Galinha Pintadinha“, um desenho animado que é um verdadeiro fenômeno entre as crianças (e seus pais). A meninada simplesmente adora e acaba servindo de coringa quando os pais precisam de um tempinho, seja pra preparar o banho, a papinha, arrumar a casa, etc.

     Fiquei durante semanas procurando uma forma de colocar o iPad no carrinho, até que descobri o case iGuy da Speck. Apesar de não ser muito barato, ele é maravilhoso. Super prático, flexível, protege muito bem o iPad e pode ser usado no carro, no berço, etc.

     Lá fora, a versão para iPad tradicional custa USD 39.95. Aqui no Brasi, em torno de R$ 190,00 no Mercado Livre. Recentemente foi lançada a versão para iPad mini por USD 29.95. Ainda não encontrei pra vender por aqui.

TAG(s):
Categoria(s): Apple
mar 31

GordinhoGeek: sai o iPad, entra o iPod Nano 5G

5 Comentarios »Postado por GordoGeek em 31/03/2012 às 02:50h

     Antes de irmos para o post em si, gostaria de relembrar que sou um profissional de tecnologia e pai de primeira viagem. Não sou (nem perto disso) um profissional que trabalha com educação, pedagogia ou afins. Também não sou alguém que já leu inúmeros livros sobre como criar filho e tudo o mais. Portanto, o que vou compartilhar aqui pode ser completamente errado do ponto de vista pedagógico. Digo isso pois gosto de compartilhar alguns momentos da minha vida de pai nas redes sociais e já recebi muitas críticas de pessoas dizendo que expor crianças tão pequenas a tecnologia não é algo saudável.

     Por mais que muitas pessoas digam que crianças menores de 2 anos devem ter um acesso muito limitado a tecnologia (inclusive a TV), desde que meu filho tinha poucos meses ele sempre teve contato com tecnologia, especialmente nos momentos que batiam aquelas cólicas ou as dores dos primeiros dentinhos. Por mais que a gente tentasse várias dicas de pediatras, amigos, avós e tudo o mais, nada parecia surtir muito efeito. Foi ae que descobrimos o poder da Galinha Pintadinha.

     Acredito que boa parte (senão todos) os pais mais “frescos” devam conhecer a famosa penosa azul. Se você não conhece, só por curiosidade, clique no link acima e veja do que estou falando. Como menosprezar um vídeo com mais de 100 milhões de acessos no Youtube? Por mais bobo que possa parecer, as crianças adoram esse personagem e suas músicas que entram na cabeça da gente pior que aquele hit de verão em Salvador. Meu filho atualmente tem 1 ano e 7 meses e já perdeu um pouco do encanto por esse personagem. Aos poucos ele foi mudando o gosto para “Pingu”, “Xuxa Só para Baixinhos”, “Toy Story”, “Rio”, “Shrek”, etc.

     Como meus pais moram há 300km de casa, quando a gente ia viajar, sempre apelava para o iPad. Eu comprei alguns suportes para o banco, mas confesso que nenhum resistiu por muito tempo. Não porque eram porcarias da China e sim porque a cadeirinha do meu filho fica praticamente colada no banco e ele ficava se esticando todo pra pegar o iPad na mão ou dando chutinhos durante as músicas. Mas não só em viagens mais longas o iPad era útil. Quando íamos ao shopping, por exemplo, depois de uma volta, rapidamente ele ficava entediado e o iPad acaba distraindo ele. Chegamos a improvisar vários tipos de capas, já que não achamos nada muito inteligente e adaptável a várias situações.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Apple
preload preload preload