dez 04

Saldão da Black Friday: quem vai querer pagar menos?

8 Comentarios »Postado por GordoGeek em 04/12/2013 às 18:51h

     Quem me acompanha pelo Twitter viu que eu simplesmente pirei durante a Black Friday e fui comprando tudo que via pela frente. Muitas dessas coisas (talvez até a maioria), comprei simplesmente no impulso, porque tava barato, mas não tenho necessidade alguma. É o caso do Xbox por exemplo. Eu tenho um aqui que não ligo há pelo menos 3 meses, mas fiz questão de comprar mais 2, pois queria deixar um no quarto e um na varanda, evitando assim ficar tendo que desconectar um monte de fios, levando os aparelhos pra outro cômodo e tal. Só que a minha esposa não gostou muito da ideia e, antes que ela me coloque pra dormir na casinha do cachorro, vou vender algumas coisas que comprei.

     Esse post foi originalmente publicado em 02 de dezembro e foi alterado várias vezes, tirando e colocando produtos, a fim de não gerar confusão pros leitores. Tudo que estiver listado abaixo é porque realmente ainda está disponível para compra. Os que já foram removidos é porque foram vendidos.

     + Motorola Moto G Dual-Chip 16GB por R$ 649,00 que comprei junto com o fone Soul Republic. O preço normal dele é de R$ 799,00. Observe no entanto que o modelo que vem no Music Edition não trás as capinhas coloridas. Mas, por uma economia de R$ 150,00, talvez você ache interessante.

     + Tablet Galaxy Note N5110 Android 4.1 Wi-Fi 8 Branco 16GB por R$ 749,00 do Submarino (454889240/ 454854899). O preço normal dele é de R$ 1.299,00 no Submarino, o que dá R$ 550,00 de economia. Lembrando: tenho 2 unidades.

     + Tablet Galaxy Tab 3 T2100 Android 4.1 Wi-Fi 7 Branco 8GB por R$ 549,00 do Submarino (454888698). O preço normal dele é de R$ 699,00 no Submarino, o que dá R$ 150,00 de economia.

     Como alguns já devem saber, todos os produtos são novos e na embalagem original. Estão com um pequeno lucro (em torno de R$ 50,00) em cima do preço que paguei. Acho justo pela oportunidade que aproveitei e pelo trabalho que vou ter em reembalar o produto e ir despachar. Se você não acha isso justo, sem problema. Ignore e não compre. Se você é uma pessoa sensata e entende que, mesmo eu ganhando alguma coisa, você vai fazer uma excelente compra, pagando bem mais barato que nas lojas, vá em frente e mande um email para [email protected] Vai valer a ordem de chegada. Quem enviar primeiro, tem prioridade.

     Última ressalva: nenhum dos produtos inclui frete, então vamos ter que calcular na hora do envio. Se não tiver com pressa, sugiro o PAC, pois é bem mais em conta que o Sedex, ainda mais se for pra fora do estado de São Paulo. Caso queira ter uma estimativa, use a ferramenta dos Correios pra saber quanto vai ficar.

TAG(s):
Categoria(s): Geral
dez 03

Submarino vendendo Xbox One por R$ 1.319,91

6 Comentarios »Postado por GordoGeek em 03/12/2013 às 13:57h

     Todos sabem que eu adoro uma polêmica. Meu perfil no Twitter já revela exatamente o que eu espero de rede social: “Tô aqui pra me divertir e não pra fazer amigos. Se o que eu falo te ofende, você que se foda. Simples assim.“. Nunca fico em cima do muro, não sou político e dou minhas opiniões, afete a quem afetar. É meu jeito. Não gostou, paciência. Não é obrigado a gostar e muito menos a ficar por perto.

     Na semana passada ocorreu a famosa Black Friday e praticamente todas as lojas do Brasil aderiram, o que é extremamente bizarro, porque eu vi até motel e farmácia participando da promoção. Quem estava assistindo TV ou navegando na internet na sexta-feira foi atropelado por uma quantidade gigantesca de anúncios sobre “preços inacreditáveis”. O Submarino, por exemplo, disparou email, fechou publieditorial com diversos sites, espalhou banner e o diabo a 4, anunciando descontos de “até 80% + 12% no boleto”. Ou seja, os descontos anunciados poderiam passar de 90%.

     Muitos sites, inclusive o próprio Submarino, não se limitaram a fazer apenas a Black Friday na sexta-feira e estenderam os preços para todo o final de semana. Algumas lojas ainda participaram da tal Cyber Monday, também outro costume americano. E, ontem a noite, eu fiquei sabendo que o Submarino estava vendendo o Xbox One por R$ 1.319,91. Como o preço de tabela do produto é R$ 2.299,00, cobrar uns 50% disso pra quem anunciou “até 92% (80+12)”, tá dentro do razoável, não? Fui lá e comprei! Comprei muitos! Como SEMPRE faço quando acho algo barato, seja na internet, seja em loja física. E duvido que você leitor não faça o mesmo. Ou você gosta de pagar caro nas coisas?

     Pouco tempo antes, eu já havia comprado iPad mini 16GB por metade do preço na Saraiva. Fiz o mesmo com Xbox 360 no Walmart. E fiz exatamente a mesma coisa em vários outros sites, aproveitando a promoção. Porém, em alguns, como o Walmart, havia um claro anúncio: uma unidade por CPF. O próprio sistema não deixava fechar mais de um. Tecnicamente, isso é uma coisa muitíssimo simples. Algo que o maior grupo varejista online do Brasil, a B2W, dona do Submarino, teria condições de fazer, caso quisesse. Em nenhum momento o site deu nenhum alerta que não poderia comprar mais de um. Aliás, nossa legislação prevê que o dinheiro tem curso legal e poder liberatório, ou seja, não se pode proibir o cliente de comprar, caso ele tenha dinheiro pra isso. Alguns sites, como o Walmart, fazem isso ilegalmente, pois sabem que uma minoria da população tem ciência da lei e vai correr atrás dos seus direitos.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Geral
preload preload preload