dez 05

Porque não usar servidor em nuvem da Locaweb

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 05/12/2017 às 11:56h

     Muita gente me pede dicas e recomendações nas redes sociais e é por isso que faço questão de usar esse espaço para deixar alguns vídeos e comentários que sustentem minha opinião. Jamais vou dizer “não compre A ou B” sem ter um mínimo de respaldo para comprovar o que estou dizendo. Assim, fiz 2 pequenos vídeos mostrando o motivo deu não recomendar a Locaweb, uma das das maiores empresas de hospedagem do Brasil.

     Há cerca de 2 meses eu comecei a fazer testes em serviços de computação em nuvem da empresa. E para tal, fiz a contratação do produto mais básico e barato da empresa, uma máquina com apenas um núcleo e 512MB de RAM por R$ 17,90. Obviamente, todo mundo com um mínimo de experiência no ramo, sabe que esses recursos são muito escassos e não devemos esperar muita coisa. Ao mesmo tempo essa é basicamente a configuração padrão de mercado. Eu mesmo tenho máquinas com essa configuração na Digital Ocean há anos e me atendem até de maneira bem razoável.

     O grande problema da computação em nuvem, quando você não tem um computador e recursos exclusivos é que a performance da máquina pode variar muito com o decorrer do tempo. Isso porque, se outros clientes forem sendo alocados no mesmo servidor que você está, ele irá “drenar recursos” do hardware e o servidor não terá mais a mesma potência que a anterior pra lhe anterior. Isso é previsível. Porém, a empresa de hospedagem deve fazer um monitoramento constante para evitar que a degradação chegue a ponto de tornar o serviço inutilizável pelo cliente.

     Quando eu fiz a contratação do servidor, instalei e configurei meu setup para começar os testes. Passei dias testando e a máquina tinha excelente desempenho. Troquei até emails com amigos mostrando a performance, que era muito acima da média para os recursos contratados. Fiquei realmente admirado e cheguei a recomendar muito a Locaweb. Porém, como alegria de pobre dura pouco, no mês seguinte, a performance desabou, como podemos ver no vídeo acima.

     Eu abri um chamado na empresa e, passadas 24 horas, nenhuma interação sequer. Ou seja, se você precisa de um suporte que lhe ajude e seja eficiente, pode riscar a Locaweb da sua lista, pois se demoram mais de 1 dia apenas para responder o chamado, que dirá pra começarem a resolver a questão. E detalhe: como sou técnico há muitos anos, já mandei os vídeos comparativos, detalhei o máximo que pude e pedi providências. Ou seja, fiz metade do serviço do suporte, de diagnosticar e sugerir uma ação. Que dirá de quem não tem tais conhecimentos e está entregue totalmente ao suporte, sem poder contestar, rebater, etc.

     Como a empresa simplesmente não respondeu aos chamados, movido pela curiosidade, eu abri uma outra conta na Locaweb. Poderia simplesmente ter pedido outro servidor na minha conta mesmo, mas queria ver se uma nova conta (um novo cliente) teria prioridade a base já instalada. Para tal, fiz o pagamento de um servidor exatamente igual ao que eu venho experimentando degradação de performance. E, para a minha surpresa, ele se comportou exatamente igual quando eu contratei o anterior, ou seja, muito rápido.

     Ainda mais curioso, pensei: e se eu fizer upgrade no servidor antigo, dobrando seus recursos. Será que vai melhorar? Pois bem, paguei pelo upgrade, dobrei os recursos e mesmo assim ele toma uma surra do servidor novo, com a metade de recursos. Em alguns casos, chegue a ser 3 vezes mais rápido. Como explicar?

     Pode ser que a Locaweb simplesmente não fez o dever de casa e tem alguns clientes usando muitos recursos do mesmo servidor que a primeira máquina, o que compromete a performance da mesma. Isso talvez explique porque, mesmo ela usando apenas 10% de CPU, ainda está lenta e, mesmo após um upgrade, dobrando os recursos, ainda assim fique lenta. Ou talvez, quem sabe, a Locaweb priorize os novos clientes, colocando-os em servidores melhores, para ter uma boa experiência e os convença a migrar para a empresa. Um mês depois, a performance comece a cair, forçando-os a pagar mais e ter sucessivos upgrades. Será? Fica pra você decidir.

TAG(s):
Categoria(s): Geral
mai 04

Datacenter Flutuante – Google

Sem Comentarios »Postado por Gilson Junior em 04/05/2009 às 19:36h

A Google panteou uma embarcação que servirá de Datacenter, mas o mais importante da patente está na forma que utilizará para obter energia sendo ela por meio do movimento das ondas, tecnologia já usada em alguns países europeus, e utilizará da água para resfriar os equipamentos dentro do barco.

googledecjs

A patente foi solicitada no inicio de 2007 mas só veio a ser aprovada agora, além de economizar energia a empresa diz que economizará no aluguel e impostos que geralmente tem que pagar. 

Para quem quer saber amis sobre os mistérios da Google que infelizmente são muito seguros ela soltou um vídeo mês passado sobre seus Datacenters. Veja logo abaixo ou clique aqui.

[via FolhaOnline]

TAG(s):
Categoria(s): Notícias
preload preload preload