mar 02

E a Samsung finalmente lançou sua cópia do iPhone 6

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 02/03/2015 às 03:24h

     Depois de muitos rumores, especulações, teasers e afins, a Samsung finalmente anunciou seus novos smartphones: Galaxy S6 e S6 Edge. Em resumo: sim, eles são extremamente parecidos com o iPhone 6 e abandonaram aquele acabamento de merda (pRásticu Dolly) que a empresa coreana insistia em vender.


Ivan Garcia / Shutterstock.com

     Um dos rumores é que a Samsung não usaria a CPU da Qualcomm, alegando que ela esquenta demais. Segundo a fabricante de chips, isso é pretexto de quem não soube adaptar o projeto (toma!). Mas o fato é que a Samsung realmente desprezou os chips da americana e está usando CPU própria. Segundo eles, é mais poderosa (Octa Core) que as do Galaxy Note Edge, além de mais econômica.

     Aliás, uma das novidades dos novos aparelhos é que agora eles não tem mais slot pra cartões microSD e bateria removível. É a Samsung copiando (ok, ok, se inspirando) a Apple na cara dura. Não duvido que, em breve, vejamos algum processinho rolando por ae, como já ocorreu no passado, já que os aparelhos se parecem bastante. Eu particularmente achei bonito e bem acabado.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Android
dez 16

Porque eu odeio o Ford Sync no EDGE

2 Comentarios »Postado por GordoGeek em 16/12/2013 às 00:45h

     Já tem quase um ano que venho fazendo comentários sobre o sistema de som do Ford EDGE e finalmente tive paciência para fazer um vídeo demonstrando o motivo de tantas reclamações. Veja como o sistema Ford Sync é pouco intuitivo, nada inteligente e lhe obriga a fazer a mesma programação toda vez que for ouvir música no carro.

     Vale ressaltar que, toda vez que o aparelho fica dentro do raio de alcance do carro, ele faz o pareamento sem problemas. Com isso, se chegar uma chamada no telefone, já dá pra atender no carro. Porém, quando se coloca um som qualquer no celular, ele não vai para o carro por padrão, lhe obrigando a dar uns 20 toques nos botões do painel pra isso acontecer.

TAG(s):
Categoria(s): Geral
set 14

Vivo Internet 3G Plano Diário: R$ 2,99 por 150MB

23 Comentarios »Postado por GordoGeek em 14/09/2012 às 17:33h

     Já comentei algumas vezes aqui no blog que trabalho com sistemas de missão crítica e fico de plantão 24 horas por dia, 7 dias por semana. Para que eu não fique preso feito um escravo a mesa do escritório, eu tenho 3 planos pré-pagos de internet 3G (Tim, Vivo e Claro), em 3 smartphones diferentes (Galaxy X, Galaxy SIII e iPhone 4S).

     Por mais incrível que possa parecer, mesmo tendo 3 operadoras, tem alguns locais onde nenhuma das operadoras funciona bem. A Tim é a minha linha principal, não pela qualidade e sim pelas baixíssimas tarifas do plano Tim Beta: R$ 0,25 por dia de ligação pra outro Tim, R$ 0,25 por dia de ligação local pra outra operadora, R$ 0,25 por dia de internet e R$ 0,50 por dia de SMS pra qualquer operadora. Isso se eu usar. Senão usar, não paga. E onde pega 3G, funciona acima de 1Mb. O duro é achar onde pega bem. Na maioria fica em EDGE, GPRS ou sem sinal, inclusive em áreas centrais.

     Como contingência secundária eu tenho usado a Vivo, que geralmente tem a melhor cobertura em qualquer lugar do Brasil. É raro ver alguém falar mal da cobertura da empresa. Usei durante muitos meses o plano Vivo On, mas quando a operadora começou a cobrar acessos a web a parte, eu parei. Hoje eu tenho o plano Vivo Sempre, onde pago R$ 0,05 por minuto de ligação outro Vivo ou R$ 0,05 por SMS pra qualquer operadora. Pra ter acesso a esse plano, paga-se uma única vez R$ 7,90 e precisa de uma recarga mínima de R$ 25,00 por mês. Desse valor, debita-se R$ 9,90 pra internet 3G, com 200MB de franquia a 1Mb e depois reduz pra míseros 32kbps.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
jun 27

Como usar internet 3G pré-paga nos Estados Unidos

1 Comentario »Postado por GordoGeek em 27/06/2012 às 19:27h

     Eu sei que alguns vão pensar “poxa, de novo esse alerta”, mas eu vou fazer em todos posts referentes a viagem pra evitar que nos comentários (como às vezes acontece) alguém venha me chamar de burro e dizer que o post foi uma porcaria, que não ajudou em nada, que eu quero me passar por sabichão e não sei nada, etc. Acreditem, por mais que eu faça os posts pra ajudar, ainda tenho que ler coisas desse tipo. Então, na tentativa de minimizar tais comentários, vou sempre colocá-los no início dos posts. Você, que já leu, pode começar sempre a ler do segundo parágrafo. Isso dito, lá vai: essa série de posts sobre a viagem que fiz são para compartilhar o pouco que sei e tais informações podem não ser as melhores alternativas pra você. Conto com os comentários dos leitores para me corrigirem e enriquecer o conteúdo.

     Todos os anos, quando vou para os Estados Unidos, eu faço um post sobre os planos de internet 3G disponíveis por lá. Infelizmente (ou felizmente) os planos mudam constantemente, então o post precisa ser atualizado. Como eu preciso fazer essa pesquisa antes da viagem pra saber o que vou contratar chegando lá, acabo compartilhando aqui no blog e sempre que alguém me diz que está indo pra lá, fica mais fácil simplesmente passar o link desse post, do que explicar as várias opções em 140 caracteres ou algo do gênero.

     Pra facilitar o seu trabalho, caso queira procurar as matérias antigas como referência, tomo a liberdade de listar aqui os outros posts que fiz sobre o assunto: Como usar internet 3G numa viagem aos EUA? (03/2010), “Dica: usando iPhone com AT&T nos EUA” (03/ 2010), “Como ter acesso a internet 3G nos Estados Unidos?” (03/2011) e “Internet móvel pré-paga por apenas USD 1.49/ dia” (04/2011). Alguns posts ainda são válidos pois explicam como alterar o APN das operadoras, por exemplo.

     Uma prática que notei estar virando praxe nos Estados Unidos é a operadora ofertar um plano de ligações, SMS e internet ilimitados por um preço atraente, porém eles limitam essa oferta ao uso de celular convencional (dumbphone). Se você quiser contratar o mesmo plano pra usar em seu smartphone, seja ele Android, iPhone, Windows Phone ou qualquer outro, eles cobram um extra no uso de dados. Evidentemente que quem tem um aparelho com mais recursos irá utilizar mais o tráfego de dados e pra não sairem no prejuízo, eles criaram essa regrinha. No entanto, acredito que, se você pegar o APN das operadoras e alterar no seu dispositivo, conseguirá utilizar numa boa (irei testar isso quando estiver viajando, no início do mês que vem).

     Se você tem um aparelho com chip da Claro, Tim ou Vivo e for usar o roaming internacional, recomendo que não repense isso. No pré-pago, a Claro não está disponibilizando tráfego de dados e cobra R$ 2,99 para originar ou receber chamadas, além de R$ 0,80 por SMS enviado (o recebimento é gratuito em todas as operadoras). A Vivo cobra R$ 2,99 o minuto, tanto recebido, como originado. Eles baixaram esse valor recentemente, pois era R$ 6,50 até esses dias. O SMS enviado custa R$ 1,18 o recebimento é gratuito. A Tim é a única operadora que está permitindo o tráfego de dados no pré-pago, comercializando 1MB por módicos R$ 33,00. O valor cobrado por ligação originada ou recebida é de R$ 4,49 por minuto e o SMS enviado é de R$ 1,50. Minha recomendação: se for fundamental você deixar seu número ativo lá fora, coloque-o num aparelho mais simples e não atenda chamada alguma. Se alguém te ligar, você retorna de volta usando um chip americano ou via Skype. As opções, veremos abaixo.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
jun 23

Acabou a mamata do VivoON: chegou a cobrança

29 Comentarios »Postado por GordoGeek em 23/06/2012 às 14:04h

     Já falei algumas vezes sobre o plano VivoON por aqui, onde o usuário faz uma recarga de R$ 25,00 por mês e recebe 450 minutos pra falar com outro Vivo, 450 minutos pra falar com outro VivoON, mais SMS ilimitados pra outro Vivo e acesso as redes sociais. Porém, o plano ficou anos sem cobrar pelo acesso a outros sites. Agora isso mudou e a Vivo anda cobrando R$ 4,00 por MB acessado, tornando o plano totalmente inviável.

     Há algumas semanas começamos a receber comentários de leitores dizendo que a Vivo havia cobrado pelo acesso a internet nesse plano, descontando no extrato como sendo Vivo ZAP. As cobranças são sempre bem altas, pois como é cobrado por MB, um acesso de 10MB acaba causando um débito de R$ 40,00 no saldo. No começo as cobranças eram esporádicas e apenas para alguns usuários. Agora, passaram a ser diárias e muito mais gente está reclamando.

     No mês passado a Vivo debitou R$ 15,00 do saldo da minha esposa. Ao entrar em contato, eles estornaram o valor. Esse mês aconteceu novamente e houveram duas cobranças num valor similar. Entrei em contato novamente e disseram que o valor está correto, pois houve acesso a internet. Detalhe: eles não tem ferramentas (assim o dizem) para demonstrar ao cliente que sites ele acessou e quanto consumiu de cada. Ou seja, podem cobrar o que quiserem, sem detalhar nada. Muitos leitores já disseram que recorreram a Anatel e, pra variar, nada foi feito. Assim, recomendo que quem usa esse plano, o abandone de imediato. O que era um plano bem competitivo, deixou de fazer frente a concorrência. Aliás, eu nunca achei que a não cobrança pelo acesso fora das redes sociais era falha de tarifação e sim uma prática comercial, pois Claro e Tim tem planos muito mais interessantes. Com essa cobrança, a Vivo dá um verdadeiro tiro no pé.

     Se você achar que compensa continuar pagando R$ 25,00 pra ter os outros benefícios, como minutos e SMS, faça as contas novamente. Pra ter acesso a internet “liberada”, você teria que contratar mais um plano de internet. O menor disponível é o de R$ 9,90 para 10MB. Depois disso, a velocidade cai para ridículos 32kbps, o que praticamente vai tornar seu acesso ao 3G inviável.

     Estou há algumas semanas usando o Tim Beta, que é uma variação do Tim Infinity Pré. No plano convencional, você paga R$ 0,25 por dia de uso do 3G (apenas quando usar) e tem uma cota bem pequena para navegar (10MB). Depois disso, a velocidade também é reduzida (50kbps). A vantagem do Beta não é na tarifação, tendo em vista que o valor é o mesmo, mas no benefício, pois a velocidade não é cortada se o uso não for abusivo (ficar baixando torrents por exemplo). Aqui eu costumo pegar velocidades acima de 1.2Mbps em vários horários, sendo que dá uma queda de 50% (600Kbps) em horários de pico. Como benefícios adicionais, cito o pacote de R$ 0,50 para envio de SMS ilimitado para qualquer operadora (cobrando apenas no dia que usar), bem como o custo de R$ 0,25 por chamada (ilimitada) para qualquer outro Tim, local ou DDD.

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
dez 29

Breve análise do Nexus S com ICS (Ice Cream Sandwich)

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 29/12/2011 às 17:09h

     Depois de destruir um iPhone 4 (chão e explosão), um Nexus One (apenas chão) e incapacitar o Galaxy S (na retirada do simCard, um pino quebrou), o único dispositivo Android que me sobrou foi excelente Galaxy Tab de 7” (a versão antiga, com TV e telefone). Porém, como não dá pra sair de casa pra uma caminhada com esse tijolo da Samsung no bolso, decidi que precisava de um outro smartphone Android.

     Já faz tempo que ando namorando um Galaxy SII e um Galaxy Note. Porém, como não tô com verba disponível pra gastar R$ 2.000,00 nesses aparelhos, decidi novamente comprar um aparelho usado. Acabei optando pelo Nexus S porque ele recebeu recentemente o update para o Android 4 (ICS/ Ice Cream Sandwich). Comecei a procurar no Mercado Livre e achei preços bem razoáveis, mas acabei comprando com um conhecido, que comprou um Galaxy Nexus, a versão mais atual do smartphone do Google.

     Minha primeira impressão ao tirar o aparelho da caixa foi: que bichinho mais bonitinho (está super conservado, apesar de usado). Logo que comecei a configurá-lo, achei que ele era bem rapidinho. Porém, conforme fui entupindo com as minhas coisas, notei uma certa lentidão. Como ele não foi feito pra rodar o ICS, talvez seja isso. Aliás, o Galaxy S tem especificações bem similares (1GHz de Clock, 512MB de RAM e 16GB de armazenamento) e a Samsung disse que não iria atualizar para o ICS justamente porque não ficaria bom. Na ocasião, todo mundo reclamou, até mesmo porque, o Nexus S recebeu o update. Começo a crer que isso não era apenas pretexto da Samsung para não atualizar o aparelho.

     Sobre o ICS, devo confessar que o sistema está muito bonito e bem acabado. Não lembra muita coisa o Android 2.X. Aliás, ele é bem mais parecido com o Honeycomb, o Android 3.X que roda nos tablets. O mais curioso é que eu detestei o Honeycomb, mas adorei o ICS. Coisas da cabeça do gordo. Vai entender… Dentre as coisas que gostei estão a interface em geral, muito mais polida e amigável, em especial a troca entre os aplicativos ativos, onde aparece uma barra de preview e o descarte de notificações antigas, com um simples arrastar.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Android
mai 25

     Eu me lembro como se fosse hoje das minhas férias na praia e o telefone tocando com alguma emergência. Juntava tudo e saia correndo atrás de uma lan-house. Na maioria das vezes, em uns 10 minutos na lan-house, estava tudo resolvido. Mas ae já era tarde e muitas vezes, sair da praia e ir até a cidade, demorava um tempo razoável e acabava com o clima. Ah, como eu queria ter internet móvel e resolver tudo ainda com o pé na areia…

     O tempo foi passando e mesmo sendo um absurdo (R$ 15,00 o MB), acabei fazendo um plano da Tim (GPRS) para usar internet no meu celular, compartilhando via bluetooth com meu PDA Palm LifeDrive. Minha vida começou a ficar mais fácil e flexível.

     Anos mais tarde, atualmente temos internet 3G pré-paga disponível a grande maioria dos consumidores. Pode não ser uma maravilha, com limites e oscilações, mas se fomos comparar ao que era há bem pouco tempo, vivemos numa era maravilhosa, onde as três principais empresas de telefonia no Brasil oferecem planos até R$ 15,00 mensais (praticamente de graça).

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
abr 11

Internet móvel pré-paga por apenas USD 1.49/ dia

1 Comentario »Postado por GordoGeek em 11/04/2011 às 23:25h

     É bastante comum as pessoas irem para os Estados Unidos e me perguntarem como fazer pra ficar conectado por lá. Geralmente recomendo a AT&T, que custa USD 50 e tem 1GB de quota durante 30 dias. Fiz um post bastante completo sobre isso, comparando várias operadoras, que você pode consultar clicando aqui.

     Hoje eu vou falar da T-Mobile, uma opção mais barata, especialmente pra quem for ficar poucos dias na gringa. O chip deles custa USD 10 e a internet custa USD 1.49 por dia, podendo ser ativada através do site. Infelizmente, assim como acontece na AT&T, se você usar iPhone terá que alterar as configurações do APN, caso contrário, não irá funcionar. Outra coisa chata é que só vai rolar EDGE (nada de 3G), apesar de terem relatos que é até razoável a velocidade.

TAG(s):
Categoria(s): Apple, Dicas
mar 01

VivoON: internet ilimitada no celular por R$ 25/ mês

7 Comentarios »Postado por GordoGeek em 01/03/2011 às 15:47h

     Em agosto do ano passado, fiz um post aqui no blog a respeito do serviço VivoON. Muitos me disseram que era um “erro provisório” da Vivo e que logo isso seria arrumado, pois em tese, a gratuidade do serviço era apenas para redes sociais e email. Porém, passados mais de 6 meses, o serviço ainda está dando acesso ilimitado a internet, sem redução de velocidade.

     Conforme eu comentei antes por aqui, eu vinha utilizando o serviço da Claro, pagando R$ 11,90 por mês. Porém, a velocidade na maior parte do tempo é horrível. Usar video-chamada via Skype é uma raridade, pois a velocidade quase sempre fica beirando os 50kbps.

     Uma coisa chata nesse plano da Claro é que você precisa esperar o pacote contratado expirar, para renová-lo, ou seja, você pode ficar sem internet por um período, o que é bem chato. Aproveitando que eu teria que renovar o meu pacote esse mês, conversei com o @MarcioRolim e ele me disse que vem usando o VivoON no modem 3G, sem problemas. Eu já tinha recebido várias outras mensagens similares assim via Twitter, mas como tava ‘me virando’ com a Claro e esse lance do VivoON é meio gambiarra, resolvi ficar com a Claro mesmo. Mas como a velocidade está de mau a pior e cada vez as pessoas me confirmam que está acessando tudo, sem descontar dos créditos, hoje eu reativei meu pacote na minha linha e na da minha esposa. Ambas já estão funcionando.

     Update 23/06/2012 14:10Hs => A Vivo começou a cobrar os acessos fora das redes sociais e emails. O valor cobrado são R$ 4,00 por MB, ou seja, totalmente inviável. Recomendo que leiam o post sobre isso.

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
nov 16

Mais um capítulo (bom) da novela CLARO

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 16/11/2009 às 12:50h

     Ontem eu fiz um post ENORME aqui no PontoGeek, relatando o meu dia a procura de um iPhone 3GS e do plano Claro Teste com 3G. Praticamente perdi o dia atrás disso e não achei nenhum iPhone 3GS pra comprar e meu plano 3G Claro se arrastava tanto, que pensei em cancelar na mesma hora. Porém, trago novidades dessa ‘novela’..

     Eu assinei o plano de 1Mb/s, no qual iria pagar R$ 119,90 por mês. Porém, como sou cliente VIVO, a CLARO, muito espertinha, dá um desconto de 20% durante um ano. Ou seja, meu plano de 1Mb/s vai me custar algo em torno de R$ 95,00. Porém, na hora que fiz as medições ontem, entre 20hs e 23hs, a velocidade não chegava a 50kb/s, ou seja, menos dos 10% que ela garante por contrato. Assim, se 10% de garantia já é uma coisa imoral, menos que isso então…

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Geral
preload preload preload