nov 26

Não compre na loja online da CompraFácil

4 Comentarios »Postado por GordoGeek em 26/11/2013 às 12:54h

     No final do mês passado eu tive um problema com a minha multifuncional Samsung no escritório. Ela ficava tentando puxar o papel, mas não conseguia e dava erro. Assim, mandei pra autorizada e fiquei praticamente 2 semanas pra receber um simples orçamento. Nesse intervalo, toda vez que precisava de impressora, tinha que recorrer a serviços de lan-house, ou seja, gravar num pendrive, andar uns 2km até o local e pedir pra imprimirem pra mim. Super prático, né? Assim, decidi comprar logo uma nova multifuncional, pois o transtorno de ficar sem uma no escritório, não compensa.

     Eu fiz a compra de um equipamento Xerox no site CompraFácil dia 02/11. Eles mandaram email no dia 07/11, me avisando que já estava na transportadora e iriam me entregar até o dia 14/11. Ou seja, só nisso, você já nota que o prazo é extremamente elástico. Nesse intervalo acabei pagando pra arrumar minha antiga Samsung, pois ficar todo esse tempo sem o equipamento aqui era impossível. Aliás, já tinha até aproveitado pra comprar 4 toners da impressora Xerox em outra loja e, mesmo o frete sendo PAC, chegou em 5 dias. Até hoje, nada de impressora.

     Essa seria só mais uma das minha várias histórias de problemas com fornecedores, senão fosse a CompraFácil, empresa do grupo Hermes que está sob recuperação judicial e luta pra não falir. Ou seja, mesmo eu já tendo feito diversos contatos diretamente com eles, com a transportadora, com o ReclameAqui, Procon e afins, nada indica que eu consiga reaver o valor pago. E, na mesma situação que eu, estão centenas de pessoas, pelo que consegui apurar através do próprio site ReclameAqui e em outros fóruns e sites de reclamações.

     Como essa semana acontece a BlackFriday e não duvido nada que a empresa vá fazer inúmeras “excelente promoções”, fica o alerta pra você e também para seus amigos, pois considero de extrema importância divulgar o ocorrido, para que ninguém mais tenha dores de cabeça desse tipo com a empresa.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Geral
mai 27

O atendimento das lojas B2W melhorou?

1 Comentario »Postado por GordoGeek em 27/05/2013 às 11:44h

     Nos anos seguintes ao surgimento do Submarino, a empresa manteve um atendimento muito bom. Pra quem morava no interior, como eu, era maravilhoso poder comprar livros, CDs, DVDs, etc. e receber rapidamente sem sair de casa. Por aqui, tudo demorava uma barbaridade pra chegar no varejo local. Isso quando chegava… Ah, e não vamos esquecer dos preços, que eram bem mais altos.

     Poucos anos depois, provavelmente porque os investidores estavam cansados de só colocar dinheiro e não ter retorno, a qualidade do serviço desabou. Piorou ainda mais quando o grupo B2W saiu comprando todas as empresas de comércio eletrônico conhecidas, como Submarino, Americanas, Shoptime, etc. Chegou a ficar tão ruim que o Procon e outros órgãos de proteção ao consumidor começaram a colocar sanções nas empresas, como multas, proibição de vendas, etc.

     Parece que as pressões do mercado e desses órgãos de proteção surtiram efeito e senti uma melhora significativa no atendimento das empresas do grupo B2W. Nos últimos 6 meses eu comprei na Americanas e Submarino quase todo mês. A entrega, até então talvez a reclamação número 1, foi normalizada e agora costuma chegar pra mim em 3 dias. O atendimento, antes precário, agora está mais atencioso, especialmente quando acionado via ReclameAqui, onde uma pessoa te liga e cuida do seu problema até ele ser resolvido, sem ficar mudando de atendente a cada nova interação.

     Eu comentei sobre isso no Twitter na semana passada e, obviamente, li gente que disse que realmente melhorou, outras testemunhando que nunca tiveram problema e outras dizendo que sempre tem problema. Como eu sempre reclamo e corro atrás dos meus direitos, achei justo fazer esse post pra elogiar, quando é o caso. Espero que continue assim. E pra você? Melhorou?

TAG(s):
Categoria(s): Geral
fev 17

Neon Eletro: é golpe ou é promoção de verdade?

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 17/02/2013 às 17:50h

     No começo do mês eu escrevi um artigo aqui no blog com o título “Fuja de iPhone 5 a R$ 999,00: isso não existe!”, onde eu comentei sobre um problema, mas não dei nome aos bois, até mesmo porque, esse tipo de coisa não acontece apenas com o site A, B ou C. Recebo diariamente dezenas de “ofertas” similares, seja via email, Twitter, TV, etc. e seria impossível falar sobre todos os casos.

     Alguns dias depois escrevi outro artigo de título “Como comprar iPhone 5 a USD 199 na Apple Store” para responder a dúvida de um leitor que estava indo pros Estados Unidos e queria saber como comprar iPhone nesse valor. Em resumo, a pessoa só conseguirá pagar esse valor num iPhone 5 se for residente nos Estados Unidos, tiver Social Security e fizer um plano com fidelidade de 2 anos (24 meses) com uma operadora (AT&T, Verizon ou Sprint), pagando além dos USD 199 do aparelho, uma conta mensal de aproximadamente USD 70. Fora isso, desbloqueado e sem contrato, o produto é vendido por USD 649 (o que dá em torno de R$ 1.300,00 atualmente).

     Boa parte dos artigos que escrevo no blog são para responder a dúvidas muito frequentes que me chegam através de comentários, emails, Twitter, etc. Como já expliquei anteriormente, ao invés de ficar respondendo caso a caso, o que demandaria um tempo enorme (o qual eu não tenho), é muito mais fácil e lógico eu escrever tudo no blog, uma única vez e depois só mandar o link pra pessoa que perguntou. Além de ser útil pra quem estava com a dúvida, ainda fica disponível pra quem der uma pesquisada no Google.

     Quem me acompanha há algum tempo, seja via blog ou redes sociais, já deve ter percebido que, mesmo tomando algumas medidas pra não cair em roubadas, como faço muitas compras, vez ou outra acontece algum problema. É natural e, segundo as estatísticas, quem compra mais, tem mais chances de ter problemas. Porém, diferente da maioria dos brasileiros, eu não me contento a “xingar muito no Twitter” e, além disso, deixo um rastro via Reclame Aqui, Procon, Juizado Especial Civil, etc. Em resumo, vou atrás dos meus direitos, coisa que pouca gente faz e acaba estimulando malandros a aplicarem golpes.

     Falando especificamente desse site Neon Eletro, eu particularmente não o conhecia. Também pudera, ele é relativamente recente e, conforme pude ver no registro.br (tela capturada aqui) há pouco mais de 6 meses, sendo vinculado ao CNPJ 10.310.483/0001-84. Porém, eles estão com uma campanha massiva na mídia e se tornaram muito conhecidos em pouco tempo. Não é raro entrar em grandes portais como o UOL e ver o banner da empresa anunciando iPhone a R$ 999,00. Também é quase impossível ligar a TV no SBT e não ver apresentadores como Raul Gil e Eliana falando da empresa.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
jul 26

Cara, cadê o meu Lion? Cadê o meu iPad?

11 Comentarios »Postado por GordoGeek em 26/07/2011 às 22:57h

     Apesar de já estar usando o Lion desde a época que ele era beta, ainda assim fiquei ansioso pelo seu lançamento oficial, especialmente pra não ter ninguém dizendo “mas é beta” quando eu comento de algum erro. Quando as pessoas me dizem isso, dá vontade de inflar meu pulmão com o máximo de ar possível e mandar um sonoro “vai tomar no olho do cu”.

     Pois bem, depois de meses sofrendo com alguns errinhos no Lion, quando ele foi finalmente anunciado, comentei no Twitter que iria comprá-lo, mesmo tendo direito ao update gratuito, pois comprei o iMac dentro do prazo garantido pela Apple pra isso. Eu queria ter acesso logo a versão final do sistema e como o preço é pra lá de convidativo (meros USD 30), dando direito a instalar em vários Macs, estava disposto a assumir esse custo. Porém, como muitos me falaram pra preencher rapidamente um formulário no site da Apple, lá fui eu.

     Na minha modesta visão, a Apple já começou errado ae. Horas, se ela quer uma adoção rápida do sistema, porque não enviar logo um email aos usuários, já que ela tem todos os nossos dados, bem como das nossas compras e sabe se nossos computadores tem direito ao update gratuito. Mas tudo bem, fui lá no site, preenchi o cadastro, ele em nenhum momento mostrou as minhas compras ou facilitou minha vida. Eu tive que pegar o número serial e colocá-lo manualmente. Pior: tive que tirar uma cópia da nota fiscal! Desculpa ser chato, mas isso é um procedimento burro. Muito burro!

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Apple
jul 04

A Apple Store está aprendendo com os erros do passado?

6 Comentarios »Postado por GordoGeek em 04/07/2011 às 12:56h

     No dia 22 de maio eu fiz um post aqui dizendo que estava desistindo de comprar na Apple Store Brasil. Estava muito descontente com os procedimentos da empresa e cheguei a reportar o caso para um contato que tenho lá dentro. Pelo visto, algumas coisas mudaram.

     Como eu precisava trocar de máquina e já vinha adiando a decisão por semanas, o que estava causando perda de produtividade, resolvi tentar novamente na Apple Store Brasil. Não comprei em FNAC, Fast Shop ou afins pois, como moro no interior, não tem como eu ir até uma loja local e sair com o produto debaixo do braço. Depois de duas idas a Ribeirão Preto (mais de 100Km daqui) e não achar o produto a pronta-entrega, resolvi voltar a tentar na loja online da maçã.

     Se você está com pressa, a dica é não alterar absolutamente nada na configuração da máquina. Eu, por exemplo, queria trocar o Magic Mouse pelo Magic Trackpad. Ao fazer isso, o prazo de saída do estoque, que é de 5 a 7 dias úteis, passa pra 2 a 3 semanas! Eu já uso o Lion no MacBook Pro tem algumas semanas e os gestos multitoques já fazem parte da minha rotina. Porém, a posição dele, facilita isso. No caso do iMac, onde o Trackpad ficaria em outra posição, acho que não seria uma coisa intuitiva. Pelo menos agora, não me vejo utilizando esse acessório. Idem ao Magic Mouse, pois trouxe um dos Estados Unidos já tem mais de um ano e não me adaptei com a horrível ergonomia. Tá na gaveta.

     Voltando ao pedido do iMac em si, uma coisa que me deixou chateado no último pedido, que motivou o post anterior, foi o fato da empresa lançar o valor no cartão e só depois me pedir documentos pra confirmar. Oras, se era pra confirmar, por que não pedir os documentos antes e, uma vez aprovado, lançar no cartão? Dessa vez, eles também cobraram o valor do produto ao término do pedido (vejo na fatura online do cartão), mas não me pediram os tais documentos.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Apple
abr 12

Entregas do DealExtreme estão normalizadas

4 Comentarios »Postado por GordoGeek em 12/04/2011 às 20:52h

     Quem é leitor assíduo do blog sabe que, pelo menos uma vez por mês, eu faço um pedido de “tranqueiras tecnológicas” no DealExtreme. Porém, esse ano eu ainda não tinha recebido nada, inclusive pedidos feitos em dezembro, o que me assustou um pouco, ainda mais quando li algumas reclamações sobre possíveis problemas na entrega de compras feitas lá fora, como comentei aqui no blog.

     Vários leitores na ocasião comentaram que tinham feito pedidos em janeiro e recebido logo em fevereiro. Outros disseram que receberam ainda em janeiro. No Twitter foi a mesma coisa, bastante gente me disse que tinha feito pedido e recebido dentro do prazo normal, de cerca de 45 dias corridos. Alguns pedidos podem demorar mais (ou menos), dependendo dos produtos que o compõe, mas acabam chegando.

     Para a minha felicidade, hoje eu recebi meus pedidos pendentes e chegaram todos de uma só vez, mesmo tendo sido feito em datas bem diferentes (dezembro, janeiro e fevereiro). O motivo disso? Só Deus sabe… Alguns dizem que comprar no final de ano no DealExtreme é isso mesmo e costuma demorar além do normal por causa do alto volume de vendas.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Geral
preload preload preload