fev 19

Dá pra confiar no sistema de bilhetagem da Vivo?

1 Comentario »Postado por GordoGeek em 19/02/2013 às 13:44h

     Já tem vários meses que reclamo na Vivo sobre o sistema deles ter algum tipo de falha na bilhetagem. Cheguei a ficar quase 1 hora na linha com uma atendente, pedindo pra ele olhar o extrato, linha a linha e ver que era claro o erro. Como vocês sabem, emprego em callcenter é o auge da carreira de qualquer ser humano bem qualificado, né?

     Brincadeiras e ironias mordazes a parte, quando a Anatel engrossou o papo com as operadoras no ano passado, inclusive proibindo a venda de chips por vários dias, um dos maiores problemas era justamente a cobrança indevida. O Código de Defesa do Consumidor (CDC) é claro ao dizer que toda cobrança indevida deve ser punida com a devolução em dobro, justamente para não estimular que empresas usem da má fé pra obter rendimentos extras. O problema é que, quase todo mundo confia cegamente nos sistemas das operadoras (mesmo não tendo motivos pra isso) e não confere a conta.

     Como não é de hoje que eu sei que a Vivo me cobra errado, eu simplesmente assumi meu TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo) e passei a fazer, diariamente, um controle rigoroso do saldo, entrando no site da operadora, pegando o saldo e colocando numa planilha. Uma vez por semana, eu ainda tiro uma captura de tela do sistema e imprimo, como prova que naquele dia o saldo era o que apontava na tela. Isso porque, quando dá algum erro, por mais que você tente argumentar com os atendentes da Vivo, você está sempre errado.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
preload preload preload