jan 16

Americanas/ B2W vendendo cabo Lightning pirata

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 16/01/2014 às 07:49h

     Já tem anos que recorro ao site chinês DealExtreme para comprar acessórios para smartphones e tablets. Já comprei inúmeras capas, carregadores, cabos e afins. Porém, as minhas últimas compras de cabos e carregadores não foram muito úteis, principalmente depois que a Apple implementou um recurso para detectar cabos piratas (não autorizados).

     Uma vez que comprar tais acessórios na DX seria jogar dinheiro fora, optei então em comprar na Americanas, uma loja virtual do maior grupo do varejo eletrônico do país, a B2W. O valor de etiqueta do cabo era de quase R$ 80,00, mas estava em promoção no saldão por 50%. Comprei dois, sendo um pro meu iPad e outro pro da esposa.

     Conforme dá pra ver no vídeo acima, logo que se conecta o cabo no iPad, ele dá uma mensagem, dizendo que o acessório não é compatível. Que não era da Apple, evidentemente eu já sabia. Porém, a empresa licencia a tecnologia para diversos fabricantes fazerem cabos compatíveis. O anúncio (e a caixa do produto) eram claros, dizendo que eram compatíveis. Ou seja, propaganda enganosa da brava!

TAG(s):
Categoria(s): Apple
jan 28

Cuidado com comprador da Nigéria no Mercado Livre

8 Comentarios »Postado por GordoGeek em 28/01/2013 às 09:12h

     Eu sempre tive muitos problemas com o Mercado Livre, mas eram coisas que me davam raiva, mas não a ponto de desistir de usar os serviços deles. Até que no final do ano passado eles fizeram a maior cagada de todas e ae decidi abrir contas em sites similares, como OLX, Toda Oferta, Bom Negócio, etc. Infelizmente, conforme eu já imaginava, o número de visitantes é muito menor e, consequentemente, as vendas idem. E é por isso que, mesmo muita gente sabendo que ali não é o lugar ideal, ainda permanecem negociando naquele ambiente muito exposto.

     Como o número de visitantes é menor, achei que o número de tentativas de fraudes também seria. Mas eu estava enganado. Muitas das coisas que acontecem no Mercado Livre, também acontecem nesses outros sites. Entre elas, a que é motivo do post de hoje: vendedores da Nigéria.

     Não vou citar nomes, mas parece que o golpe é sempre aplicado pela mesma pessoa ou pelo menos que se identifica como a mesma pessoa. Geralmente eles procuram anunciantes novos, sem experiência e malícia. Isso é fácil de observar, porque fica bem visível quando o vendedor é novo e não tem qualificações. Ae, eles começam a tentar de tudo pra fechar o negócio “fora do sistema”, através de email. Algumas pessoas acabam caindo na tentação, pra não pagar comissão da venda e ae que estão lascadas.

     Assim como acontece em golpes nacionais, o comprador sempre tem urgência. Geralmente inventam que estão viajando e estão comprando o ítem de presente pro filho, que faz aniversário nos próximos dias. Alguns dizem que farão o pagamento no mesmo dia, com certeza na intenção de colocar um envelope vazio no caixa eletrônico. Quando o vendedor vê o saldo, aparece o dinheiro lá depositado (mas bloqueado). Muitos não se dão conta que ele ainda precisa ser conferido e enviam o produto. Quando descobrem que o problema no pagamento, já é tarde demais.

     Evidentemente que nem todos os comprados da Nigéria são bandidos. Alguns podem ter boas intenções e, sabe-se lá Deus porque, querem comprar um iPad brasileiro do que um da Europa. O fato é que você precisa ficar muito atento quando vai negociar seus produtos online. Eu tenho relatos de casos até mesmo envolvendo ferramentas de pagamentos supostamente seguras, como Mercado Pago e Pagseguro.

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
preload preload preload