ago 26

Misfit Bolt: review da lâmpada bluetooth inteligente

1 Comentario »Postado por GordoGeek em 26/08/2015 às 01:34h

     Pra quem é geek e gosta de ter um monte de coisas tecnológicas integradas a casa, as lâmpadas inteligentes são um recurso de saltar aos olhos. Você consegue acender, apagar, controlar a intensidade, programá-las por horário e, em alguns casos, até mudar de cor. Ah, algumas, integradas ao app do celular, ainda permitem ficar trocando de cor conforme a música que se está ouvindo. Muito legal!

     Talvez as lâmpadas inteligentes mais famosas que você já deve ter ouvido são as Philips Hue. No Brasil, o kit com HUB e três lâmpadas sai por R$ 1.249. Cada lâmpada extra sai por R$ 229. Aqui nos Estados Unidos, o kit sai por USD 199 e cada lâmpada por USD 20.

     Existem vários produtos para automação, que podem utilizar vários tipos de protocolos. Um dos mais comuns é o ZigBee. Nesse caso, você irá precisar de um equipamento que será o roteador dos dispositivos que você deseja conectar. Assim, paga-se um pouco mais no kit inicial, pois inclui o HUB, mas os demais acessórios saem mais em conta, pois a tecnologia mais cara está embarcada no roteador. Por outro lado, existe também os dispositivos que não exigem HUBs e, por isso, eles são mais complexos (e mais caros).

     Como eu não achei nenhum HUB na Bestbuy, eu acabei comprando a lâmpada Bolt da Misfit. Ela trabalha usando o protocolo bluetooth, muito comum em tablets e smartphones. Dessa forma, ela independente de um HUB. Porém, o lado negativo: cada lâmpada custa USD 50 e não USD 20, como as mais em conta, que trabalham conectadas a um HUB ZigBee.

     Num primeiro momento, eu achei que não precisar de HUB fosse uma coisa boa. Porém, se você pretende colocar várias lâmpadas, a solução fica bem mais salgada. Na Amazon, por exemplo, você compra um kit com HUB e duas lâmpadas por menos de USD 50. Ou seja, numa solução de pequeno porte, pra um apartamento, algo usando apenas 15 lâmpadas, sairia USD 750 com lâmpadas independentes ou USD 350 com HUB, sendo USD 50 do kit inicial e mais USD 300 (15 x USD 20) das demais lâmpadas. Ou seja, menos da metade! E quanto maior a solução, menor o custo.

     Introduzido o assunto, vamos falar do produto que eu realmente comprei e gravei o vídeo vinculado a post. A Misfit é bem conhecida pelas suas soluções de wereables, como suas pulseiras baratas. Eu não sabia que eles tinham soluções de automação até ver essa lâmpada na Bestbuy.

     A configuração e uso da lâmpada no iPhone foi bem simples. Tudo funcionou conforme o esperado. Mas no Android… Ah, o Android… Muitas vezes ele perdia a conexão bluetooth, mesmo próximo da lâmpada. Ae ele não controlava direito a intensidade da luz, a mudança de cor, etc. Mas no iPhone, como já dito, tudo funcionou adequadamente.

     Como eu não conhecia os benefícios de se usar um HUB, acabei comprando essa solução que me pareceu mais simples. Ao começar a pesar custo x benefício, vi que não valia a pena e acabei comprando um kit compatível com a WeMo na Amazon. Deve chegar nos próximos dois dias. Assim, vou acabar dando outro “return” na Bestbuy e pegar o dinheiro de volta.

TAG(s):
Categoria(s): Gadgets
out 26

Kickstarter: lâmpada colorida de LED com bluetooth

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 26/10/2013 às 02:41h

     Se você é geek, provavelmente já pensou em comprar alguma dessas soluções de automação pra sua casa. Isso não é nenhuma novidade e já está disponível no mercado há alguns anos. Inclusive, alguns nomões como a Philips tem soluções para esse segmento, como a lâmpada inteligente Hue. Infelizmente, esse tipo de solução não é muito acessível, ainda mais pra quem sonha em USD e ganha em R$.

     Um dos projetos bacanas que vi recentemente no Kickstart é o Ilumi do vídeo ae em cima. Eles tem dois tipos de lâmpadas, com potências e tamanhos diferentes, mas basicamente com os mesmos recursos. Elas se conectam via bluetooth, podem ser controladas pelo smartphone, permitem configurar a intensidade e a cor, numa combinação de mais de um milhão de possibilidades. Além disso, podem mudar de cor de acordo com a música e tem sensores de movimento, que permitem que elas acendam conforme detectam sua presença e depois apaguem, quando você vai pra outro cômodo. Pra fechar, ainda aceitam uma programação por horário, então dá pra você deixar configurado pra acender quando anoitecer e apagar ao amanhecer. E claro, quando for viajar, também pode programar pra acender esporadicamente durante a noite, simulando a presença de pessoas na casa.

     O modelo mais barato custa USD 69 durante a campanha e será vendida a USD 89 quando chegar ao mercado. O modelo maior custa USD 79 e depois subirá para USD 99. Eu sei que não é barato, mas se você pensar na quantidade de recursos e que, por ser LED, a durabilidade dela será de muitos anos, a vontade bate forte. Eu sinceramente espero que, como o passar do tempo, soluções assim se popularizem e fiquem bem acessíveis. Aliás, o projeto almejava USD 25,000 e já está chegando em USD 100,000.

TAG(s):
Categoria(s): Kickstarter
preload preload preload