dez 04

Muito cuidado ao comprar pagando o boleto de alguém

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 04/12/2013 às 12:18h

     É prática muito comum na internet o pessoal sair “boletando” produtos em promoções na internet. Pra quem ainda não conhece o termo, significa você ficar sabendo de algo com preço muito bacana e correr pra fazer o pedido, garantido o produto naquelas condições, mesmo sem saber se realmente vai querer o que lhe foi ofertado. Mas por que fazer isso e não usar cartão ou débito em conta?

     Quando você paga algo com cartão de crédito ou débito em conta, a empresa vai faturar isso quase que imediatamente. Se você pensar um pouco mais, ver que só comprou porque tava barato, mas não quer realmente o produto, poderá exigir que a empresa cancele a compra, já que o Código de Defesa do Consumidor (CDC) no seu artigo 49 lhe dá o direito de arrependimento. Porém, pra empresa processar essa devolução, pode demorar tanto que você vai ficar sem essa grana por quase 2 meses.

     No caso de fechar o pedido e optar por pagamento em boleto, você não vai pagar nada de imediato, como ocorre no cartão de crédito e débito. E, como geralmente, os boletos tem um prazo de uns 5 dias, dá pra você pensar com calma e ver se realmente quer o produto em questão. Dá até pra tentar usar esse tempo pra vender o produto pra alguém, tendo algum lucro em cima.

     Isso tudo devidamente explicado, costuma acontecer das pessoas “passarem o boleto pra outras”, ou seja, eu fiz uma compra, em meu nome, com meu endereço e gerei um boleto. Contudo, eu desisti de comprar e resolvi passar pra alguém, seja ganhando algo em cima ou não. Ae eu te mando o meu boleto pra você pagar. Caso você tenha confiança em mim, não existe problema algum nisso. O problema é que as pessoas fazem esse tipo de transação com quem nunca ouviram falar antes. E, quando a loja detectar o pagamento do boleto e autorizar o envio, o produto será enviado para o endereço do pedido (meu) e não o seu (que pagou o boleto). Qual a garantia que você tem que eu vou mesmo te enviar o produto?

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
mar 09

Eu sou muito estúpido, por isso uso o Mercado Livre

20 Comentarios »Postado por GordoGeek em 09/03/2012 às 17:18h

     Em agosto passado eu escrevi aqui no blog um post sobre alguns problemas que estava tendo com o Mercado Livre. Como eu sou muito estúpido, eu continuei a usar os serviços e, novamente, tive problemas.

     Morar no interior tem inúmeras vantagens, como poder cruzar a cidade em 5 minutos, sem trânsito e sem stress. Porém, quando o assunto é tecnologia, o negócio complica. Ter uma conexão de internet rápida e confiável é praticamente impossível, pois o monopólio da Telefonica não tem interesse em ofertar aqui os planos que ela tem onde outras Telecom a obrigam a competir de verdade. A mesma coisa acontece na hora de comprar muitas coisas. Ae, só recorrendo a internet mesmo.

     Só no ano passado eu fiz quase 100 compras usando o Mercado Livre! Ao contrário do que muita gente faz, pra tentar não pagar comissão, eu nunca passo dados pessoais no espaço reservado a perguntas, pois prefiro pagar mais e ter mais segurança. Uso sempre o Mercado Pago, que supostamente dá mais garantia a transação, mesmo sabendo que nem sempre funciona. Também sou um daqueles “chatos” que quando vê algo errado, como um produto falsificado ou o vendedor anunciando um preço e cobrando outro, perde seu tempo denunciando, mesmo sabendo que muitas vezes essa informação vai pro lixo do Mercado Livre e ninguém apura nada.

     No final de fevereiro eu comprei 10 cabos HDMI e alguns dias depois recebi uma caixinha minúscula pelos Correios. Nessa caixa, mal caberia um livro, que dirá, 10 cabos HDMI. Como eu fiquei com suspeita que algo estava errado, peguei o iPhone e gravei a abertura da mesma. Dito e feito: veio apenas um único cabo. Eu subi o vídeo no Youtube, usando a opção não listada, já que no vídeo aparece meu endereço residencial e abri uma reclamação no Mercado Livre, explicando o caso e anexando o vídeo. O que eles fizeram? Como sempre, nada.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Geral
ago 19

Mercado Livre: um lugar seguro (para os bandidos)

1 Comentario »Postado por GordoGeek em 19/08/2011 às 14:44h

     Já tem alguns anos que compro produtos pelo Mercado Livre e, seguindo algumas regrinhas básicas, “não tinha como dar errado”. Porém, de alguns meses pra cá, alguém lá dentro deve ter simplesmente “ligado o foda-se” e decidido que o cliente deles não tem a menor importância. Quem traz os lucros são os vendedores, então eles tem sempre razão, mesmo quando eles estão lesando os clientes.

     Nessa altura, muitos vão dizer: “mas você precisa saber comprar”. Bom, o que é saber comprar? Se é escolher o vendedor muito bem, verificando há quanto tempo ele faz negócio ali, se ele tem uma boa reputação e se os comentários negativos são respondidos de forma educada, eu faço isso. E mais, sempre uso o sistema de pagamentos do próprio Mercado Livre (Mercado Pago), onde, em tese, o vendedor só vai receber o dinheiro quando você autorizar, certificando-se que receberá o produto que comprou em perfeito estado. Infelizmente, isso não tem garantido boas compras.

     No mês passado eu comprei um DVR Stand Alone, conforme relatei aqui nesse outro post. Eu tentei de tudo por aqui. Perdi vários dias fazendo os mais variados testes. Entrei em contato inúmeras vezes com o vendedor e ele tirava o .. da reta. Eu sempre informava o Mercado Livre de tudo que eu estava fazendo na tentativa de solucionar o problema. Eu não queria devolver o produto. Queria só colocá-lo para rodar da forma que ele é anunciado. Quando não tinha mais o que fazer, fiz o que eles me pediram e mandei o produto de volta. Porém, para a minha enorme surpresa, depois do produto já enviado, os caras do Mercado Livre fecharam a reclamação em favor do vendedor, liberando o dinheiro e fechando o canal de comunicação que eu tinha com eles. Telefone? Esquece, não existe. Email? Quando você manda algo pra lá, volta com erro. O único caminho de contato são os formulários. O Mercado Livre simplesmente me disse pra eu me virar com o vendedor. Bom, agora que ele estava de posse do dinheiro liberado e do produto, ficou bom pra mim, né? #NOT

     Na semana passada, com receio de tantos HDs dando problema, resolvi comprar um gravador de blu-ray, gravando meus backups em mídias de 25GB. Já perdi informações importantes em mídias ruins e não queria passar por isso de novo. Mas como atualmente só uso Mac e sei que, nativamente, o Mac não suporta blu-ray, fiz uma enorme pesquisa antes da compra. Perguntei pra vários vendedores e os que não podiam me garantir que com certeza funcionaria, eu descartei. Quando eu finalmente encontrei um que me garantiu que iria funcionar, comprei e paguei via Mercado Pago, como de costume. Comprei também mídias graváveis e regraváveis.

     Essa semana chegaram o gravador e as mídias. Ao instalar no iMac, ele foi reconhecido. Já me deu um alívio. Coloquei uma mídia regravável, mandei formatar e boa. O problema acontecia quando eu mandava gravar. Ele dava um erro doido e parava. Na tentativa de evitar que o Mercado Livre liberasse a grana pro vendedor e esse tirasse o .. da reta, abri uma reclamação. Porém, algumas horas depois, eis que chega um email do Mercado Livre, dizendo algo similar ao meu caso anterior com eles: “o produto chegou? então não tem o que possamos fazer e estamos liberando o dinheiro.”. Ou seja, se você paga mais caro pra usar o Mercado Pago, em tese, algo mais seguro que as formas tradicionais de pagamento, você está jogando dinheiro fora, pois quando dá problema, a empresa diz que você precisa se virar com o vendedor e se isenta de qualquer responsabilidade. É como você contratar um seguro e quando o seu carro for roubado, a seguradora dizer que não tem nada a ver com isso, que você precisa ver com o bandido.

     Muita gente me pergunta se é seguro comprar no Mercado Livre e infelizmente, depois de muito tomar na cabeça, não tem como eu recomendar uma empresa que não tem telefone e email de contato. Tudo é feito na base dos formulários e muita paciência.

TAG(s):
Categoria(s): Geral
ago 03

Mercado Livre: dá pra confiar?

35 Comentarios »Postado por GordoGeek em 03/08/2009 às 16:45h

     Acredito que a enorme maioria dos Geeks conhece o site Mercado Livre, o nosso eBay depois da gripe suína. Muitos não confiam e quando ouvem “Mercado Livre” já imaginam problemas e dores de cabeça. Na falta de opção melhor, fica a pergunta: dá pra confiar?

     Apesar de conhecer inúmeros casos de pessoas que já passaram muita raiva com esse site, sempre tomo alguns cuidados ao fazer negócios por lá, na tentativa de não passar por dissabores, como ver a reputação do vendedor, por exemplo, observando o tempo de cadastro, percentual de qualificações positivas, como se dirige aos possíveis compradores nas repostas a perguntas, etc. Uma vez que o vendedor passou pelo primeiro crivo, opto então em comprar SEMPRE via Mercado Pago, uma modalidade onde você envia o dinheiro ao Mercado Livre, o vendedor envia o produto e se estiver tudo certo, você libera o pagamento ao vendedor.

     O Mercado Livre sempre diz que não tem qualquer responsabilidade sobre as transações e mesmo recebendo percentual sobre as vendas, taxas de anúncios e outros, sempre que dá algum problema, você precisa se virar. Ao tentar entrar em contato com a empresa, seja via telefone ou email, o que acontece é exatamente o que esse vídeo relata, ou seja, você fica as escuras.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
preload preload preload