jun 29

     Tá querendo comprar um relógio inteligente da Samsung, mas ainda não se definiu pelo Gear 2 ou Gear Fit? Vou mostrar, numa série de 3 posts, um pouco sobre esses smartwatches disponíveis no mercado brasileiro, com pagamento em R$, nota fiscal e garantia. O primeiro vídeo da série você acompanha abaixo:

     Nesse primeiro de 3 vídeos eu dou um panorama geral sobre a “wearable computing” (computação vestível), comento sobre a Nike Fuelband, o Motorola Moto ACTV e dou dicas importantes sobre os Gear 2 e Gear Fit, já que muita gente não sabe sequer que eles não são compatíveis com qualquer aparelho, como iPhone e Android de outros fabricantes, que não a Samsung.

TAG(s):
Categoria(s): Android
jul 22

Primeiras impressões: relógio Nike+ SportWatch

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 22/07/2012 às 11:59h

     Já falamos bastante aqui no blog a respeito do Motorola MotoACTV, um relógio inteligente que além de monitorar os exercícios, ainda sincroniza com aparelhos Android para baixar atualizações de Twitter, Facebook, etc. Cheguei a testar um relógio inteligente da Sony também, mas era tão ruim, que nem tive motivação pra escrever sobre ele. E o Nike+ SportWatch? Será que se destaca nesse mercado?

     Apesar de ter comprado meu Motorola MotoACTV no Brasil, não recebi nota fiscal dele. Assim, não o levei para os Estados Unidos. Lá eu fiquei boa parte da viagem sem relógio e faltando uns 3 dias para volta, fui até um Bestbuy comprar um microfone e acabei comprando também o Nike+ SportWatch por USD 169.99, além de um Nike Sensor (aquele que vai no tênis) por USD 19.

     Apesar de mais leve, discreto e bonito que o MotoACTV, eu não gostei do relógio da Nike e acabei vendendo-o com pouquíssimo tempo de uso. Eu ainda acho que o modelo da Motorola, apesar de custar um pouco mais, é muito mais completo. No caso do SportWatch, além do GPS integrado, ele também sincroniza com o sensor do tênis e com um frequêncímetro, pra monitorar os batimentos cardíacos. Porém, das várias cintas que eu tenho, nenhuma foi identificada como compatível. Ou seja, eu teria que comprar outra, sendo que estou muito satisfeito com meu MotoACTV. Deixei pra lá…

     Uma vantagem que eu vi no SportWatch é a duração da bateria. Se usado apenas como relógio, ela chega a uma semana ou mais. Já no monitoramento diário de uma atividade de uma hora, aguenta uns 3 a 4 dias. É bem mais que o relógio da Motorola, mas não foi motivo suficiente para me conquistar. Afinal, já estou acostumado a recarregar o telefone todo dia e posso viver fazendo o mesmo com o MotoACTV.

TAG(s):
Categoria(s): Viagem
mai 19

Primeiras impressões: Nike+ Fuelband

1 Comentario »Postado por GordoGeek em 19/05/2012 às 10:33h

     Um dos gadgets mais comentados do momento é o Nike+ Fuelband, um verdadeiro hype. Os leitores do blog e seguidores do Twitter me pedem há semanas pra resenhá-lo e finalmente chegou até minhas mãos gordas o produto que eu havia comprado. Ele foi lançado no começo desse ano e rapidamente sumiu das prateleiras. Há cerca de 10 dias os estoques foram normalizando e consegui comprá-lo no site da Nike. Detalhe que muita gente pergunta: eles não entregam no Brasil. Foi um amigo quem me trouxe.

     Primeiramente, o que na verdade é o Nike+ Fuelband? Pra que ele serve? Em resumo, ele é um relógio com função de pedômetro e sincronia pra sua conta Nike. Ele não tem GPS, reprodutor de mídia digital ou monitor cardíaco. Se você estiver procurando algo mais incrementado, esse não é o produto ideal. Recomendo que você dê uma lida nesse outro post sobre o Motorola ACTV, pois ele tem tudo isso. Inclusive, no próprio site da Nike, ela tem um gráfico comparativo bem interessante dos produtos destinados a fitness, como o iPod Nano e o Nike+ SportWatch GPS.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Apple
mai 16

Motorola MotoACTV: vale a pena comprar?

3 Comentarios »Postado por GordoGeek em 16/05/2012 às 11:01h

     Como já explicando anteriormente, temos um acordo com a GSShop, que nos envia produtos para resenharmos, conforme nossa solicitação, geralmente de produtos sugeridos através dos comentários, emails e Twitter. Isso nos ajuda bastante, pois podemos testar vários produtos de interesse dos nossos leitores (e meu também, rs), sem precisar por a mão no bolso. O Motorola MotoACTV é um desses produtos que me pediram pra testar, eu não tinha qualquer interesse em comprar (tendo em vista que uso o iPhone pra monitorar os treinos), mas de tão interessante, acabei não resistindo e comprei.

     Há cerca de três semanas eu recebi o Motorola MotoACTV e fiz um post (inclusive com vídeo) com as primeiras impressões. Nesse tempo, eu fui testando o aparelho e também recebi a pulseira, bem como uma cinta de monitoramento cardíaco da Garmin, o que, sem dúvida, elevaram o meu nível de satisfação com o produto. No vídeo ae acima eu mostro mais um pouco dos produtos, o site pra se acompanhar os treinos e também o software usado para sincronizar mídia com o aparelho.

     Fazendo um grande resumo, a parte mais legal do MotoACTV é que, como dito no post anterior, ele é um aparelho super completo, que roda uma versão modificada do Android e tem vários acessórios. O produto é bonito e bem acabado. Quem tem um aparelho celular mais simples, sem função de GPS e smartphone, ou até mesmo quem tem, mas não gosta de sair com ele para os treinos, estará bem servido com o MotoACTV, uma vez que ele é capaz de reunir tudo o que um atleta amador pode querer, como monitoramento cardíaco, pedômetro, relógio, tempo de exercício, gasto calórico, GPS, tocador de música, etc. A parte chata é que ele nem sempre é muito preciso (o que pode ser um problema pra profissionais, mas nem tanto pra amadores).

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Android
preload preload preload