set 19

Quanto de RAM os lixos da Samsung consomem?

2 Comentarios »Postado por GordoGeek em 19/09/2014 às 13:17h

     Todo mundo que entende um pouco de tecnologia sabe que os fabricantes de aparelhos Android adoram modificar o sistema, tentando ao máximo personalizar a cara do produto, o que, geralmente, não acaba em boa coisa, pois atrasam os updates, deixam o gadget mais lento, além de tirar um pouco da experiência que o Google idealizou para o usuário.

     A Samsung é uma das empresas que mais mexem em seus aparelhos, adotando a famigerada TouchWiz. Quando eu comprava algo da marca, não demorava mais que uma semana pra tirar a ROM original e colocar outra, como Cyanogenmod ou Play Edition, que davam outra vida ao aparelho. A bateria passava a durar mais, o sistema estava sempre voando baixo, super fluido, etc. Mas, claro, isso trazia algumas coisas ruins, como a perda da garantia e de alguns recursos nativos, como o controle de infra-vermelho, suporte a ANT+, perda da Samsung Apps, incompatibilidade nativa com relógios Samsung, etc.

     Recentemente eu comprei um Galaxy S5 para poder desfrutar de uma perfeita integração com o relógio Gear 2, também da Samsung. Eu já usava o smartwatch com gambiarras em outros aparelhos, mas não estava satisfeito, já que algumas funções eram exclusivas de se rodar da forma nativa. Assim, comprei o tal aparelho, achando que ia ter uma bela experiência e….

     O resultado de algumas semanas de uso do Galaxy S5 é esse ae em cima. Tá pior que Windows, que vai ficando mais lento a cada dia de uso. Algumas pessoas argumentam: mas poxa, olha quantos apps você tem instalado. Amigo, se eu não fosse hard-user, eu não iria pagar R$ 2.500 num aparelho topo de linha. Eu teria pago R$ 400 num Motorola Moto E. Além disso, tanto o Nexus 5, quanto o Moto X, rodam com as mesmas configurações (launcher, apps, etc.) sem ficar essa porcaria do vídeo acima.

     Aliás, a brincadeira com os filhos da puta no primeiro vídeo, é justamente pra dar uma leve comida de rabo nos comentaristas brilhantes do Youtube. O povo não vê o vídeo com a devida atenção e fazem os mais diversos comentários. Ora, podem comentar, podem criticar, mas tudo com bom senso, embasando o que é dito. Caso contrário, vai pra lixeira.

     Como eu não vivo de blog, eu desfruto de uma liberdade impar. Por mais que alguns blogs e outros veículos sejam corretos, nem de longe eles tem a mesma liberdade. Já ouvi muitas histórias de gente que avaliou mal um produto e depois ficou na geladeira, não sendo chamado pra novos lançamentos, não recebendo produtos, ficando sem publieditorial, etc. Ou seja, meu maior compromisso aqui é com o leitor. Se o produto é ruim, eu vou falar e vou mostrar, para que ele não gaste suas economias em produtos que não valem a pena.

     Dando uma leve requentada num vídeo do começo da semana, vejam ae em cima minhas primeiras impressões sobre o novo Moto X. No mesmo vídeo eu mostro testes com outros aparelhos, como o Nexus 5, S5 e Note 3. Observem a nota que tirou cada um deles nos testes de benchmark.

     Em tempo: os novos iPhones lançados hoje tem apenas 1GB de RAM, segundo as empresas que desmontaram os produtos. Ou seja, a Apple consegue deixar o iOS super fluido com apenas 1GB de RAM. A Samsung precisa atoxar memória nos aparelhos porque sabe o quanto ela enche o sistema com coisas que ninguém quer.

TAG(s):
Categoria(s): Android
set 16

Primeiras impressões do novo Motorola Moto X 2014

2 Comentarios »Postado por GordoGeek em 16/09/2014 às 18:05h

     No começo de novembro a Motorola anunciou o novo Moto X e estivemos no evento da empresa em São Paulo para ver as novidades. Como eu já tinha antecipado no post da cobertura, fiquei bem frustrado com a falta de um slot para cartão microSD e mencionei que, por essa função ser fundamental pra mim, não iria comprar o aparelho. Mas, diante de uma promoção do Submarino, acabei não resistindo e comprei. Não sei se ficarei com ele, nem se o usarei como smartphone principal, mas…

     As primeiras impressões do aparelho são muito positivas: ele é bem acabado, bonito, rápido, sua câmera está melhor que a do modelo anterior e sua tela enorme está muito linda. No vídeo acima você confere as primeiras impressões do novo Moto X, no qual aproveitei para comparar com o modelo antigo e alguns outros aparelhos que tenho por aqui. Justamente por isso, o vídeo ficou um pouco maior (quase 15min.) do que de costume, então peço desculpas se você tem preferência por vídeos menores.

     Recentemente estão surgindo muitas promoções de Galaxy Note 3, Galaxy S5 e LG G3 na faixa de R$ 1.500,00 (especialmente na BlackCissa), que é o mesmo valor do Moto X. Assim, achei que valia a pena mostrar um pouco dos que tenho aqui comigo. Iria mostrar o G3 também, mas como não comprei e a assessoria ainda não mandou… Paciência.

     Por rodar um Android praticamente puro, sem modificações, o gadget da Motorola tem uma experiência de uso muito boa. Rodando o teste de benchmark AnTuTu, ele simplesmente deixou comendo poeira outros aparelhos Android (inclusive mais caros) como os já citados acima. Ou seja, se você pode pagar R$ 1.500,00 num aparelho, por que pagar R$ 2.500,00 pra ter uma experiência muito similar? Assim, a Motorola conseguiu manter um excelente custo x benefício. E claro, como sempre acontece no mundo Android, o preço de R$ 1.500,00 logo deve baixar.

TAG(s):
Categoria(s): Android
ago 02

Samsung Galaxy S5 também tem problemas no Wi-Fi

34 Comentarios »Postado por GordoGeek em 02/08/2014 às 09:07h

     Algumas pessoas dizem que eu tenho o “dedo podre”, ou seja, tudo que eu compro vem com problema. Será que é esse mesmo o problema ou os fabricantes estão menos exigentes nos testes pré-lançamento e colocam qualquer porcaria no mercado, mesmo custando os olhos da cara?

     Relatei aqui no blog que eu tive inúmeros problemas com o meu Samsung Galaxy Note 3. Entre eles, um problema que fazia o aparelho ficar reiniciando do nada e outro no Wi-Fi. Como eu tenho plano da Pitzi no aparelho, nem esquentei a cabeça com as péssimas autorizadas da Samsung. Mandei pra Pitzi e recebi um aparelho novo (verifiquei o número serial e IMEI). Mas adivinha? Os problemas continuaram, o que me leva a crer que não era apenas uma unidade com problema.

     Já falei algumas vezes no Twitter e aqui no blog que nunca mais compraria nada da Samsung. Porém, como eu sou um idiota, acabo comprando. E isso se repetiu com o Galaxy S5. E, novamente, fiquei frustrado com o aparelho. Primeiro, porque não consigo usá-lo como deveria com o relógio Gear 2. Segundo, porque o Wi-Fi dele, assim como o do Galaxy Note 3, apresenta alguns problemas, como demonstro no vídeo acima. Além desse problema demonstrado, ele é instável e lento. Enquanto outros aparelhos conseguem trafegar dados a até 3MB/s na rede, o S5 fica oscilando entre 300KB/s e 1,5MB/s.

     Peço que, antes de dizerem que eu não sei testar, que o problema é comigo ou na minha rede, veja o vídeo. Note que, outros aparelhos, como o Sony Xperia Z2, funciona nas mesmas redes Wi-Fi sem nenhum problema. Ou seja, imagino que, um aparelho de R$ 2.599,00, também deveria funcionar de maneira razoável. Ou estou enganado? Se tiver, peço desculpas e já faço o convite: pague R$ 2.599,00 e compre meu aparelho, já que você acha normal pagar quase R$ 3.000,00 num aparelho e ter esse tipo de comportamento. Assim você saberá exatamente qual a sensação de pagar uma pequena fortuna num smartphone que não funciona.

TAG(s):
Categoria(s): Android
mai 03

Review comparativo: Galaxy Note 3 x Xperia Z Ultra

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 03/05/2014 às 09:52h

     Depois de muito sofrer com a péssima qualidade dos produtos da Samsung, no final do ano passado eu fiz uma resolução de ano novo, dizendo que não compraria mais nada da marca em 2014. Mas sabe como são essas promessas, né? Logo no começo do mês eu comprei duas TVs de 60” da marca e logo em seguida um Galaxy Note 3. Claro, ambos estavam num preço irresistível, mas isso não justifica e quebrei a promessa.

     Como uma “punição divina”, logo nos primeiros dias de uso do Galaxy Note 3 eu tive problemas, conforme relato nesse outro post. Não vou me alongar aqui, então quem quiser saber mais sobre isso, por favor veja o outro artigo. O aparelho foi pra uma autorizada, voltou um outro e apesar de ter resolvido o problema original, ele retornou com outros. Assim, enchi o saco definitivamente e parti pra outro telefone monstruoso, o Sony Xperia Z Ultra.

     Eu não me recordo de já ter comprado um smartphone da Sony. Sinceramente acho que esse foi meu primeiro. Justamente por isso, tinha minhas dúvidas sobre essa compra. Além de que, os reviews que eu tinha lido não me incentivaram muito. Apesar de estar acostumado com telas grandes, partir pra algo de mais de 6” é assustador. Mas como um amigo estava vendendo e aceitou me enviar pra testar, acabei topando.

     Não vou dar muitos spoilers aqui no texto, pois quero que todos vejam o vídeo (que dão muito trabalho de pesquisa, gravação, edição e principalmente tempo de upload), mas o fato é que nenhum dos dois aparelhos me agrada 100%. Nem perto disso. Ambos tem seus prós e contras, como deixo claro no vídeo. Pra saber qual é o melhor, você terá que ver o que é realmente importante para o seu uso.

TAG(s):
Categoria(s): Android
jan 13

Comparativo: Go Pro Hero 3 x Galaxy Note 3 x Nikon S9300

2 Comentarios »Postado por GordoGeek em 13/01/2014 às 11:47h

TAG(s):
Categoria(s): Gadgets
preload preload preload