set 04

Como instalar o app da pulseira Nike FuelBand no Android

1 Comentario »Postado por GordoGeek em 04/09/2014 às 14:23h

     Depois de muito tempo, a Nike resolveu liberar uma versão do app FuelBand para Android. Porém, ele só está disponível para alguns poucos países onde a pulseira é vendida oficial. Logo, impossível de baixar usando a Google Play do Brasil. Mas, existe uma gambiarra pra contornar esse problema.

     Dei uma procurada no grande oráculo de Mountain View e achei esse link para o apk do app Nike FuelBand. Mandei instalar e deu tudo certo. Claro, não é o ideal, mas funciona.

TAG(s):
Categoria(s): Android
jun 05

Estendendo a garantia com o Apple Care

1 Comentario »Postado por GordoGeek em 05/06/2012 às 16:30h

     Há cerca de um ano eu finalmente tomei coragem (plim, plim) para comprar meu primeiro iMac. Desejava esse computador há anos, mas sempre achei caro demais. O iMac mais barato hoje na loja online da Apple custa R$ 3.999,00 e convenhamos, essa grana toda num computador de 21.5”, com 4GB de RAM e 500GB de HD é muita coisa! Existem alternativas muito mais interessantes por ae (como um Mac mini). Porém, como diz o ditado “mais vale um gosto, do que um tostão no bolso”, acabei comprando, conforme eu relatei aqui nesse outro post.

     O fato é que daqui alguns dias eu finalmente termino de pagar a belezinha (que foi parcelada em 12 vezes no cartão) e apesar da minha felicidade em quitar essa dívida, outra preocupação me veio a mente: e depois da garantia? Todo mundo já deve ter ouvido casos de que a pessoa levou o Mac pra assistência e o preço do conserto era mais da metade do equipamento. Claro, Macs costumam quebrar muito menos que PCs montados e também menos que PCs de marcas conhecidas, como Dell, HP e outras. Mas, como Murphy está ae pra nos provar, tudo o que pode dar errado, dá.

     Meu primeiro Mac foi um Mac mini em 2007. Dois anos depois veio o MacBook Pro e no ano passado foi o iMac. Nenhum deles deu problema algum (deixa eu bater na madeira, antes que algo aconteça). Mas e se der problema? Bom, esses dias eu tava ouvindo o podcast Hora do Mac e o pessoal falava sobre o Apple Care, que é um plano de garantia estendida para produtos Apple. Eu já tinha ouvido falar sobre ele, mas nunca tinha ido atrás pesquisar. Sempre achei fosse besteira de Macfag, já que nunca vi serviço simular em outras marcas, mas decidi parar para fazer algumas contas e considerações.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
nov 30

Cuidados ao comprar shields e componentes para Arduíno

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 30/11/2011 às 00:10h

     Quando resolvemos aprender alguma coisa por conta própria, sem um curso ou alguém pra bancar o tutor, damos nossas cabeçadas e perdemos tempo (e dinheiro) com coisas que depois vemos que eram absolutamente bobas e dispensáveis. Recentemente eu gastei algum dinheiro investindo no meu aprendizado, onde comprei alguns tipos de Arduíno (Revolution, Uno, Duemilanove e Mega), Shields (Ethernet, GPS, GSM, etc.), protoboards e diversos sensores (temperatura, som, luminosidade, presença, etc.). Infelizmente, nem tudo eu pude aproveitar como gostaria.

     O projeto do Arduíno nasceu na Itália com o intuito inicial de baratear o processo de criação de protótipos, especialmente no setor da educação, tornando viável que estudantes pudessem ter acesso as peças e montar seus projetos. Muito em virtude disso é que ele teve o caráter open-source, permitindo que pessoas e empresas pudessem montar seus próprios Arduínos, shields, etc. Como a gente já cansou de ver, tanto com o Linux, quanto com o Android, o projeto ser aberto e livre é muito bom por um lado, mas meio chato por outro: vira bagunça.

     Depois de fazer alguns experimentos básicos com o Arduíno, decidi que era a hora de comprar as Ethernet Shields, dando a possibilidade de alçar voos mais altos nos projetos, conectando o projeto a internet. Comecei a pesquisar e vi que o Shield oficial custava até mais caro que o próprio Arduíno (em torno de R$ 150,00, enquanto o Uno pode ser comprado pela metade disso). Como era n00b no assunto, acabei comprando dois Shields “genéricos” por R$ 45,00 cada. Qual não foi a minha surpresa quando eles chegaram e não pude usá-los, uma vez que era necessário um outro componente para interligá-lo de forma fácil ao Arduíno.

     Fiquei alguns dias batendo cabeça num solução para não dar como perdido os dois Shields, mas acabei desistindo. O tempo que eu havia perdido já havia ficado bem mais caro que os R$ 90,00. Acabei comprando o Shield oficial e foi super fácil: pluguei no Arduíno, declarei a biblioteca, peguei um exemplo e pronto. Com base nesse exemplo eu fui brincando com o código para entender, modificando e fazendo novas coisas. Porém, como eu sou um belo jumento, não aprendi a lição inicial e decidi comprar um outro Shield “genérico”. Dessa vez, perguntei ao vendedor se era compatível com o Arduíno, se era fácil e tal. Como ele me garantiu que era, comprei. Quando chegou, declarei a nova biblioteca, abri o exemplo e rodou de boa. Ae fui pegar o meu projeto anterior pra rodar nesse Shield: não rodou. Faz cerca de três dias que estou batendo a cabeça para adaptar/ entender o novo código, que é muito mais complicado que o antigo, por causa bendita nova biblioteca.

     Eu sei que no Brasil as coisas são bem mais caras que no exterior, chegando ao ponto de dar raiva. Porém, invista em você! Não tente economizar enquanto está nessa fase inicial do aprendizado senão você irá se frustrar e pode acabar desistindo. Compre apenas os shields oficiais, pergunte antes ao vendedor como é, se tem exemplo de utilização, etc. Tenho certeza que essa etapa do seu aprendizado será muito mais tranquila e, num futuro, talvez você se aventure comprando componentes “genéricos”, pois já terá mais experiência para lidar com os desafios que irão surgir.

TAG(s):
Categoria(s): Arduino, Dicas
mai 19

Agora é oficial: Palm Pre será lançado dia 6 de Junho!

1 Comentario »Postado por Eduardo Masuda em 19/05/2009 às 08:37h

    Agora é oficial e você pode conferir na página da Palm. O Palm Pre será lançado no dia 6 de junho de 2009 pela Sprint. Não sei se será um iPhone Killer, mas com certeza será a volta da Palm ao mercado (que por muito tempo foi dominado por ela).

palm

    Agora é só esperar e ver a briga dos smartphones esquentar.

TAG(s):
Categoria(s): Notícias
dez 09

TIM mais do que confirmada na festa do iPhone

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 09/12/2008 às 11:07h

Como já tinhamos comentado aqui agora é oficial, a TIM também entrou para a festa. Ela deve ter trabalhado muito para tentar fechar esta parceria antes do Natal, agora só resta saber se vão conseguir comercializa-lo antes do dia 25 para aproveitar um pouco das vendas.

A parada começou a esquentar a alguns dias atrás quando recebemos uma atualização no nosso iPhone (quem usa TIM) até o meu amigo Eduardo Cativo me mandou uma imagem:

O que mais prova que agora é totalmente oficial é entrar no site da TIM e ter um esta imagem:

E agora que comece os jogos mortais das operadoras de celular.hehehe


TAG(s):
Categoria(s): Notícias
preload preload preload