jan 20

Repita comigo: eu sou um pirata filho da puta

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 20/01/2012 às 00:04h

     Hoje o FBI foi pra cima do conhecido site de downloads Megaupload, encerrando suas operações, prendendo funcionários e tudo o mais. Como vem acontecendo muito ultimamente, os hackers revidaram e tiraram do ar cerca de 10 sites ligados ao governo americano e a indústria do entretenimento.

     Se você acha isso certo, bem como sair por ae pirateando tudo, porque essas grandes corporações tem mais que se fuder mesmo, repita comigo: “eu sou um pirata filho da puta”. Meu, em que mundo você vive? Não existe almoço grátis! Se você quer alguma coisa, você tem que pagar, seja um filme, um seriado, uma música, um aplicativo, etc. Se a enorme maioria das pessoas do mundo tivesse na cabeça a mesma merda que você tem, tornando inviável vários negócios, não haveria empresário que se arriscaria a criar bom conteúdo (sim, porque diferente do que você pensa, bom conteúdo não brota do chão, como o pasto que você deve comer).

     Então quer dizer que eu nunca baixei nada pirata? Eu sou um santo apontando o dedo pra todos os lados e quero mais que o SOPA/ PIPA seja aprovado e todo mundo pegue cana? Não, longe disso! Baixo um monte de coisas sem remunerar os criadores, mas sei que estou errado. Não levanto bandeiras dizendo pra todos fazerem o mesmo, pois isso é errado. Quem acha isso certo, ou tem problema mental ou uma grave falha de caráter. Aliás, quanto ao SOPA, eu sou contra, pois erraram feio na mão. Mas dae, querer viver num mundo anárquico, fazendo tudo o que der na telha, sem consequências, derrubando sites de governos e empresas porque fecharam, de maneira legal e seguindo as regras, quem viola direito autoral, vai uma enorme diferença.

     Não duvido que esses grandes pedaços de escória queiram atacar o blog, tirando-o do ar também, como já fizeram no passado, por eu expressar minhas opiniões contrários a suas atitudes. Mas fazer o que, né? Isso só demonstra ainda mais que a tal “ética hacker” está completamente perdida. Juntam na mesma cesta um protesto digno, por uma boa causa, com o direito de violar a propriedade alheia.

     Se você acha que eu estou sendo injusto, vamos fazer o seguinte exercício: você trabalha apenas porque gosta ou porque depende disso para prover o sustento da sua família? Porque eu acho uma puta incoerência a pessoa ir trabalhar pra ganhar dinheiro e dizer que é errado que outros façam o mesmo, pois a informação deve ser livre. Então se o cara é programador, foda-se ele, porque todos tem direito de usar seu software sem pagar? A mesma coisa pra toda indústria da música, cinema, revistas, livros e afins? Jogar pimenta nos olhos dos outros é muito fácil. Pare cinco minutos e se coloque na mesma situação. No mínimo, você vai ver que não é bem por ae.

     Pra finalizar: se você tem menos de 16 anos, nunca trabalhou, vive as custas do papai e acha que eu tô falando besteira, nem perca seu tempo deixando um comentário me xingando, ok? Você ainda não sabe o que é a vida e como as coisas funcionam. Aproveite pra dar unfollow no perfil @GordoGeek no Twitter e pare de visitar esse blog.

     Em tempo: uma pessoa no Twitter argumentou comigo: “ah, mas eu vou fazer um livro e ele será gratuito, porque a informação deve ser gratuita”. Quando eu perguntei se a pessoa era escritora e vivia disso ou se estava fazendo como hobbie, fiquei sem resposta. Porém, acho que está evidente que escrever não é sua fonte de renda. Fazer algo que lhe dá prazer, como um blog, um podcast ou qualquer outra coisa e compartilhar isso com os outros, de forma livre, na intenção de ajudar e se divertir, é digno e tem meu total apoio. O que é completamente ridículo é a pessoa querer que profissionais abram mão do seu ganha pão porque quem faz algo por hobbie não cobra por isso. “Ah, mas tem bandas que disponibilizam o CD de graça e vive de show”. Que bom! Mas isso é opção deles e não uma obrigação.

TAG(s):
Categoria(s): Notícias
maio 01

Apple incentivando a pirataria na App Store

8 Comentarios »Postado por GordoGeek em 01/05/2011 às 09:03h

     Muita gente faz jailbreak não apenas pra ter acesso a recursos que a Apple “esqueceu” (leia-se não quis) implementar, mas em especial pra poder usar apps piratas e economizar uns trocos. Quem me acompanha sabe que gasto uma boa grana com aplicativos, seja pra iPhone, iPad, Mac e até Windows. Talvez porque eu viva de fazer programas, não acho correto piratear o trabalho alheio. Mas às vezes me sinto um idiota em dar dinheiro pra quem não merece.

     Tirando a parte legal e o peso na consciência de lado, se uma pessoa se dispõe a pagar por algo é pra que ele funcione, seja melhor, mais fácil, mais cômodo, correto? Mas parece que quem decide pagar por algo tem sempre muito mais trabalho e menos benefícios do que quem resolveu burlar o sistema e ir pro lado negro da força. Você compra um filme, mas só pode ver naquele dispositivo. Compra uma música, mas fica restrito a certo aparelho, como o Zune. Já quem baixou do torrent, usa onde quiser, quando quiser. Não tem algo errado com isso?

     Bom, mas voltando ao foco desse post, eu fico extremamente revoltando (pra não dizer PUTO) quando eu compro um aplicativo na App Store e ele não faz o que promete. Alguns, nem rodam direito, encerrando logo após a abertura (caso do browser Mercury por exempo). Outros prometem passar as coordenadas do iPhone pro iPad via tethered (AirLocation), colocam vários depoimentos de sites famosos na descrição, ae você paga, baixa, instala e não funciona. É aqui que muitos vem dizer: “mas você pode pedir a devolução do aplicativo”. Bom, eu conheço o procedimento, já fiz isso algumas vezes, sempre com apps que não funcionam e tão cheios de reviews dando 1 estrela na própria App Store e a Apple simplesmente me ignora. Nem um email explicando o motivo da recusa eles se dão ao trabalho de enviar. É nessas horas que eu penso: não seria melhor eu baixar cracked, testar e se funcionar eu compro? Sim Apple, eu acho que você está incentivando a pirataria e isso não é bom pra você, pros desenvolvedores e nem pros consumidores. Ninguém ganha com isso!

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Apple
jan 12

Evolução da pirataria no iPhone

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 12/01/2010 às 01:17h

     O método não é novo, mas eu nunca tinha tirado um tempinho para testar. Obviamente que não dá pra comparar muito com a facilidade, confiabilidade e velocidade da App Store. Porém, para quem quer testar Apps sem ter que comprá-las, a alternativa apresentada no vídeo abaixo, é interessante. Até mesmo porque, não precisa de computador para instalar o App e tudo é feito no próprio iPhone.

maio 12

França vai punir pirataria na internet

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 12/05/2009 às 21:04h

     Conforme já comentei por aqui antes, deputadores franceses não gostaram muito da idéia de punir os usuários de internet que fizessem download ilegal de conteúdo com direito autoral, especialmente de filmes e músicas. Contudo, o projeto voltou a votação hoje e foi aprovado por 296 contra 233 votos.

     Segundo o novo texto aprovado, os usuários que forem pegos fazendo download ilegal serão notificados. Caso voltem a cometer a infração num período de 12 meses, terão seu acesso a internet bloqueado.

     Para entrar em vigor, a lei ainda precisa ser aprovado pelo Senado. Contudo, não foi divulgado como será esse controle que, a meu ver, será bem difícil, uma vez que poderá ser facilmente burlado fazendo conta em vários provedores, inclusive com outros nomes.

     De qualquer forma, a França deu um importante passo, sinalizando que está ficando menos tolerante a esse tipo de atitude por parte dos seus usuários de internet.

TAG(s):
Categoria(s): Notícias
maio 07

Mininova: quem tem .., tem medo

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 07/05/2009 às 13:13h

     Apesar do julgamento do “The Pirate Bay” ter sido bem controverso, serviu para mostrar que a indústria do entretenimento nem sempre joga de forma aberta, mas usa de todos seus artifícios para conseguir seus objetivos e isso passou um recado para muita gente.

     O famoso site Mininova.org, que faz algo similar ao “The Pirate Bay”, já colocou as barbinhas de molho e soltou declaração dizendo que está desenvolvendo ferramentas para detectar e eliminar conteúdo que viola direito autoral dos seus trackers, numa clara alusão ao famoso ditado: “quem tem .., tem medo”.

TAG(s):
Categoria(s): Notícias
abr 03

Dá-lhe pirataria no iPhone!

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 03/04/2009 às 15:28h

     O logotipo lembra o famoso ‘The Pirate Bay’, mas pra quem rouba aplicativos, o que é roubar um logotipo? Vi no iTouchBR que uma galera brasileira resolveu criar um repositório de App Piratas. O site é o TheIPABay e provavelmente pega carona nos seguidos problemas com outros repositórios internacionais, que além de ter a justiça sempre no encalço, sofrem com problemas de banda e tráfego, uma vez que atinge a fama muito facilmente.

     Espero que se algum dia dê m… e o pessoal for em cana, pelo menos deixem eles com seus iPhone e iPodTouch cheios de App piratas pra passar o tempo na cadeia, entre um banho de sol e outro.

     E falando em pirataria, o co-fundador do The Pirate Bay, Peter Sunde, virá ao Brasil para participar da conhecida feira de software nacional (FISL – Feira Internacional do Software Livre). É bom ele passear bastante antes da decisão do julgamento sobre a questão do seu site pois já pediram a prisão do cara.

TAG(s):
Categoria(s): Notícias
fev 23

Casa de ferreiro…

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 23/02/2009 às 20:09h

Notícia que vi no site da IDG: Ex-presidente de entidade antipirataria é preso por vender CD falso em Goiânia

TAG(s):
Categoria(s): Notícias
jan 16

Pirataria: 95% das músicas são ilegais

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 16/01/2009 às 16:02h

     Segundo um documento divulgado pela IFPI (Federação Internacional da Indústria Fonográfica), apesar do número de downloads legais terem subido 25% em 2008, a pirataria ainda domina.

     Ainda de acordo com a IFPI, 95% das músicas baixadas via internet em 2008 foram feitas de forma ilegal, o que representa cerca de 40 bilhões de arquivos. Uau!

TAG(s):
Categoria(s): Notícias
jan 14

Desenvolvedor iPhone e a pirataria

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 14/01/2009 às 14:14h

     Que atire a primeira pedra quem nunca baixou um filme do Torrent, uma música no uTunes ou uma aplicação pirata no appulo.us (abaixa a mão Jonas!!!).

     Existem centenas de empresas de software e produtoras de conteúdo em geral, como Microsoft, Adobe, Sony, Fox, etc. que talvez nem sintam muitas cócegas em seu faturamento em razão da pirataria, contudo, as pequenas empresas (como a minha) com certeza sentem e muitas vezes isso é motivo de não levarmos projetos futuros a frente.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Notícias
dez 15

Telefonica TV: É tudo grátis!!!

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 15/12/2008 às 12:10h

     Ontem fiz um extenso post sobre a pirataria na iTunes Store e hoje novamente vou falar no assunto. Dessa vez, a ‘vítima’ é a Telefônica e sua TV Digital, que foi hackeada e permite que os usuários acessem todo o conteúdo de forma gratuíta.

     Achei essa figura tão meiga que vou adotá-la em todos os posts sobre o tema. Como produtor de conteúdo de direito autoral, espero cada vez menos, ter que usá-lo, mas infelizmente, creio que isso não irá acontecer.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Notícias
preload preload preload