set 19

NÃO faça uma viagem internacional apenas com cartão

3 Comentarios »Postado por GordoGeek em 19/09/2015 às 11:45h

     Essa dica pode parecer um enorme “chover no molhado”, mas acreditem: como todo bom geek, odeio ficar andando por ae com dinheiro em espécie e dou preferência a usar métodos mais modernos, como o cartão de crédito ou Apple Pay (basta aproximar o celular e pagar). Mas amigos, viajar contando que ele irá funcionar sempre, além de inocência, é pedir pra pagar mais caro em tudo.

     Recentemente decidi viajar para os Estados Unidos e não havia feito um prévio planejamento, o que é um enorme erro. Paga-se mais caro em hospedagem, passagens e todo o resto. Mas como eu quis aproveitar que os negócios andavam devagar e não adiantava eu ficar tentando convencer clientes que não existe crise e o momento era bom pra investimentos, optei por ir dar uma relaxada, longe de tantas notícias ruins nos noticiários.

     Fiquei praticamente 4 semanas em Nova Iorque e levei meros USD 80, que sobraram de outra viagem que havia feito. Fui confiante que os Estados Unidos são um país civilizado e todo e qualquer lugar aceitaria cartão de crédito, pois existem inúmeros meios de fornecer essa comodidade ao seu cliente, como o Square, um pequeno leitor que trabalha acoplado a um smartphone/ tablet e custa meros USD 10 (valor esse devolvido ainda no primeiro mês, conforme o comerciante faz uso do mesmo).

     Aqui no Brasil, muitos pequenos comerciantes estão fazendo uso de soluções parecidas, como a do Pagseguro. Porém, seja por ignorância, seja pelo fato de não aceitar perder um percentual em suas transações (mesmo que muito pequeno, algo menor que 3%), seja para que o governo não fique ciente do seu faturamento (e possa lhe tributar mais ferozmente) ou qualquer outro, muitos pequenos comerciantes em Nova Iorque, a dita “capital do mundo”, só aceitam dinheiro.

     Como dito antes, eu viajei com meros USD 80. E, logo no primeiro dia, uma taxista maldita me levou USD 50. Ou seja, fiquei com apenas USD 30 pra passar quase 30 dias. Dá pra viver com USD 1 por dia? No meu caso, não! Principalmente porque eu fiquei em Nova Jersey e o ônibus que me levava para Nova Iorque todos os dias custava USD 3 e só aceitava dinheiro. Logo bateu meu desespero e fui sacar num ATM conveniado ao meu cartão. Mesmo eu aceitando pagar “taxas de conveniência”, um câmbio bem maior e tudo o mais, era raro quando meu cartão não era bloqueado por alguma tentativa de fraude e me fornecia o dinheiro. Várias vezes eu tinha o cartão bloqueado e ele simplesmente cuspia um papel dizendo que a transação foi negada.

     A essa altura vocês devem estar me chamando de burro. Sim, eu mereço. Mas eu acreditei que tudo iria funcionar perfeitamente, especialmente porque eu avisei a emissora do cartão (por email, redes sociais e até telegrama) que iria viajar, informando o período e o país. Me informei também sobre as regras de uso do cartão, as condições de saque e tudo o mais. Ou seja, fiz tudo conforme o figurino.

     E qual é a minha recomendação pra se evitar o cartão de crédito em viagens internacionais? Não vale a pena usar cartões pré pagos. O dólar é bem acima do praticado pelo mercado e também incide o IOF (agradeça a Dilma por isso). Assim, eu acredito que a melhor forma ainda seja comprar dólar por aqui, levar contigo (existe um limite de USD 10,000) e ao chegar no país, abrir uma conta num banco local, depositar o dinheiro e usar tudo no débito, sem a cobrança de taxas extras, IOF, etc.

     Se você estiver indo para os Estados Unidos, pode abrir uma conta no Bank of America ou TD Bank. São os bancos que tem mais facilidade e não cobram taxa. Tentei abrir em outros e não consegui. Nesses dois é só chegar com uns USD 100 pra depósito, o passaporte e dentro de uns 30 minutos sairá com um cartão provisório. É bom lembrar que não existe taxa de abertura, mas existe taxa de manutenção. Porém, se você zerar a conta antes de ir embora, a conta é encerrada e não terá problemas. Mas, caso queira manter a conta aberta, precisa deixar um valor mínimo para que não seja cobrada mensalidade. Isso varia de banco pra banco.

     Espero sinceramente que você não faça a mesma cagada que eu, viajando apenas com cartão de crédito. Vai evitar passar raiva e pagar mais caro, seja num câmbio bem desfavorável, seja jogando no lixo 6,38% (IOF) sobre tudo que você gastar. Leve sim seu cartão, mas use-o apenas como emergência.

     No passado, eu também viajava com pouco dinheiro, mas usava o HSBC para sacar em moeda local, debitando em minha conta do Brasil, pelo dólar comercial do dia, pegava o dinheiro e ia depositar no Bank of America. Não existia nenhuma taxa e não comia IOF. Mas, novamente, graças a fúria arrecadatória do governo, agora incide IOF. Assim, ainda é mais negócio levar o dinheiro daqui.

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
dez 16

iPhone 4S na Apple Store Online: nem pensar!

6 Comentarios »Postado por GordoGeek em 16/12/2011 às 05:43h

     Recentemente fomos surpreendidos pela excelente notícia de que a Apple Store Online passaria a vender iPhones. Todos imaginavam que os preços seriam similares aos praticados pela operadoras no modelo pré-pago. Porém, nessa madrugada fomos surpreendidos pela pegadinha da Apple.

     Conforme podemos ver na imagem acima, o iPhone 4S de menor capacidade (16GB) custa absurdos R$ 2.599,00. O modelo de maior capacidade (64GB) custa R$ 3.399,00. Na Apple Store americana os iPhone 4S são vendidos desbloqueados por USD 649 e USD 849.

     E não foram apenas os preços dos modelos mais novos que estão nas alturas. O iPhone 4 de 8GB está saindo por R$ 1.799,00 e o iPhone 3GS 8GB por R$ 1.199,00. Quem, como eu, pensou que a Apple teria bom senso e seria uma alternativa viável #FacePalm. Vai ser melhor continuar recorrendo ao Mercado Livre e as operadoras. Lastimável! Poderíamos fechar o ano sem essa.

TAG(s):
Categoria(s): Apple
jan 08

Quanto tempo dura cada recarga de celular pré-pago?

8 Comentarios »Postado por GordoGeek em 08/01/2011 às 15:37h

     Hoje eu estava fazendo uma pesquisa atrás de planos pré-pagos de operadoras e me deparei com uma informação difícil de achar, pois parece que as operadoras escondem isso ao máximo em seus sites: quanto tempo dura cada recarga de celular?

     Meu interesse nessa pesquisa não era saber quem tem as melhores tarifas pra determinada ligação, quem tem a melhor cobertura ou nada disso. Minha intenção era única e exclusivamente saber quanto custa manter uma linha pré-paga ativa em cada uma das grandes operadoras nacionais, ao longo de 1 ano. O resultado, você vê abaixo:

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
jan 08

Vale a pena um geek manter um plano pós pago?

12 Comentarios »Postado por GordoGeek em 08/01/2011 às 10:51h

     Eu devo ser um dos clientes de operadoras de telefonia móvel mais infiéis que existe! Sai uma promoção, eu jogo meu número antigo na lixeira e vou atrás do novo. Nem portabilidade eu peço, pra manter o mesmo número, pois pouquíssimas pessoas tem meus números de telefone, uma vez que uso mais pra internet e uma rara ligação quando estou fora de casa.

     No ano passado eu fui cliente de três operadoras, sendo que em uma delas, sai e voltei dentro do mesmo ano. Fiquei na Claro por alguns meses, no plano “Sob Medida”. Pagava pouco mais de R$ 50,00 pra ter 250MB de internet e uma miserinha de SMS e minutos (o mínimo que o plano exigia). Quando saiu o iPhone 4, tentei de tudo pra ficar na operadora, mas ela não teve lá muito interesse em me disponibilizar o aparelho, então eu fui pra Vivo, no plano iPhone 60 (o menor que eles tem), pagando quase R$ 80,00 pra ter os mesmos 250MB, mas uma porrada de minutos e SMS que nunca uso. Até imaginei que iria usar mais, mas depois de quase 3 meses vendo a conta chegar e eu não utilizar nem 5% do que teria direito, resolvi repensar sobre isso.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
nov 27

Drops de Maçã – Episódio 00h (Beta)

12 Comentarios »Postado por GordoGeek em 27/11/2008 às 10:45h

     Assuntos abordados: Problemas nos Macbook, Apple e Greanpeace, uTorrent, Buscape e Tivo na App Store, iPhone pré-pago, telas interativas da Samsung, moda touch, atualização para Playtatison 3, Xbox vende 25 milhões de unidades, rumores sobre ZunePhone e notícias gerais sobre a crise.

Episódio 00h – MP3

TAG(s):
Categoria(s): Podcast
preload preload preload