ago 21

Comparando os preços da GoPro com a Sony HDR-AS15

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 21/08/2014 às 14:48h

     Essa semana eu fiz alguns vídeos comparando a GoPro com a Sony HDR-AS15. Neles, citei brevemente que a Sony tem um preço muito mais acessível que a concorrente. Porém, alguns leitores, deixaram comentários no Youtube, dizendo que não é bem assim. Então eu resolvi fazer uma pesquisa de preços, usando como referência o preço nos Estados Unidos, a loja mais barata encontrada no Buscapé (confiável ou não), uma loja mais reconhecida no mercado brasileiro e um vendedor confiável no Mercado Livre.

     Conforme podemos ver no site oficial da GoPro, a empresa tem atualmente 3 modelos de câmeras: a White, Silver e Black. Pra ver exatamente qual a diferença entre elas, recomendo que consulte o próprio site já citado. Mas, no geral, a White grava em fullHD 30FPS e tira fotos em 5MP. A Silver grava em fullHD 60FPS e tira fotos em 10MP. A Black grava em 4K e tira fotos em 12MP. Estou sendo simplista, claro. Mas o objetivo é esse mesmo.

     Nos Estados Unidos o modelo White é vendido por USD 200 e tem um salto de USD 100 a cada nova versão, ou seja, a Silver sai por USD 300 e a Black por USD 400. Assim, o modelo mais topo de linha custa o dobro do modelo mais básico. Como eu acredito que muita gente ficará satisfeita com fotos em 5MP e gravações em fullHD a 30FPS, minha recomendação de compra é a White. Logo, não vejo motivos em chamar quem escolhe esse modelo de idiota, como deixaram nos comentários do Youtube. Existem produtos diferentes para necessidades diferentes. E aliás, nem todo mundo tem uma árvore de dinheiro no quintal. Mas a molecada bancada pelos pais não deve saber disso.

     Aqui no Brasil, o preço mais barato do modelo White que encontrei foi R$ 730. No Mercado Livre, num vendedor confiável: R$ 733. Porém, em ambos os casos, a garantia é de apenas 90 dias. Ou seja, dá pra comparar um produto comprado oficialmente no Brasil, com nota fiscal e 12 meses de garantia, como a Sony HDR-AS15, com esses produtos comprados em condições diferentes? Eu não acho justo com o leitor. Assim, se formos comparar corretamente, temos que levar em conta o preço do Magazine Luiza, que é de R$ 1.259. Ou seja, praticamente o dobro do preço da câmera da Sony, o que reforça o que eu disse no vídeo: existe sim uma diferença considerável de preço.

     No modelo Silver, o preço mais barato que achei foi R$ 879. No Mercado Livre, com vendedor confiável, se acha até mais barato: R$ 865. Na Saraiva, uma loja conhecida, com nota fiscal e garantia de 1 ano: R$ 1.661. E pra fechar, o modelo Black é encontrado por R$ 1.200 na loja mais em conta, R$ 1.150 no Mercado Livre e R$ 1.800 na Kabum.

TAG(s):
Categoria(s): Gadgets
dez 04

Acha que um produto está com preço errado: não compre

1 Comentario »Postado por GordoGeek em 04/12/2013 às 15:08h

     Vez ou outra aparece algum produto com preço super baixo e o pessoal corre pra comprar. Quando se trata de época como a Black Friday e a loja anunciou que faria algumas loucuras, é até possível que o preço seja real. Porém, em outras épocas do ano, você só estará desperdiçando tempo e dinheiro numa coisa que não vai te trazer resultado algum.

     No post onde eu falei do Xbox One no Submarino, resgatei um tweet meu do dia 28/11, onde eu disse: “DICA: o Procon, IDEC e a própria Justiça já se posicionaram qto a preços MUITO divergentes do real. Tu vai comprar e não vai receber.” Vez ou outra eu falo sobre isso, mas como é muito complicado explicar toda a situação em 140 caracteres, nada melhor do que um post.

     É muito comum as pessoas virem me pedir ajuda no Twitter pra resolver casos parecidos, como aconteceu agora a pouco com o leitor Roberto Perroti. Ele fez uma compra de um Ultrabook Acer Aspire M5-481T-6650 por R$ 193,43 no Balão da Informática, conforme consta descrito aqui na reclamação que ele fez no Reclame Aqui. O preço real do produto é de mais de R$ 2.000,00, conforme pode ser visto aqui.

     Já houveram inúmeros casos similares a esses no Reclame Aqui, IDEC, Procon e até em Juizados Especiais Civis (JEC). Em praticamente todos os casos, o entendimento é o mesmo: em casos de erros gritantes, como esse, a loja pode sim cancelar o pedido, sem indenizar o cliente e/ ou sem entregar o produto. Uma vez que já existe farta jurisprudência sobre o ocorrido, mesmo que você não concorde, não adianta insistir, pois você estará errado aos olhos da lei.

     O meu entendimento é o seguinte: anunciou preço errado e o consumidor comprou, tem que arcar com as consequências do erro. Isso é risco intrínseco de qualquer negócio! Além disso, a exposição gratuita que as lojas ganham quando isso ocorre, por si só, já paga um eventual prejuízo de vender um produto tão barato. Porém, o que eu ou você achamos, pouco importa. Como eu já disse e vou me repetir, a lei não vai estar do seu lado.

     Esse tipo de situação, onde um produto aparece com preço extremamente divergente do real (mais de 90% de “desconto”) é uma situação. Outra bem diferente é o caso do Xbox One do Submarino, onde estávamos numa época de promoções, o site espalhou pra todo lado banners dizendo que os preços seriam extraordinários, depois aparece um produto com desconto factível de 50% e alguém compra. Por favor não confunda alhos com bugalhos.

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
nov 02

Preços de smartphones e planos de telefonia em Londres

4 Comentarios »Postado por GordoGeek em 02/11/2013 às 22:09h

     Não precisa ser muito inteligente pra saber que quase R$ 3.000,00 num Galaxy Note 3 é muito dinheiro, né? Mas calma… Se você tiver um bom plano pós-pago, a operadora vai te dar o aparelho quase de graça, né? Não, fiote. Não vai. Tu ainda vai pagar mais de R$ 1.200,00 na bagaça.

     O vídeo acima é do canal “Vlog do Magrelo” no Youtube, que já foi citado aqui outras vezes. No vídeo de hoje ele comparou preços de aparelhos e planos pós-pagos no Brasil e em Londres. Obviamente eu já sabia que ia dar uma enorme diferença, mas não imagina que era tão grande.

     Em Londres, pagando um plano de £37/ mês, você pega o Galaxy Note 3 de graça! Além disso, tem minutos ilimitados pra qualquer operadora (nada de ilimitado apenas dentro da mesma operadora, como de Vivo pra Vivo, Claro pra Claro, etc.), SMS ilimitado e 1GB de internet. Aqui, se você precisa falar muito com outras operadoras, você tá fudido, pois um plano de 600 minutos sai mais de R$ 500,00 por mês (e tu ainda tem que comprar o aparelho com desconto de só 50%).

     Se você está pensando em ver quanto vale a libra, pra fazer a conversão, não perca seu tempo. Esse tipo de comparação não serve, já que a pessoa que paga o plano em libra, ganha em libra. Logo, qual o sentido de se converter pra reais, euro, dólar? E não para por ae, pois ainda tem que levar em conta o salário do cliente da operadora.

     Pelo que pesquisei na internet, o salário mínimo em Londres atualmente é de £6.19 por hora trabalhada. Supondo que a pessoa tenha uma “jornada light”, de apenas 8hs por dia, ela faz quase £50 por dia de trabalho. Ou seja, ela paga os £37 do plano e ainda sobre um troco pras refeições do dia.

     Eu sei que tem muita gente que acha os preços, impostos, qualidade de serviços públicos estejam “tudo de boa”. Como eu já disse em outros posts, não quero pagar de gostoso, mas quem já teve a mínima experiência de ir pra outro país sabe como as coisas são diferentes. Claro, não existe paraíso, mas inferno eu sei que existe, atende pelo nome de Brasil e o capeta tem apenas 4 dedos em uma das mãos.

TAG(s):
Categoria(s): Geral
dez 14

Comprou iPhone 5 no Brasil? Parabéns, estúpido!

94 Comentarios »Postado por GordoGeek em 14/12/2012 às 12:50h

     Estava conversando com o estimado amigo Guilherme no Twitter e quando vi que a troca de tweets tava virando uma bola de neve, atrapalhando quem não tá nem ae pro assunto, resolvi parar e colocar as ideias centralizadas aqui nesse post. Assim, quem quiser saber a minha opinião sobre o assunto, basta ler aqui. Obviamente que muitas pessoas que compraram o iPhone vão cagar pra minha opinião e eu sinceramente espero que isso aconteça, pois é só isso: a minha opinião.

     O centro da polêmica (#mamilos) é a seguinte: por que, ano após ano, quem compra o iPhone no Brasil, pagando por ele o valor mais alto praticado em todo o mundo, é taxado de estúpido, como eu mesmo fiz no título desse post? Bem, em resumo, porque ele é sim um estúpido, mas deixa eu explicar melhor meu ponto de vista.

     O cidadão trabalha o ano todo, ganha seu dinheiro suado a custo do seu próprio esforço, ae vai se presentar com um iPhone no natal e é chamado de tudo que é nome por quem não tem nada a ver com isso? #PodeIssoArnaldo? O dinheiro é do cara, ele faz com ele o que bem entender, não?

     Eu não concordo muito com isso pelo seguinte: se o cara quer comprar cocaína, se trancar num quarto e encher o rabo de pó, o problema é dele. Enquanto ele estiver trancado no quarto, sem afetar mais ninguém com isso, vai em frente. Mas quando ele sai na rua e põe em risco a vida de terceiros, ae eu já me acho no direito de meter o bedelho. É a mesma coisa que o cara dizer que vive num país democrático e votar em sem vergonhas que estão há décadas envolvidos em tramóias e dizer que é seu direito e não tenho que me meter nisso.

     Nesse ponto, como fez o Guilherme, muitos podem dizer: “Gordo, você tá confundindo tudo. Não tem nada a ver uma coisa com outra.”. Tem sim. Pensa comigo: mesmo quem paga 3 mil Dilmas num iPhone, o faz sabendo que esse valor é ridiculamente caro. Mas como diz o ditado “mais vale um gosto, do que um tostão no bolso”, o cara vai lá e compra. Mas e se, vamos imaginar, ninguém aceitasse pagar esse valor. As lojas iriam manter esse produto em estoque por várias semanas ou meses? D-U-V-I-D-O. E é nesse ponto que quero bater.

     Eu sou conhecido como vira casaca do mundo Apple. Alguém que por muito tempo foi defensor da empresa e “de repente” (na verdade foi um processo de anos), começou a atacar a empresa com todas as suas forças, chegando ao ponto de ver a baba de raiva escorrer no canto da boca. Apesar da Apple ser a (ou já foi, sei lá, essas ações variam todo dia) a empresa mais valiosa do mundo, não há como negar que ela tirou o pé do acelerador no que tange a inovação. Altos executivos foram demitidos, muitos evangelistas (Woz, Kawasaki, etc.) mudaram de lado, bem como “usuários comuns”, que cansaram de ver no iOS a mesma cara de 2007.

     Então meu querido amigo que pagou ou vai pagar 3 pila num celular com cara de 5 anos atrás, além de estar estimulando a Apple a praticar aqui os preços de iPhone mais elevados do mundo, tu vai ficar nessa mesmíssima por mais anos e anos. Espero que esteja satisfeito, pois isso é culpa única e exclusivamente sua. A Apple está fazendo o jogo corporativo perfeito. Não há porque inovar se os consumidores são zumbis que vão pra fila comprar a mesma porcaria do ano passado, com uma novidade aqui e outra acola. Da mesma forma como não tem porque praticar preços menores se as pessoas vão pra fila disputar a tapa o estoque disponível. Aliás, se você é tão rico assim a ponto de rasgar dinheiro e ficar feliz, compra também o iMac mais caro do mundo. Ajude a Apple a manter a inércia criativa.

     Vai me xingar? Dar unfollow no Twitter? Apagar o feed? Pode fazer, mas deixa antes um comentário ae com os mais altos palavrões a minha pessoa. Eu gosto de ler.

TAG(s):
Categoria(s): Apple
jun 25

Microsoft libera preço do Windows 7 (nada barato)

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 25/06/2009 às 12:39h

     Como a Microsoft não tem boa parte de sua receita vinda de hardware extremamente lucrativo, como a Apple, a empresa comandada por Steve Ballmer precisa ganhar “no que faz de melhor” (kakakakaka, não aguentei). Dessa forma, não dá pra fazer como a Apple e cobrar meros USD 29 por um update de sistema operacional.

     Previsto para ser lançado em outubro desse ano (depois do Snow Leopard que vem em setembro – toma 2x), o sistema operacional da Microsoft custará a partir de USD 119,99 (Home Premium) para upgrade e USD 199,99 (Home Premium) na versão completa, mas esse preço pode chegar a até USD 319,99 na versão Ultimate.

TAG(s):
Categoria(s): Notícias
fev 18

Intel Reduz Preços

Sem Comentarios »Postado por Gilson Junior em 18/02/2009 às 15:12h

nuevo_macbook_pro_171

A Intel anunciou que o custo de produção dos Macbooks PRO 17″ com SSD  terão uma redução de 10% a 15% nos custos o que refletirá no preço final. Os novos equipamentos serão vendidos por 90Euros mais barato, na Europa, de acordo com o site Appleismo. Acredito que quem comprou deve receber um “rebate” deste valor. Foi informado também que os usuários que ainda não receberão o aparelho poderá refazer a compra já com o valor de desconto.

TAG(s):
Categoria(s): Notícias
dez 28

Preço do iPhone na Argentina cai quase 50%

2 Comentarios »Postado por GordoGeek em 28/12/2008 às 14:45h

Nosso amigo Felipe Pagani mandou esta dica para a gente. O iPhone em agosto estava custando quase $2.000 e hoje passa para $999 como mostra a figura abaixo:

iPhone na Argentina

A noticia completa você encontra aqui.

Valeu a dica Felipe!

TAG(s):
Categoria(s): Notícias
preload preload preload