jun 15

     No começo de abril eu escrevi aqui no blog sobre minha preocupação com relação a meus dados cadastrais em sites e serviços online. Parece que eu estava com o modo Mãe Dinah ligado e de lá pra cá, vários casos de invasões ocorreram. O que mais assusta é que não são empresas pequenas e sim, potências da área de tecnologia e até governos.

     O caso da Sony foi o mais emblemático. No dia 3 de maio, a empresa japonesa reconheceu que sua rede foi invadida e comprometeu o cadastro de mais de 20 milhões de clientes ao redor do mundo. Nos dias que se seguiram os hackers levaram a empresa ao inferno corporativo e invadiram outros sites ligados a empresa ao redor do mundo. A empresa virou motivo de piada mundial e abalou seriamente a confiança de seus clientes.

     Nas últimas semanas, não passa um único dia sem que vejamos um caso de invasão na mídia. Até a poderosa Lockheed Martin, empresa responsável por boa parte de equipamentos bélicos utilizados pelos Estados Unidos, também teve sua rede atacada. Ainda ligado ao governo americano, o site do senado sofreu o problema por duas vezes! Nem a CIA escapou e teve o site retirado do ar.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Notícias
abr 27

E a segurança, hein? Ah, deixa pra mais tarde.

1 Comentario »Postado por GordoGeek em 27/04/2011 às 13:35h

     Segurança é um tema polêmico e muitos consideram extremamente chato, mesmo atingindo diretamente a todos. Ninguém gosta de fazer backup, tomar cuidado onde põe seus dados pessoais, etc. Mas é necessário e muitos só conseguem entender o real sentido disso quando já é tarde e algum dano foi causado.

     Como eu tenho domínios próprios (como o gordogeek.com), costumo criar um novo alias pra cada site que me cadastro, ou seja, [email protected], [email protected], etc. Dessa forma, além de dificultar a vida dos hackers, eu sei exatamente quem vazou meu cadastro. Ou seja, se eu recebo um spam de uma empresa no [email protected], me leva a crer que foi a Amazon que deixou vazar essa informação, visto que eu não a divulguei em nenhum outro lugar (os emails usados aqui são fictícios, apenas para exemplificar). Existem vários serviços gratuitos que geram emails temporários, que podem ser utilizados e rapidamente descartados, como o esse.

     Por mais que isso me ajude a saber quem violou a minha privacidade, seja por falha de segurança ou para ganhar uns trocos vendendo a lista de clientes, isso não é o bastante. Sempre que possível, opte por trabalhar com o Paypal ao invés de deixar seu cartão de crédito exposto em algum banco de dados de site por ae. Ae você pode pensar: “mas nem todo site aceita e tem grandes empresas que tomam cuidados com meus dados”. Tem certeza disso? A Sony está passando apuros com a sua PSN e demorou ao divulgar que realmente tinha acontecido. É muito comum ocorrerem invasões em sites, os dados vazarem e para não se comprometer, os sites nem divulgam isso, o que é ainda mais grave, pois se você fosse avisado, poderia tomar medidas imediatas, como cancelar o cartão comprometido. Se ela sabia do problema e demorou a divulgar, provavelmente vai sofrer alguma sansão.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Notícias
mar 29

PC Game Supply: comprando gift card diversos

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 29/03/2011 às 16:38h

     Como boa parte dos usuários do iPod/ iPhone/ iPad devem saber, a disponibilidade de conteúdo em nossa App Store é bem menor que na Store americana. Alguns acabam criando conta na Store argentina, que aceita cartões de crédito brasileiros, mas mesmo lá, a oferta é limitada. Além da maior variedade de aplicativos, a loja americana ainda conta com músicas, filmes e seriados. Infelizmente, não temos isso porque e a previsão da Apple pra termos é …. (só Deus sabe).

     Qual a alternativa então pra quem quiser comprar coisas na App Store e iTunes Store americana? Recentemente falei aqui de uma alternativa pra ter cartão de débito americano. Esse cartão funciona tanto na loja da Apple, como várias outras, como da Microsoft, Netflix, Hulu, etc. O problema são os custos envolvidos. As taxas são altas e acabam encarecendo o processo.

     O jeito mais viável pra abastecer o saldo da conta americana é apelar para os gift card. Se você tem um amigo que mora (ou viaja) lá pra fora, pode pedir esse favor. Porém, ficar a todo instante amolando os outros é bem desagradável (isso quando há opção, pois muitos não tem esses contatos). Sendo assim, é possível comprar iTunes Gift Card no eBay, Mercado Livre e em outros sites. Todavia, a enorme maioria deles cobra um ágio, ou seja, o cartão de USD 15 vai te sair na verdade por USD 25 ou algo assim. Pouco vantajoso, né?

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Notícias
mar 02

Desvendando o mundo do XBox e da Live

2 Comentarios »Postado por GordoGeek em 02/03/2011 às 23:58h

     Recentemente eu comentei por aqui que acabei comprando um XBox com o Kinect. Devo confessar que ainda estou bem perdido nesse novo mundo, mas o pouquinho que aprendi, achei interessante compartilhar nesse post. É horrível a sensação de ficar perdido com algo novo e acredito que essas dicas, apesar de simples, podem ajudar muitos novatos.

     Eu sempre ouvi que o problema em se destravar um XBox (e ter acesso a jogos piratas) era que a Microsoft iria banir o console da Live e seria impossível jogar em rede. Bem, apesar de no fundo ser isso mesmo, o problema é mais amplo. A Live não é apenas um local pra jogar em rede, mas pra ter acesso a um monte de coisas, como conteúdo, que podem ser jogos completos, complementos, demos, música, vídeos, etc.

     Existem basicamente dois tipos de contas na Live: a Silver (grátis) e a Gold (paga). Para se criar qualquer uma das duas é necessário ter um email @live.com ou @hotmail.com. Caso ainda não tenha, basta criar, também gratuitamente. Uma vez de posse do email necessário, basta ir no site do XBox. Ae vem uma das dúvidas mais comuns: criar uma conta americana ou nacional?

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
preload preload preload