ago 17

     Usar roaming internacional nunca é uma boa ideia, ainda mais em viagens longas. Compensa muito mais você comprar um chip de uma operadora local e ser feliz. Mas, em alguns casos, não se pode abrir mão do roaming, seja para receber chamadas/ SMS, seja para usar a internet até conseguir comprar o chip local. E ae? Como fazer?

     Hoje eu fiquei igual a um otário ligando na Claro pra tentar ativar o roaming, sem sucesso. Ligava no 1052 e, contrariando normas da Anatel, ninguém atendia minha chamada dentro de 60 segundos. Muito pelo contrário, fiz 3 chamadas com duração de mais de 20 minutos cada e ninguém me atendeu.

     Tentei ligar num número específico para o serviço de roaming internacional mas logo que atendia, vinha uma mensagem dizendo que o serviço era exclusivo para planos pós pagos (o meu é pré) e desligava.

     Por fim, eu tentei o chat da empresa. Fiquei quase 50 minutos aguardando ser atendido. Tinha mais de 110 pessoas na minha frente e o atendimento ia a passos de tartaruga. Quando finalmente apareceu um atendente, expliquei o caso pra ele e me informou que eu deveria ligar onde já tinha ligado. Expliquei novamente que já tinha ligado e não resolveu e, como ele só sabe seguir um script, ficou em looping, até eu encerrar o chat antes de mandá-lo para aquele lugar.

     Vendo a minha saga pelo Twitter, o Lucas me deu a dica que daria pra fazer pelo app. Dito e feito. Super simples e rápido, diferente do atendimento da Claro. Existe app para as plataformas iOS e Android.

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
mar 24

Roaming de dados internacional (Claro e Vivo)

10 Comentarios »Postado por GordoGeek em 24/03/2010 às 21:52h

     Na semana passada eu fiz um post dando dicas de como utilizar a internet 3G nos Estados Unidos. Hoje, ao ligar nas operadoras para ativar o roaming internacional, descobri algumas coisas, que vou compartilhar aqui.

     Se as dicas que dei no outro artigo são válidas, por que eu vou ativar o roaming? Bom, na última viagem, eu demorei um pouco até conseguir localizar uma loja da AT&T, comprar o plano e ativar a internet. Assim, pra não ficar um período sem internet (o que é péssimo para minha empresa), acabei indo atrás de ativar o roaming e não ficar tão desesperado atrás da AT&T.

     Primeiramente liguei na Vivo, pra saber como funcionaria. Meu plano na Vivo atualmente é o pré-pago. Achei que não teria possibilidade de ativar roaming internacional, mas fiquei sabendo que, na parte de voz e torpedos, é possível sim. Já na parte de pré-pago, infelizmente não. No pós, o custo é de R$ 29,00 o MB.

     Depois, liguei pra Claro, onde tenho um plano pós-pago de internet 3G ‘ilimitada’. O primeiro atendente me passou o custo de R$ 36,00 o MB (quase cai duro), mas, pra minha sorte, uma segunda atendente me passou 2 pacotes de dados, sendo um deles de 10MB (R$ 49,90) e outro de 40MB (R$ 119,90). Ou seja, barato não é, porém, é bem mais em conta que R$ 36,00 o MB.

     Não tenho interesse em ficar usando esse plano de dados em roaming. Minha intenção é pegar logo o plano da AT&T e usar mais tranquilo. Contudo, como tenho uma necessidade muito grande de não ficar muito tempo sem internet (em virtude da empresa), esses pacotes derrubam o valor de R$ 36,00 o MB para R$ 4,99 no de 10MB e R$ 2,99 o MB no plano de 40MB.

     Aproveito aqui para relembrar uma dica que já dei, sobre o App Download Meter, que mede o tráfego no iPhone de forma brilhante. Afinal, aquele controle do iPhone é uma vergonha!

     Update 30/03/2010 23:35h => Ao chegar nos EUA, tive a enorme decepção de ver que nem Vivo e nem a Claro, tinham sinal por aqui. Não adiantou nada ativar o roaming de dados no Brasil. Uma lástima!

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
preload preload preload