maio 13

Como colocar o tablet LG G Pad 8.3 em Recovery Mode

1 Comentario »Postado por GordoGeek em 13/05/2015 às 13:48h

     Eu tenho um tablet LG G Pad 8.3 e sempre aplico as atualizações instável do Cyanogenmod nele (sim, eu sou meio doido). Vez ou outra, dá problema. E na última vez que deu problema, não sei que merda eu fiz (provavelmente um wipe errado), que acabei impossibilitando o boot dele.

     Corrigir o problema é bem simples, bastando aplicar a versão anterior do Cyanogenmod. Porém, sem acesso ao sistema, como fazer pra entrar no Recovery Mode e poder aplicar a ROM antiga? Eu fiquei cerca de 3 semanas com o tablet encostado porque não sabia como fazer. Pesquisava no Google, achava uns posts, vídeos no YouTube, mas nada me resolvia. Até que hoje achei um grupo no Google+ e me ensinaram como fazer. E vou compartilhar aqui com vocês.

     Diferente do que acontece em aparelhos da Samsung, que basta segurar os botões power + volume up, o processo da LG é um pouco mais chato. Primeiro, você deve segurar o botão volume down com a mão direita e usar a esquerda para segurar o botão power. Quando aparecer o logo da LG, solte o botão power. Cerca de um segundo depois, use a mesma mão esquerda que soltou o power para pressionar novamente o power e o volume up (juntos). Isso fará com o que dispositivo entre no modo de restauração.

     Você provavelmente não vai conseguir fazer isso de primeira. Eu mesmo tive que fazer umas 5 vezes até conseguir chegar na tela exata. Mas, uma vez que você chegar lá, basta apertar o botão power para confirmar que você deseja restaurar (e não entrou ali por acidente) e, mais uma vez, o power. Em breve entrará no TWRP e você poderá reinstalar a ROM antiga.

TAG(s):
Categoria(s): Android
fev 02

Cyanogenmod: vida nova para o Sony Xperia Z2 e Z Ultra

12 Comentarios »Postado por GordoGeek em 02/02/2015 às 13:45h

     Tem alguns meses que eu reclamo aqui no blog sobre o Sony Xperia Z2 e o Xperia Z Ultra. Comprei ambos no ano passado e só passei raiva com eles. Interessante e curioso que, alguns leitores, que também tem um desses produtos, elogiam bastante os mesmo, o que me causa muita estranheza. Então, vamos a algumas considerações sobre o assunto.


Crédito da imagem: Shutterstock

     Quem me conhece sabe que sou exigente. Mais que isso, vamos assumir: eu sou chato. Não me importo em investir um dinheiro em algo que vai me propiciar felicidade, produtividade, qualidade de vida, etc. Porém, eu exijo que o bem ou serviço atenda minhas expectativas. Acho que todo consumidor deveria ser assim. Mas, conhecendo razoavelmente bem o povo brasileiro, sei que uma minoria é como eu. A maioria compra, paga um absurdo e, caso se frustre, no máximo faz alguns xingamentos no Twitter e fica por isso mesmo. Não vai atrás do fabricante, não usa Procon, Juizado Especial Civil, etc.

     Isso dito, eu paguei um bom valor, tanto no Xperia Z2, como no Z Ultra, pois já estava cansado das promessas da Samsung e odiando o Galaxy Note 3 e o Galaxy S5. Assim, fiz esses (repito) investimentos e queria ter produtos de qualidade. Porém, eles só me frustraram. Eram todos bem bugados, não faziam coisas básicas, travavam, eram lentos, etc. Tenho tudo isso muito bem documentos em textos e vídeos no blog. Quem tiver interesse, fique a vontade em procurar. E, acreditem, é bem diferente do que criticar algo e não mostrar. Eu realmente documento o problema, diferente de uns “bostinhas” que vão nos comentários do Youtube dizer que o deles funciona bem. Funciona? Então mostra! Faz vídeo.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Android
jul 02

Seu Motorola Moto X não inicia mais? Talvez isso ajude.

2 Comentarios »Postado por GordoGeek em 02/07/2014 às 15:26h

     Há cerca de 2 semanas, eu estava vendo um jogo da Copa e me perguntaram no Twitter se eu já tinha testado a solução de root do Geohot. Muito curioso, fui lá ver qual era. Ao invés de fazer isso depois do jogo, com calma, lendo tudo que deveria, já baixei o .apk e sai instalando ali mesmo. Bom, precisa falar que deu merda? Murphy tá sempre com o pau na mão, querendo te fuder. Se você der mole, será enrabado.

     Nos últimos dias eu testei várias coisas pra tentar fazer o Moto X voltar a vida e nada… Ele dava boot, aparecia uma tela de erro e ficava ali. Como eu tenho root, tentava mandar dar wipe, apertava mil opções lá dentro do bootloader modificado e nada. Ficava na mesma. Minha vontade era de jogá-lo contra a parede e em seguida enfiar cada pecadinho no meu toba, pra ver se eu aprendia a não fazer mais isso.

     Um dos procedimentos que eu testei, sem sucesso, foi usando o Windows. Talvez essa seja a dica mais comum que você vai encontrar. Como não funcionou, vim pro Mac, segui esse tutorial e graças a Deus funcionou. Mas detalhe: faça exatamente como consta lá. Se você tentar substituir o comando moto-fastboot-osx64 pelo tradicional fastboot, vai dar erro.

TAG(s):
Categoria(s): Android
dez 23

Como fazer root no Galaxy Note 8 GT-N5110

4 Comentarios »Postado por GordoGeek em 23/12/2013 às 13:53h

     Recentemente eu comprei um Galaxy Note 8 por um preço legal durante a Black Friday. Eu achei o formato do dispositivo bacana e com uma pegada bem interessante. Porém, a Samsung “se esqueceu” de lançar update pra ele e eu, que não gosto de ficar com dispositivo desatulizado, resolvi colocar o Cyanogenmod nele. Porém, como alguns já devem saber, o primeiro passo pra isso é desbloquear o bootloader e providenciar o modo root.

     O procedimento usado aqui não é diferente de outros que já expliquei, como para o Galaxy Tab P3100. Se quiser ver em vídeo, dê uma procurada no sistema de localização do blog. Não é nada complicado, mas talvez os mais iniciantes vão se sentir mais a vontade vendo um vídeo do que lendo um tutorial.

     A primeira coisa a ser feita é baixar o arquivo que irá substituir o bootloader do Galaxy Note. Descompacte o pacote. Depois, desligue o dispositivo e ligue-o novamente em modo de download, segurando os botões power + volume para baixo + home ao mesmo tempo. Em seguida, aperte volume para cima e conecte no USB do computador (tem que ser Windows).

     Num PC com Windows, abra o Odin, confirme que ele identificou seu gadget e clique em PDA, onde você vai escolher o arquivo CF de bootloader. Clique em “start”, aguarde alguns poucos segundos e ele estará desbloqueado e com root.

TAG(s):
Categoria(s): Android
nov 10

Por que usar Cyanogenmod no seu smartphone?

6 Comentarios »Postado por GordoGeek em 10/11/2013 às 20:01h

     Já fiz alguns posts aqui no blog sobre como fazer root e colocar ROMS alternativas em smartphones e tablets. Recentemente, depois de meus Galaxy Note 2 e Galaxy S4 terem dado pau, resolvi ficar só com ROM original, pra ver se era isso que vinha causando tantos problemas. Porém, simplesmente não consigo viver com tantas limitações e restrições dos fabricantes e operadoras.

     Existem diversas ROMs alternativas baseadas em Android, pra quase todos os aparelhos disponíveis no mercado. Os da Samsung são os que mais tem compatibilidade com essas ROMs. Claro, nem sempre tudo funciona. Perde-se um sensor IR aqui, uma canetinha acolá, ganha-se uma câmera mais lenta e por ae vai. Porém, no geral, acho que existe mais prós do que contras.

     No final de semana eu tive que testar várias ROMs no meu Galaxy S4, pois o Cyanogenmod estava muito instável, com a câmera muito ruim e dando crash em vários apps. Acabei optando pelo Google Edition, baseada na que o “pai do Android” usa na versão do S4 comercializada na Play Store. Não ficou 100%, mas melhorou em estabilidade. Porém, perdi muita coisa que estava acostumado no Cyanogenmod. Mais detalhe no vídeo acima.

TAG(s):
Categoria(s): Android
out 07

Como instalar o Cyanogenmod no Galaxy S4 LTE

6 Comentarios »Postado por GordoGeek em 07/10/2013 às 13:15h

     Depois de quase 3 meses usando o Galaxy S4 LTE sem modificações, resolvi ligar o foda-se e instalar o Cyanogenmod nele. Resisti o quanto deu, pois não queria violar a garantia, mas a lentidão que ele vinha apresentando me incomodava demais. A Samsung é daquelas fabricantes que adoram modificar o Android, enchendo-o de porcaria, o que o deixa com menos espaço disponível, além de mais lento.

     A gota d’água que me fez migrar foi que recebi no final de semana um Moto X da Motorola para fazer resenha pro blog e vi que ele roda tudo muito fluido, como o Nexus 4. Ambos, em teoria, são inferiores ao Galaxy S4, mas possuíam desempenho real (ignore benchmarks) muito superior, sem apresentar pequenas travadinhas, especialmente quando muitos apps estão carregados na memória.

     Como eu já adiantei, esse procedimento viola a garantia e pode danificar o aparelho. Assim, caso queira fazer, faça por sua conta e risco. Eu aconselho fazer um seguro da Pitzi. Pra quem ainda não conhece, recomendo que leia esse outro post, onde explico de forma mais detalhada o serviço. Em resumo: praticamente tudo que acontecer com seu aparelho, seja uma tela quebrada, mergulho na piscina, ROM danificada, etc. é coberto. Assim, me senti mais a vontade a mexer no aparelho. Se desse merda, mandaria pra Pitzi arrumar.

     Eu tenho diversos artigos aqui no blog sobre como instalar Cyanogenmod em aparelhos. O procedimento pro Galaxy S4 não é diferente deles. A primeira coisa a ser feita é instalar o CWM. Depois, limpar a ROM atual e em seguida jogar o novo sistema. É tudo muito simples, mas eu sei que assusta os menos experientes. Aviso importante: o meu modelo é o LTE Quad-Core e não o 3G Octa-core. Apesar do procedimento ser semelhante, os arquivos que coloquei abaixo são para o LTE. Se você usá-los no seu 3G, f-o-d-e-u.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Android
mar 04

Como zerar o contador de modificações do aparelho

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 04/03/2013 às 16:20h

     É bem comum eu escrever aqui no blog a respeito de modificações em aparelhos Android, especialmente quando os fabricantes “esquecem” as promessas de atualizar a versão do sistema operacional. É cada vez mais frequente acontecerem lançamentos de aparelhos com especificações de babar, mas trazendo embarcado um Android “antigo” (4.0.4, 4.1, etc.). Não raro, até mesmo na própria coletiva de anúncio, os executivos dizem que “em breve” o equipamento vai receber uma atualização de software. O tempo passa, outros aparelhos são colocados a venda, o foco da fabricante muda e aquele que você comprou, fica esquecido.

     Se você não quer depender de fabricante ou operadora, recomendo que você comece a comprar seus aparelhos olhando antes a página do projeto Cyanogenmod, uma das alternativas mais conhecidas pra quem quer ficar sempre com equipamentos que rodem as versões mais novas do Android. Lá no canto esquerdo, em “devices”, são listadas dezenas de opções que você pode escolher. É importante frisar que não existem apenas aparelhos topo de linha.

     O grande problema de se modificar um aparelho com esse tipo de aventura é o fato da perda da garantia. Alguns devem lembrar do problema que tive com meu Galaxy S3. Ele morreu do nada e, como estava modificado, não podia simplesmente enviar pra autorizada, pois podiam recusar o reparo. Isso não acontece apenas em aparelhos da Samsung ou rodando Android. Qualquer tipo de equipamento tem sérias restrições do fabricante quanto a modificações ditas “não autorizadas”.

     Uma das formas da assistência técnica detectar se o aparelho foi modificado é um contador que fica escondido do usuário. Porém, alguns programas, como o [root] Triangle Away, podem resolver essa situação, zerando o contador. O app custa R$ 5,42 e não funciona em todos os aparelhos, mas nos que eu testei (quase 10 modelos), funcionou perfeitamente.

     Minha recomendação é para que, se você fez alguma modificação desse tipo no aparelho, mesmo que já tenha voltado a ROM original, verifique se o seu gadget é compatível com o app, compre e rode-o o quanto antes. A operação de voltar a ROM original não apaga o tal contador. E claro, não espere dar problema no aparelho pra “apagar os rastros da modificação”, até mesmo porque, em alguns casos, o problema pode ser tão grave que o aparelho nem liga e assim, ficará impossível de rodar o app.

TAG(s):
Categoria(s): Android
dez 10

CUIDADO com atualizações do Cyanogenmod Nighlty

4 Comentarios »Postado por GordoGeek em 10/12/2012 às 09:24h

     Já escrevi aqui no blog no final do mês passado o problema que tive no meu Galaxy S3, que aliás, até hoje está na assistência. Hoje, um leitor me disse que foi atualizar o Galaxy Tab dele e o mesmo ficou travado na tela de boot. Ao efetuar o mesmo procedimento no meu, o problema se repetiu. Assim, fica novamente o alerta de prudência.

     Minha dica pra atualizações: segure a ansiedade e não saia puxando e instalando a versão mais recente, especialmente se for Nightly. Aguarde pelo menos uma semana, assim, se houverem problemas graves, certamente você vai ficar sabendo via redes sociais. E, antes que alguém me critique, dizendo coisas do tipo “poxa, mas todos sabem que Nightly são versões não estáveis e podem dar problema”. Eu concordo com isso apenas em parte, pois acho que o mínimo que o cara pode fazer é se dar ao trabalho de um teste mínimo, justamente pra não fuder o aparelho do pessoal e deixar esse clima de terror no ar. Tudo bem que é um trabalho não remunerado e feito por hobby, mas um mínimo de respeito para com os usuários é necessário.

     Se você teve o problema que citei acima, fica aqui outra dica: eu sempre deixo no cartão SD uma versão mais antiga (a que está rodando no aparelho). Assim, em caso dele apresentar alguma anormalidade, basta entrar em recovery mode e mandar instalar esse arquivo. No meu caso, resolveu.

TAG(s):
Categoria(s): Android, Dicas
nov 22

Cuidado: pode haver uma bomba no seu aparelho

20 Comentarios »Postado por GordoGeek em 22/11/2012 às 12:06h

     Recentemente eu abordei muito aqui no blog as ROMs modificadas, especialmente o Cyanogenmod. Sempre que eu lia algo a respeito, via um alerta, dizendo que isso invalidava a garantia, problemas graves poderiam ocorrer, etc. Eu sempre acreditei que isso era aquele típico aviso que o pessoal faz pra tirar o corpo fora em caso de problemas, mas nunca aconteceria. Bem, aconteceu comigo e meu S3 há 3 dias virou um peso de papel de R$ 1.500,00.

     Eu estava jantando, com o celular em cima da mesa, quando de repente vejo que ele se liga e aparece a tela de boot. Apesar do Cyanogenmod ser relativamente estável, de vez em quando ele reiniciava. Achei que estava tudo bem e ele iria completar o processo de boot. Porém, segundos se passaram e ele ficou naquela tela. Tirei a bateria, deixei alguns segundos fora, coloquei-a, liguei novamente e nada. Parado na mesma tela por vários minutos.

     Nem terminei de jantar, pois a essa altura, a preocupação era tanta que a fome foi embora. Fui até o escritório, liguei o PC com Windows XP, que é a máquina que sempre uso para mexer com esse tipo de coisa, tentei novamente subir os arquivos para o aparelho usando o ODIN e nada. Tentei colocar o aparelho em “recovery mode” e nada. Apenas o “download mode” entrava, mas parecia não aceitar nada que o ODIN tentasse enviar.

     Após alguns dias tentando vários procedimentos que encontrei via internet, as possibilidades de conserto se reduziram bastante e a situação tá bem desesperadora. Eu comprei um aparelhinho chamado JIG, que promete apagar os traços das modificações realizadas por mim no aparelho, de forma que eu possa enviá-lo para a garantia sem que a Samsung note que ele foi mexido. Porém, alguns dizem que o tal JIG não consegue fazer isso em alguns aparelhos S3. Ou seja, senão conseguir, ferrou de vez.

     Esse post é um alerta para os leitores que fizeram modificações em seus aparelhos ou estão pensando em fazer. Eu sempre achei que esse tipo de coisa era raríssimo e nunca iria acontecer. Como vocês puderam ver, acontece. É raro? Sim. Mas vale ressaltar que as pessoas devem colocar na balança se as modificações e ganhos trazidos por ROMs customizadas valem a pena. Eu sou um grande fã dessas modificações, pois nos libertaram das amarras da operadoras/ fabricantes, nos deixando sempre com softwares mais atualizados e flexíveis, próximo a experiência do Android puro. Mas confesso que fiquei com medo de aconselhar tais procedimentos depois do que me ocorreu.

TAG(s):
Categoria(s): Android
nov 01

Como converter seu Galaxy X para Galaxy Nexus

11 Comentarios »Postado por GordoGeek em 01/11/2012 às 01:15h

     Recebo muitos comentários no Twitter de gente que comprou o Galaxy X da Samsung porque queria ficar sempre atualizado quando a Google lançasse novas versões do Android e acabou frustrado, pois essa versão acaba atrasando por depender da fabricante. Porém, como o hardware é o mesmo, você pode fazer uma atualização de ROM, transformando seu Galaxy X (que a Samsung vende aqui no Brasil) num Galaxy Nexus (que seria o nativo da Google).

     Como sempre, todas as vezes que falamos em desbloquear bootloader, habilitar modo root e/ ou trocar ROM, isso quer dizer que, se der algum problema crítico e você tiver que mandar seu aparelho pra Samsung reparar, pode encrencar. Se o problema de hardware não for tão grave e o aparelho estiver funcional, você ainda consegue reverter tais alterações, mas supondo que nem isso seja capaz, a fabricante pode fazer jogo duro em fornecer a garantia. Portanto, faça por sua conta e risco.

     A primeira coisa que iremos precisar são dos drivers embutidos no Kies para que o Windows reconheça o seu aparelho. Caso você já tenha o Kies, melhor. Caso não, faça o download dele aqui. Depois de instalado, mate o processo, pois ele poderá conflitar com a ferramenta que iremos utilizar no procedimento quando o celular for conectado ao PC.

     Por ser um aparelho encomendado pela Google, as modificações nele são bem mais fáceis que em outros aparelhos e existe uma ferramenta chamada Galaxy Nexus Toolkit que tem praticamente tudo que a gente precisa num só lugar. Assim que baixar o arquivo, instale-o e abra a ferramenta.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Android, Dicas
preload preload preload