mai 30

Vale a pena migrar do iPhone para o Android?

1 Comentario »Postado por GordoGeek em 30/05/2013 às 15:51h

     Tem quase 3 anos que eu comecei a fitar com o Android, pois me sentia entediado e limitado no ambiente móvel da Apple. A brincadeira começou com o HTC Magic, que era um smartphone bem limitado em termos de hardware, mas custava o que eu estava disposto a investir na época. Poucas semanas depois comprei um Nexus One, que tinham especificações bem melhores e me propiciou uma experiência de uso melhor no mundo do robô verde. Meses depois troquei por um melhor e não parei mais. Geralmente troco de aparelho a cada 3 meses. E isso é uma das coisas que gosto no Android. Não preciso esperar o ciclo de um ano da Apple com o iPhone. E pior: às vezes passa-se esse ciclo e a empresa não apresenta evoluções que eu considere interessante e já sei que só vai sair um novo daqui 12 meses e ninguém me garante que vou gostar do que vão me apresentar. Tudo parece muito lento e arrastado.

     Apesar de não gostar do posicionamento da Apple e me sentir muito atraído pelo Android, não foi fácil mudar de vez para o sistema do robô. Grande parte dos apps que eu usava do iPad e iPhone não estavam disponíveis na Google Play e as alternativas eram bem fracas, ficando bem abaixo das minhas expectativas. Em paralelo, o Android ainda era muito feio, confuso e instável nas versões 2.X e 3. Porém, com a introdução do Android 4, o sistema deu um grande passo, tanto em termos estéticos, como em segurança, estabilidade, fluidez, etc. Nesse intervalo, muitos desenvolvedores perceberam que não poderiam ignorar um sistema que crescia tanto quanto o Android e começaram a soltar seus apps também para a plataforma do Google. Hoje é bem comum sair update de um app no mesmo dia na App Store da Apple e na Google Play. Não existe mais tanta diferença entre eles.

     Não tenho dúvidas que é bem mais fácil migrar para o Android hoje do que há alguns anos. Porém, tudo vai depender do que cada usuário procura. Diariamente eu recebo a mesma pergunta no Twitter: “GG, tô se saco cheio do iPhone. O que você acha deu comprar um Android?”. E evidente que não dá pra argumentar muito sobre um tema tão complexo em 140 caracteres. Essa migração pode ser perfeita e indolor para alguns, mas bem traumática e frustrada para outros. Conheço pessoas que migraram e dizem que não sentem a menor falta do iPhone, como também conheço quem comprou um Android, tentou algumas semanas e voltou pro iPhone. Geralmente o problema mais comum é que a pessoa trocou um iPhone 5 de R$ 2.499,00 por um Android de R$ 499,00. Ae não dá mesmo pra ser justo na comparação e experiência. Eu entendo que existe o medo de gastar uma pequena fortuna num aparelho e não se acostumar. Mas é preciso ter bom senso. Por outro lado, também tem casos que a pessoa comprou um Galaxy S3/ S4/ Note 2 e não se acostumou, mesmo tendo optado por um aparelho top.

     Ontem a noite eu publiquei uma foto no Instagram, onde tinha meu iMac, o iPad e o iPhone juntos. E comentei que só consegui tornar o Android minha plataforma móvel principal porque tem meses que só uso os gadgets da Apple durante o dia, quando estou no escritório, de forma bem esporádica. Na rua ou fora do expediente, uso prioritariamente meu Galaxy Note 2 e o Nexus 7. Fiz isso porque, se você sente que precisa mudar algo, mas que é um hábito antigo, se você não tomar uma atitude como essa, a chance de nada mudar é grande. O ser humano não costuma gostar de mudanças. Ele gosta da zona de conforto. Mudança exige esforço, comprometimento, dedicação e paciência. Assim, se você vive reclamando que a Apple não inova, mas não dá uma chance real de conhecer o que tem disponível por ae, vai continuar “preso” a plataforma que tanto xinga.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Android, Apple
jan 05

Tem conta na iTunes Store Argentina? Então cuidado!

3 Comentarios »Postado por GordoGeek em 05/01/2012 às 10:07h

     Como muitos devem saber, uma das coisas que ainda não temos na App Store Brasil é a categoria de jogos. Claro, tem um ou outro gato pingado por lá, “disfarçado” na categoria entretenimento. O problema acontece por uma imposição do Ministério da Justiça, que insiste que todo jogo vendido no Brasil seja avaliado e tenha uma sugestão de faixa etária apropriada, não aceitando o que vem da Apple. Sendo assim, algumas pessoas (como eu) acabavam recorrendo a uma conta na App Store Argentina, que aceitava os cartões brasileiros numa boa. Aceitava, no passado, pois recentemente parou de aceitar.

     Conforme eu mencionei ontem aqui no blog, estou tentando por um pouco de ordem na bagunça que é gerenciar múltiplas contas na App Store. Toda hora que mando atualizar os aplicativos tenho que ficar dando logout de uma conta e logando em outra. Isso acaba enchendo o saco. Como a conta nacional já tem músicas, filmes e iTunes Match, resolvi centralizar tudo lá.

     Hoje eu fui fazer uma alteração cadastral na minha conta argentina e quando mandei salvar, ele ficou com uma pendência, me pedindo pra entrar em contato com o suporte. Agora, sempre que mando atualizar os aplicativos, ele não o faz e vai direto pra tela de cadastro. Vou entrar em contato com o suporte pra saber o que está acontecendo, mas já deixo a dica pra vocês: se a conta argentina está funcionando, não mexa em nada, pois pode dar problema.

     Update 05/01/2012 19:12h => Eu tinha uma boa impressão do suporte da iTunes. No final de 2010 eu precisei da ajuda deles com um cartão danificado e como eu narrei aqui, eles foram bem úteis. Ainda essa semana entrei em contato novamente pra reportar o problema do iTunes Match, conformei postei aqui e também me ajudaram. Pra minha surpresa, hoje eles responderam meu chamado de maneira muito estranha, dizendo que entendiam o problema relatado e ficavam felizes em ajudar (dando a esperança que iriam), mas depois disseram que simplesmente não poderiam, sem ao menos dar quaquer sugestão do que eu deveria fazer, conforme vocês podem ver nesse email. Pisaram na bola!

TAG(s):
Categoria(s): Apple, Dicas
mai 22

Porque estou desistindo da Apple Brasil

1 Comentario »Postado por GordoGeek em 22/05/2011 às 23:55h

     Sempre tive o desejo de comprar um iMac, mas nunca tive a coragem de pagar tanto dinheiro por ele. Recentemente a Apple fez um upgrade bacana na linha e me interessei no modelo de entrada, que aqui no Brasil custa R$ 3.999,00 (USD 1,199 lá fora) e pode ser parcelado em 12 vezes sem juros, com frete grátis. Se for estudante (ou não, já que eles não validam essa informação), tem desconto de R$ 200,00 na loja educacional.

     Depois de ficar semanas pensando se eu deveria comprar meu sonho de consumo, mesmo não presisando, já que tenho um MacBook Pro e um Mac mini que me atendem bem, decidi ceder ao meu desejo geek. Um dos motivos que me levou a isso foi o alto índice de clientes satisfeitos. Fiquei durante alguns dias trocando ideias no Twitter e todos me aconselhando forteamente a comprar. Fiquei pensando em talvez usar o mesmo dinheiro pra comprar um Mac mini novo e um iPad 2 ou então dois iPad novos (pra minha e minha esposa).

     Hoje de manhã eu finalmente tomei coragem, entrei na Apple Store Online e coloquei o pedido. Uma coisa que me desagradou, logo de cara, é que no site dizia que entre 5 a 7 dias úteis o iMac seria despachado. Porém, ao finalizar a compra, o mesmo site me indica que eu estaria recebendo o produto entre 2 e 3 semanas. Muito tempo pra quem quer por as mãos em um dos seus sonhos de consumo. Além disso, não achei legal a atitude da empresa em não ter deixado esse prazo muito claro no início da transação. Detalhe: eu não customizei a máquina, o que costuma gerar atrasos.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Apple
mai 13

Apertem os cintos: o bom senso sumiu!

3 Comentarios »Postado por GordoGeek em 13/05/2011 às 08:33h

     No último final de semana eu baixei diversos aplicativos de jornais e revistas para testar no iPad, conforme comentei nesse outro artigo aqui no blog. Complementando o assunto, manifestei minha opinião contra o abuso que alguns detentores de direitos autorais por aqui também.

     Durante os meus testes com os aplicativos de jornais e revistas, acabei apurando um problema relatado por um leitor no Twitter. Segundo ele, diferente do que acontece nos aplicativos, que é possível pagar uma única vez e rodar em até 5 dispositivos (com a mesma conta da iTunes), no caso dos periódicos é diferente. Assim, eu configurei uma mesma conta em 2 iPads (meu e da esposa), baixei o aplicativo da Super Interessante (gratuito) e fiz a compra de uma mesma edição nos 2 dispostivos (in-app-purchase). Ontem finalmente chegou o relatório de compras da iTunes Store por email e constou lá a cobrança em duplicidade, como o leitor havia me alertado.

     Como eu disse no meu artigo sobre a falta de bom senso dos detentores dos direitos autoriais: tá muito melhor a vida de quem prefere não pagar pelo conteúdo do que daquele que age dentro da lei e remunera o que consome. É totalmente descabido o que vem acontece. Te cobram pela edição impressa, te cobram novamente pela digital, sem desconto algum e quando você quer compartilhar a mesma revista no iPad da sua esposa, como já faz desde 2008 com os aplicativos, tem que pagar novamente. É um convite para que o usuário “chute o balde” e prefira ir pro “lado negro da força”.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Apple
mar 29

Amazon Cloud Player: suas músicas na nuvem

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 29/03/2011 às 02:29h

     Ontem sairam rumores de que a Amazon iria lançar seu serviço de músicas na nuvem antes da Apple e do Google. Poucas horas depois, cá está ele e atende pelo nome de Amazon Cloud Player. Sabe do melhor? Você ganha 5GB de armazenamento gratuitamente e pode inclusive subir suas músicas atuais (sim, essas que você ripou ou pegou via torrent).

     Para começar a usar o serviço é necessário ter uma conta da Amazon. Eu como já tenho, só me autentiquei e comecei a subir minhas músicas pra testar. Infelizmente, meu upload não é dos melhores (300kbps), então demorou cerca de 3 minutos pra subir uma única música. O bom é que a ferramenta deles permite colocar várias músicas em fila, então você pode deixar seu computador fazendo isso de madrugada.

     De imediato, a Amazon disponibilizou o aplicativo para Android. Infelizmente, nada pro iOS por enquanto. Espero que a Apple não “implique” com o aplicativo, quando ele vier, já que ele vai atacar uma importante fonte de receitas da Apple. Porém, a julgar pelo comportamento recente, acredito que não teremos problema. Prova disso são os aplicativos que vendem livros, concorrentes diretos da iBook Store da Apple.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Android, Notícias
abr 07

Apple libera XServe

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 07/04/2009 às 15:14h

     Hoje a Store online da Apple saiu do ar e alguns boatos começaram rapidamente a circular. Porém, nada mais era do que o lançamento da nova linha XServe.

TAG(s):
Categoria(s): Notícias
fev 26

Olhando o Blog Apple Mania vi esta noticia que me deixou uma simples pergunta onde vamos parar? A resposta é simples, o céu é o limite. Não que isso seja dificil de fazer, claro que vários sites já trabalham com cartão de crédito sem problema nenhum, mas me impressiona a quantidade de softwares da App Store e as atividades que fazem.

A ProcessAway lançou ontem a aplicação que faz com que os comerciantes tenham a capacidade de desempenhar cobranças em cartão de crédito diretamente da interface de seus aparelhos iPhone ou iPod touch. O programa mantém registro de todas as transações e extensas funções de banco de dados. O interessante é abrir mão da maquininha que hoje em dia o aluguel da mesma custa na faixa de 70 a 80 reais por mês, o que nada mais é que uma parcela de um iPod touch de primeira geração.

O link para a aplicação você encontra aqui.

ProcessAway

TAG(s):
Categoria(s): Programas
jan 16

500 Milhões de Apps Baixados

2 Comentarios »Postado por Gilson Junior em 16/01/2009 às 14:44h

app-store-500mil

Acho que não precisa dizer mais nada né, pra quem não é bom no inglês pequei a tradução :

Existem mais de 15.000 aplicativos na App Store, e os usuários de iPhone baixaram incrivelmente 500 milhões, em todas as categorias de games e negócios.

Simplesmente fantástico, acho que foi uma bola dentro da Apple em 2008! Fantástico ver esses número. Steve deve estar bem feliz em casa.

TAG(s):
Categoria(s): Notícias
dez 31

Simplicidade com muita Física

4 Comentarios »Postado por GordoGeek em 31/12/2008 às 14:53h

Crayon Physics

Olha um jogo eu eu compraria (eu não bebi, realmente gostei!). Assistam o vídeo a baixo:

Via [iBlog Brasil]

TAG(s):
Categoria(s): Notícias
dez 12

RM Podcast 42

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 12/12/2008 às 01:15h

Esta semana o nossa conversa foi com o Pierre Freire sobre diversos assuntos ligados a tecnologia que aconteceram nesta semana.

 

Já se cadastrou para a promoção do livro “A Cabeça de Steve Jobs”?

Se não se cadastrou clique aqui.

 

Já se cadastou na promoção Ganhe um Pendrive de 8GB na faixa?

Se não se cadastrou clique aqui.

 

 

 

TAG(s):
Categoria(s): Podcast
preload preload preload