set 22

     Comentei várias vezes no YouTube e no Twitter que usei a operadora T-Mobile (como de costume) quando viajei para os Estados Unidos, mas ainda não havia feito um post a respeito. E, como muitas pessoas que vão viajar, acabam pesquisando aqui no blog sobre isso, vou deixar documentado algumas informações úteis para turistas brasileiros viajando para os Estados Unidos.

     Antes de mais nada, por que eu optei pela T-Mobile e não Sprint, Verizon, MetroPC, etc.? Primeiro de tudo, porque ela trabalha com a tecnologia GSM e funciona nos meus aparelhos. Ou seja, não adianta você ficar procurando planos em operadoras que usam tecnologia CDMA (sim, nos Estados Unidos ainda tem essa coisa) senão pretende comprar um dispositivo compatível. Parto do princípio que você vai querer usar no seu próprio telefone ou hotspot e a T-Mobile é uma das compatíveis.

     Aproveito para comentar que muitos brasileiros, abusando de um mecanismo conhecido como return (poder devolver facilmente um produto que não gostou, mesmo vários dias depois da compra), acabam comprando roteadores móveis (Mi-Fi), telefones e afins para usar durante o período que irão ficar no país e depois o devolvem. Eu realmente não recomendo ou incentivo a prática, mas… Achei que valia a pena comentar um pouco sobre isso, pois tenho certeza que deixaram isso nos comentários.

     Como em outros anos eu já usei AT&T, T-Mobile e Clear (uma operadora que usava a rede da Sprint, mas já morreu), não vi muita diferença de cobertura entre as operadoras. Tem locais onde uma é melhor que outra, mas no geral, especialmente pra turistas, que ficam zanzando o tempo todo, não existe uma diferença gritante entre uma e outra. Mas lembrem-se que minha experiência é restrita a Nova Iorque, ou seja, se você vai pra outra cidade americana, vale dar uma conferida no mapa de cobertura da operadora e ver se, pelo menos, ela oferece LTE por lá.

     Falando em LTE, esse é o “4G real” dos americanos. Quando aparecer 4G no seu aparelho, na verdade não é como o 4G do Brasil. O 4G americano refere-se ao que nós conhecemos como 3G+ ou 3G Plus, dependendo da operadora. Assim, se você quiser ter a experiência de usar uma internet móvel bacana, tem que ser LTE. Na minha experiência, sempre que caia de LTE pra 4G, ficava bem ruim. A latência aumentava muito e o uso ficava comprometido, especialmente no FaceTime, que usava muito pra falar com meus filhos.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
jun 27

Como usar internet 3G pré-paga nos Estados Unidos

1 Comentario »Postado por GordoGeek em 27/06/2012 às 19:27h

     Eu sei que alguns vão pensar “poxa, de novo esse alerta”, mas eu vou fazer em todos posts referentes a viagem pra evitar que nos comentários (como às vezes acontece) alguém venha me chamar de burro e dizer que o post foi uma porcaria, que não ajudou em nada, que eu quero me passar por sabichão e não sei nada, etc. Acreditem, por mais que eu faça os posts pra ajudar, ainda tenho que ler coisas desse tipo. Então, na tentativa de minimizar tais comentários, vou sempre colocá-los no início dos posts. Você, que já leu, pode começar sempre a ler do segundo parágrafo. Isso dito, lá vai: essa série de posts sobre a viagem que fiz são para compartilhar o pouco que sei e tais informações podem não ser as melhores alternativas pra você. Conto com os comentários dos leitores para me corrigirem e enriquecer o conteúdo.

     Todos os anos, quando vou para os Estados Unidos, eu faço um post sobre os planos de internet 3G disponíveis por lá. Infelizmente (ou felizmente) os planos mudam constantemente, então o post precisa ser atualizado. Como eu preciso fazer essa pesquisa antes da viagem pra saber o que vou contratar chegando lá, acabo compartilhando aqui no blog e sempre que alguém me diz que está indo pra lá, fica mais fácil simplesmente passar o link desse post, do que explicar as várias opções em 140 caracteres ou algo do gênero.

     Pra facilitar o seu trabalho, caso queira procurar as matérias antigas como referência, tomo a liberdade de listar aqui os outros posts que fiz sobre o assunto: Como usar internet 3G numa viagem aos EUA? (03/2010), “Dica: usando iPhone com AT&T nos EUA” (03/ 2010), “Como ter acesso a internet 3G nos Estados Unidos?” (03/2011) e “Internet móvel pré-paga por apenas USD 1.49/ dia” (04/2011). Alguns posts ainda são válidos pois explicam como alterar o APN das operadoras, por exemplo.

     Uma prática que notei estar virando praxe nos Estados Unidos é a operadora ofertar um plano de ligações, SMS e internet ilimitados por um preço atraente, porém eles limitam essa oferta ao uso de celular convencional (dumbphone). Se você quiser contratar o mesmo plano pra usar em seu smartphone, seja ele Android, iPhone, Windows Phone ou qualquer outro, eles cobram um extra no uso de dados. Evidentemente que quem tem um aparelho com mais recursos irá utilizar mais o tráfego de dados e pra não sairem no prejuízo, eles criaram essa regrinha. No entanto, acredito que, se você pegar o APN das operadoras e alterar no seu dispositivo, conseguirá utilizar numa boa (irei testar isso quando estiver viajando, no início do mês que vem).

     Se você tem um aparelho com chip da Claro, Tim ou Vivo e for usar o roaming internacional, recomendo que não repense isso. No pré-pago, a Claro não está disponibilizando tráfego de dados e cobra R$ 2,99 para originar ou receber chamadas, além de R$ 0,80 por SMS enviado (o recebimento é gratuito em todas as operadoras). A Vivo cobra R$ 2,99 o minuto, tanto recebido, como originado. Eles baixaram esse valor recentemente, pois era R$ 6,50 até esses dias. O SMS enviado custa R$ 1,18 o recebimento é gratuito. A Tim é a única operadora que está permitindo o tráfego de dados no pré-pago, comercializando 1MB por módicos R$ 33,00. O valor cobrado por ligação originada ou recebida é de R$ 4,49 por minuto e o SMS enviado é de R$ 1,50. Minha recomendação: se for fundamental você deixar seu número ativo lá fora, coloque-o num aparelho mais simples e não atenda chamada alguma. Se alguém te ligar, você retorna de volta usando um chip americano ou via Skype. As opções, veremos abaixo.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
abr 11

Internet móvel pré-paga por apenas USD 1.49/ dia

1 Comentario »Postado por GordoGeek em 11/04/2011 às 23:25h

     É bastante comum as pessoas irem para os Estados Unidos e me perguntarem como fazer pra ficar conectado por lá. Geralmente recomendo a AT&T, que custa USD 50 e tem 1GB de quota durante 30 dias. Fiz um post bastante completo sobre isso, comparando várias operadoras, que você pode consultar clicando aqui.

     Hoje eu vou falar da T-Mobile, uma opção mais barata, especialmente pra quem for ficar poucos dias na gringa. O chip deles custa USD 10 e a internet custa USD 1.49 por dia, podendo ser ativada através do site. Infelizmente, assim como acontece na AT&T, se você usar iPhone terá que alterar as configurações do APN, caso contrário, não irá funcionar. Outra coisa chata é que só vai rolar EDGE (nada de 3G), apesar de terem relatos que é até razoável a velocidade.

TAG(s):
Categoria(s): Apple, Dicas
abr 23

Celular do Google/ HTC vende 1 milhão

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 23/04/2009 às 17:05h

     Para aqueles que acham que ‘está chovendo’ apenas na horta da Apple, é melhor pensar duas vezes. Apesar da crise (ela anda está por ae?) a T-mobile anunciou que já vendeu mais de 1 milhão de aparelhos G1.

     Apesar de achar esse celular extremamente feio e mal acabado, não tendo a menor vontade de ter um tão cedo, o Android ainda tem muito potencial pelo visto e espero sinceramente que faça o pessoal da Apple se coçar (como já estão fazendo), sempre lançando novidades para não ficar atrás do prejuízo.

TAG(s):
Categoria(s): Gadgets
abr 22

Dupla envia 217mil SMS num mês

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 22/04/2009 às 16:09h

     Nick (29) e Doug (30) deviam estar sem muito o que fazer e resolveram bater o recorde mundial de envio de SMS durante um mês. Sem saber, eles também bateram um recorde de idiotices, pois receberam uma conta de USD 26mil.

     Os dois amigos “cabeçudos” procuraram na internet sobre o recorde de envio de SMS num único mês e conseguiram criar uma forma de enviar SMS simultâneos, chegando a incrível marca de 7.000 SMS diários. Ao longo do mês, esse número se transformou em 217mil SMS, o que totalizou uma dívida de USD 26mil com a operadora T-Mobile.

     A matéria não deixa muito claro o motivo, mas eles simlesmente acharam que a operadora não iria cobrar. Talvez eles tivessem um daqueles planos de SMS ilimitados, mas infelizmente isso não foi divulgado.

TAG(s):
Categoria(s): Notícias
jan 07

Blackberry Curve em fevereiro

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 07/01/2009 às 14:59h

     Para aqueles que acham o iPhone ainda muito fraquinho para o ambiente corporativo (como eu) e são fãs da RIM, uma boa opção que estará disponível a partir de fevereiro no mercado americano é o Blackberry Curve 8900.

     Oferecido primeiramente pela T-Mobile, o aparelho tem câmera de 3.2MP com estabilização de imagem, tela de 480 x 360 e possibilidade de fazer ligações através de conexões WiFi (Hummm).

     Update 07/01 16:22 => Se tem interesse pela plataforma RIM, leia também um artigo muito bacana no site da Info sobre a empresa brasileira Navita, que desenvolve aplicações para a plataforma.

TAG(s):
Categoria(s): Gadgets
nov 25

Drops de Maçã – Episódio 00d (Beta)

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 25/11/2008 às 15:10h

     Assuntos abordados: novos comerciais dos Macbooks, onde encontrar Macbook no Brasil, atualização do Safari, mais um processo contra a Apple, lBeatles na iTunes Store, duiPhone by Tellart, Mundo Record, Emoji, Facebook contra o spam, Google Chrome, G1 Branco e Opera Mini.

Episódio 00d – MP3

TAG(s):
Categoria(s): Notícias, Podcast
preload preload preload