nov 30

Bem vindo a curadoria de bunda bonita e bacon

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 30/11/2015 às 10:50h

     Há alguns dias eu dei uma dica aqui sobre como usar um recurso do Android pra evitar brigas desnecessárias no seu relacionamento. Abaixo eu mostro um pouco na prática como isso funciona.

     Como nem todo mundo usa Android (ainda mais com root) ou simplesmente não quer ter esse trabalho, na minha missão de conseguir um prêmio nobel, criei um esquema para compartilhar no Twitter, Facebook e Tumblr os likes que distribuo nas minhas contas do Instagram. Sim, contaS, no plural. Pra separar melhor as coisas, tenho várias contas.

     Eu sou um tarado por organização. Deve ser o TOC que me atormenta e gosto de separar tudo. Assim, deixei a minha conta G0rd0G33k pra postar coisas de tecnologia, uma pessoal (fechada) pra coisas família, outra só com mulheres bonitas (GG_Gatas), uma para paisagens fantásticas (GG_Paisagens), outra pra p0rn food (GG_Comidas), uma para projetos de arquitetura, casas e design interessantes (GG_Casas) e finalmente uma para bizarrices de gente ryka (GG_Rykos).

     Quem me acompanha a mais tempo deve lembrar que eu tinha o hábito de compartilhar muitas notícias de tecnologia no meu perfil GordoGeek no Twitter. Como algumas pessoas reclamavam que eu floodava a timeline com tanta coisa, no meio de 2011 eu acabei criando uma outra conta pra isso: GdGkNews. Lá eu faço uma curadoria das notícias mais importantes de TI, filtrando coisas repetidas, publi, etc. As notícias não são apenas em português, porque eu costumo dar preferência ao veículo que divulgou primeiro. E, diferente do que acontece em vários perfis de notícias que sigo, não fico enviando a mesma notícia ao longo dia, pra tentar atingir mais pessoas. Aliás, acho isso um saco e uma das vantagens da curadoria que faço é exatamente essa: sem repetições desnecessárias que só enchem o saco e fazem o leitor perder tempo.

     Se você ainda está pensando: “mas que coisa mais desnecessária!”, deixa só pra te dar um exemplo, como mostro no vídeo acima. Só na conta de mulheres bonitas, sigo mais de 700 perfis do mundo todo. Se você seguir algo parecido, vai perder um tempão. Além disso, vai ver um monte de fotos que não está a fim, como propagandas, unhas, pets (gatos, cachorros, papagaios, etc.), comidas, frases motivacionais, blablabla. A minha função é fazer uma curadoria nas diversas áreas dos perfis, de bunda a bacon. Assim, faço um resumo do mais importante e relevante sobre o tema e você economiza tempo, além de não precisar seguir trocentas contas e criar confusão com a patroa.

     Se a sua namorada é daquelas que não pode ver um decote na sua timeline que passa os próximos 45 minutos te dando esporro, não siga nenhuma gata no Instagram. Instale o app do Tumblr, joga o ícone dele em algumas pasta perdida no seu smartphone, siga apenas meu perfil de GG_Gatas ou simplesmente aponte seu browser para a URL mais fácil de lembrar de todos os tempos: http://GATAS.gordogeek.com. Confessa vai, você quer me dar um super aperto de mão e um enorme obrigado por tornar sua vida uma moleza, né?

     Vou passar todos os endereços onde você pode acessar esse conteúdo selecionado por áreas pra vocês. Vamos começar com as URLs fáceis que apontam para o Tumblr. Como já disse, tem o de http://gatas.gordogeek.com, para mulheres bonitas. Lembrando: são mulheres bonitas e não putaria! Se quer putaria, acesse o http://putaria.gordogeek.com (não disse que sou organizado?!). Para paisagens do caralho, http://paisagens.gordogeek.com. Para comidas de saltar aos olhos, http://comidas.gordogeek.com. Tem também o http://casas.gordogeek.com e o http://rykus.gordogeek.com.

     As contas de Twitter são: @GG_Gatas, @GG_Paisagens e @GG_Comidas. No Facebook: Gatas, Paisagens e Comidas.

TAG(s):
Categoria(s): Android
nov 06

Um convite sincero ao amigo internauta: me dê unfollow

3 Comentarios »Postado por GordoGeek em 06/11/2014 às 21:01h

     Esse talvez não seja o canal mais adequado pra esse tipo de postagem, mas como eu não tenho outro blog, tumblr, Facebook e afins, vai aqui mesmo. E quem achar ruim ter um post desse tipo entre dezenas de outros de tecnologia, aceite também o convite que irei propor. É sincero e de coração.

     Acredito que muitos leitores do blog, espectadores do canal e seguidores do Twitter talvez não saibam, mas eu não vivo de produzir conteúdo pra internet. Faço como um hobby. É algo que eu gosto e me relaxa. Assim, quando não tô afim, simplesmente não faço. Também não abordo assuntos da moda, que eu não curto, apenas porque dá audiência. A regra é: gosto, publico. Não gosto, caguei.

     Cresci num lar onde política sempre foi um assunto presente. Meu pai já exerceu alguns cargos e desde cedo eu ia pra palanque, pra rua fazer campanha, pra palácio de governo acompanhar meu pai a “mendigar verba” em convênios, etc. Vez ou outra recebíamos um Sarney, Michel Temer, Covas, Quércia, Fleury e afins em casa. Ou seja, eu sempre me interessei pelo assunto, apesar de não falar tanto sobre ele. Isso não virou uma obsessão de uma hora pra outra.

     Nas últimas semanas eu comecei a falar mais de política em meu perfil do Twitter, especialmente mostrando fatos que julgo relevantes pra nossa economia, já que muitos imaginam que o país anda bem pra caralho. Ou então, até desconfiam que as coisas não andam bem, mas resolvem ignorar, porque “política é um assunto chato”. Pode ser chato, pode não ser do seu interesse, mas afeta diretamente sua vida. Quer ver uma pequena amostra?

     A qualidade das escolas públicas, a qualidade da saúde, da segurança, do transporte e mais uma infinidade de coisas, depende de políticos. Se eles acertam ou fazem cagada, quem paga o preço somos todos nós, pagadores de impostos que vivemos no país. Se a qualidade da sua internet tá ruim, é por culpa deles, já que a agência reguladora é fraca e não consegue exercer seu papel, seja pelo pouco poder legal que tem (pra impor multas e sanções), seja porque o governo contigencia verbas (impostos que nós pagamos pra essa finalidade e o governo aloca pra outras) e ela não consegue ter tantos funcionários quanto precisaria.

     Não vou fazer um post gigantesco, enumerando em detalhes o quanto política é importante. Se você até hoje não entendeu, não sou eu quem vai fazê-lo entender em algumas linhas. A única coisa que peço é respeitar o meu direito de falar o que eu achar que devo no meu perfil do Twitter. Se não está interessante, se está chato, se não está curtindo, basta apertar um botãozinho e tudo se resolve. Talvez, num futuro, eu até fale menos de política, como era antes. Mas, no momento, eu quero falar sobre isso e tenho esse direito. Assim como você tem o direito de não gostar e parar de seguir. Não vou ficar chateado, inclusive com amigos, já que acho que o fato de seguir ou não alguém, não tem a ver com amizade e sim com interesse pelo conteúdo.

     Se eu te mandei esse link no Twitter, logo depois de você ter “reclamado” que gostava mais do perfil como era antes, saiba que não estou desprezando sua opinião. Só acho que o meu direito de fazer o que acredito está acima do seu direito em querer pautar o meu conteúdo e, acima de tudo, lutar pelo que acho certo para os meus filhos, pra mim e para o meu país.

TAG(s):
Categoria(s): Geral
set 05

Evite ser processado por se expressar de forma indevida

1 Comentario »Postado por GordoGeek em 05/09/2014 às 11:13h

     Esses dias eu tava no Facebook e me deparei com uma coisa que o NerdPai havia compartilhado. De forma bem resumida, era o caso de uma garota que ia se casar e, 6 meses antes, fechou uma maquiagem com uma profissional, que por acaso tem um blog de moda. Bem, no dia combinado, tudo deu errado e a garota passou por maus bocados num dia que, todo mundo sabe, é crucial na vida de qualquer mulher.

     Como recentemente parece que virou moda as empresas processarem clientes que “falem mal” delas em redes sociais, acabei consultando o professor e advogado Maurício Bunazar pra saber o que ele achava do caso. Em resumo, a pessoa pode sim usar da sua liberdade de expressão para narrar um fato que aconteceu com ela, seja a amigos, seja usando redes sociais. Porém, não é prudente que faça isso usando insultos, xingamentos e outros. Eu sei, na hora da cabeça quente, vale tudo. Porém, se você apenas narrar os fatos como realmente aconteceram, o risco de tomar um processo por isso é reduzido.

     Vale lembrar ainda que, em tese, qualquer pessoa pode ser processada, tendo ou não razão. Se o juiz vai acolher os argumentos do autor da ação, se o processo vai seguir em frente ou não, são outros 500. Porém, acredito que vale a pena tomar o mínimo de prudência ao usar as redes sociais para emitir suas opiniões. E lembro ainda que, se você for citado e tiver que apresentar defesa, vai por a mão no bolso em quase R$ 2.000,00 pra conseguir um advogado. Mais o tempo indo a escritório de advogacia, indo a audiências no fórum, etc. Ou seja, se der pra evitar, é bom, né?

     Parece um pouco contraditório que alguém como eu, que sempre estimula as pessoas a correrem atrás dos seus direitos, faça um post estimulando as pessoas a serem prudentes. Mas uma coisa não exclui a outra! Você pode sim se manifestar, contar o que houve, exercer seus direitos e não ser penalizado por isso. Mas lembra o que houve com uma pessoa que foi a um estabelecimento e deixou um review negativo no Yelp? Foi processada pela empresa e com certeza passou por um dissabor que não gostaria. Ela estava certa? Estava errada? Eu tenho minha opinião, mas ela não vale de muita coisa, já que quem irá decidir é o Judiciário. E isso você deve ter em mente. Não faça apenas o que você acha certo, mas o que a Lei acha certo. E sobretudo, tenha provas (fotos, vídeos, textos, testemunhas, etc.) para provar o que foi dito.

     Vale ainda usar esse espaço para falar um pouco sobre calúnia e difamação. Muita gente acaba se referindo “calúnia e difamação” da mesma forma que fala “Chitãozinho e Xororó”, ou seja, como se fosse uma coisa só. Não são! Inclusive cada um tem seu próprio artigo no Código Penal. Pra saber um pouco mais sobre isso, recomendo esse texto do portal JusBrasil.

     Talvez o alerta mais importante que fique aqui, conforme consta no texto acima citado, seja o fato de sair dando RT ou comentando com base em fontes pouco confiáveis. Você pode não ter sido a origem da história, mas o fato de ajudar a propagá-la, seja com RT, like, compartilhando, etc. ao menos em teoria, já o enquadraria como coautor ou facilitador. Se o juiz vai interpretar dessa forma, ninguém sabe. Mas o risco existe.

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
ago 08

Perfil privado no Twitter? Repense sua decisão.

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 08/08/2013 às 23:24h

     Eu entendo que algumas pessoas deem mais valor a sua privacidade do que outros e, apesar de terem vontade de participar de uma rede social, não querem expor sua vida para quem não conhecem. E assim, acabam optando por deixar seu perfil privado, ou seja, só consegue ter acesso a suas postagens quem foi previamente autorizado. Porém, o que muitos não sabem, é que isso não funciona como deveria.

     Recentemente eu tentei, pela terceira ou quarta vez, separar um pouco a minha vida particular do perfil @GordoGeek. Acabei criando o perfil @MrWhinston e deixei privado, para me relacionar apenas com meus amigos. Porém, eu falava com eles e ninguém me respondia, apesar deu ter me apresentado e tudo. Fiquei pensando: o que diabos está acontecendo?

     Ao compartilhar minha dúvida, me disseram que o Twitter teve a brilhante (#NOT) ideia de não permitir que alguém citado por perfil privado na rede social tenha acesso a essa citação. Exemplificando: meu perfil privado @MrWhinston manda: “@Fulano, você vai no churrasco no sábado?”. E o @Fulano, que não segue o perfil @MrWhinston, não recebe absolutamente nenhuma notificação dessa mensagem. No geral, a pessoa que enviou, acaba ficando p. da vida por ser ignorada.

     Já era pra eu ter deixado esse alerta há algum tempo, mas pela correria, acabei não compartilhando o problema. Hoje, um cliente me mandou um email dizendo: “poxa, eu tento falar com você e com a @GG_Tel no Twitter, mas vocês me ignoram e não resolvem meu problema”. Achei bastante estranho, pois procuro responder a todos, o mais rápido possível. Ae fui investigar o ocorrido, para que não acontecesse novamente e vi que o perfil da pessoa era privado, ou seja, o Twitter não nos deixou ter acesso as inúmeras citações da pessoa. Legal, né?

     Respeito a sua privacidade, eu também tento me policiar quanto a isso, mas fique ciente dos problemas atrelados a essa sua decisão. É como se você fosse pra uma festa com fones de ouvido e fucinheira.

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
jun 10

Frustração do dia: cobertura da WWDC 13

3 Comentarios »Postado por GordoGeek em 10/06/2013 às 15:52h

     Mesmo pagando três provedores de internet, tudo pra ter contingência e conseguir trabalhar usando a internet, às vezes Murphy nos sacaneia de uma forma inacreditável. Se contar, ninguém acredita. Mas se mostrar um vídeo, fica mais fácil de aceitar, né? Então vejam abaixo:

     Recentemente eu migrei para um provedor via rádio aqui na cidade, chamado Process. Eu pago R$ 120,00 por uma conexão de 4Mb (sim, é caro) e ainda fiquei fidelizado por 2 anos. Eu ia cancelar o Speedy, mas acabei negociando um desconto com a Vivo, de forma que eu achei melhor ter esse custo extra para contingência. E, pra fechar, também sou cliente da Claro, Tim e Vivo (móvel).

     Como dizem que uma desgraça não vem sozinha, o Twitter também resolveu bloquear meu acesso porque eu ultrapassei os limites diários. Eu pagaria com gosto uma conta premium do serviço, pra não ter esses limites ridículos, mas como eles não sabem como fazer dinheiro… Enfim, peço desculpas pra quem iria acompanhar a WWDC comigo. Falhei.

TAG(s):
Categoria(s): Apple
out 18

Tweetings leva notificações push para o Android

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 18/10/2012 às 22:51h

     Boa parte dos apps de Twitter para Android oferecem notificações, mas o fazem de uma maneira um tanto lusitana, deixando a aplicação rodando em background e verificando novidade a cada x minutos (pré-configurado pelo usuário). Até onde eu sei, o Tweetings é o primeiro (e único até o momento) a entregar as notificações praticamente em tempo real, de forma simular a central de notificações da Apple no iOS.

     O Tweetings é um dos clientes de Twitter que mais gosto na plataforma do robô verde, juntamente com o Plume e o Twedere. Custando R$ 4,27 (algo em torno de USD 1.99), o aplicativo é meio poluído, mas depois de uns pequenos ajustes, fica muito bacana de ser utilizado. Com a adição essa semana das notificações via central da Google, as coisas ficaram ainda melhores e você pode ser avisado sobre DMs, mention, RTs, novos seguidores, etc.

     Como você já deve saber, todo aplicativo comprado via Google Play pode ser testado e, caso não aprovado, estornado o pagamento até 15 minutos depois da primeira execução. Assim, caso queira fazer alguns testes, pode comprar sem medo. Eu aprovei.

TAG(s):
Categoria(s): Android, Dicas
jan 19

Como instalar o iOS 5 no iPhone 2G? Whited00r nele!

20 Comentarios »Postado por GordoGeek em 19/01/2012 às 15:14h

     Ontem eu vi inúmeras notícias a respeito do Whited00r, que supostamente permite que seja instalado o iOS 5 em dispositivos mais antigos, como o iPhone 2G. Bom, não é bem assim. O que na verdade acontece é que, usando o último iOS oficial disponível pra tais dispositivos (no caso do iPhone 2G é o 3.1.3), o pessoal coloca um monte de hacks, de forma a colocar novos recursos no aparelho.

     Eu tive o prazer de poder comprar todos os iPhones. Desde 2007 que venho “colecionando” os gadgets. Cheguei até a montar um pequeno espaço no escritório para deixá-los expostos. Porém, no final do ano passado, resolvi dar esses mimos para os familiares. O iPad 1G foi pra minha mãe, o iPhone 3G pro meu irmão e o iPhone 3GS pra minha irmã. O iPhone 4 iria pro meu pai, mas bem, eu acabei quebrando-o antes disso :(

     Conforme contei por aqui, minha mãe iria comprar um smartphone Android. Porém, a moça da loja acabou dando um migué nela e fez com que ela comprasse um Nokia. Assim, resolvi instalar o Whited00r no meu iPhone 2G e dar esse pra minha mãe. Sem ele, não daria pra instalar aplicativos básicos, como Twitter, Facebook e Skype, já que não existem versões oficiais compatíveis pra esses dispositivos mais antigos.

     O processo de instalação é bem simples, bastando baixar o arquivo no site oficial, descompactando o ipsw e restaurando o iPhone com tal arquivo. Aqui comigo funcionou tudo perfeito, em menos de 5 minutos. Porém, vi várias pessoas no Twitter dizendo que deu erro para restaurar. Não sei se é porque meu iPhone já estava com jailbreak ou algo assim, mas graças a Deus, eu que sempre sou “privilegiado” com erros, dessa vez fiquei imune.

     Uma coisa bastante curiosa é o processo de instalação de aplicativos no aparelho. Claro, você ainda pode instalar via iTunes, mas a enorme maioria vai se mostrar incompatível. Assim, a maneira mais rápida é acessar o ícone da App Store no próprio aparelho. Porém, você vai notar algo estranho. Isso porque a galera que customizou o firmware colocou um outro aplicativo associado a esse ícone. Lá, existem versões antigos de vários aplicativos famosos (tudo de graça), hospedados naqueles sites de download, tipo rapidshare e similares. Pra baixar um aplicativo, basta clicar sobre ele e esperar alguns segundos. Vai aparecer um link no centro da tela e clicando nele, o aplicativo vai pra aba de downloads. Assim que terminar de baixar, ele será instalado.

     Além de dar uma nova vida pro aparelho, possibilitando acessar vários aplicativos (mesmo sendo versões antigas) que não daria pra instalar de maneira oficial, existem inúmeros outros benefícios no procedimento. A lista de todos eles pode ser conferida aqui, mas ressalto alguns, como a multitarefa, as pastas e wallpaper na homescreen.

     Muito gente me perguntou a respeito da performance. Claro que não ficou extremamente rápido. Vamos lembrar que o aparelho é de 2007! Porém, dá pra usar numa boa, tendo um pouco de paciência. Vejam esses 2 vídeos (aqui e aqui) e confiram como ficou.

TAG(s):
Categoria(s): Apple, Dicas
out 21

O Echofon não é uma beleza, mas é muito útil

3 Comentarios »Postado por GordoGeek em 21/10/2011 às 16:19h

     Já dizia o poeta Vinícius de Morais: “que me desculpem as feias, mas beleza é fundamental”. Um dos principais motivos deu fazer tanta piada com o Android é a beleza. As coisas geralmente funcionam, mas são tão feias, que acabam ocultando as suas qualidades. E não é só culpa do Google e dos fabricantes (apesar deles terem culpa no cartório), mas principalmente dos desenvolvedores, que parecem não dar a devida atenção a beleza e usabilidade. Mas esse post não é sobre isso e sim, sobre o Echofon, um dos clientes de Twitter mais populares que existem.

     Cada pessoa tem um gosto, que pode seguir os mesmos padrões da maioria ou não. Bem, o Echofon é um daqueles que grande parte das pessoas torce o nariz. Eu usei durante anos o cliente oficial do Twitter, mas acabei indo pro Echofon (tanto no Mac, como no iPhone) pois suas qualidades acabaram falando mais alto do que simplesmente a estética. Dentre elas, está a sincronia da timeline entre os dispositivos (nem sempre funciona 100%, mas é melhor que nada) e o recurso de mute, que funciona tanto para usuários, como para termos, hashtags, etc. Aquele seu amigo tá falando freneticamente sobre a novela ou futebol? Dá um mute nele e deixe sua timeline limpa novamente, sem “ofendê-lo” com um unfollow ou bancando o “cagador de regras”. O problema são as propagandas? Bloqueie a palavra #ad (muito comum em tweets patrocinados) e seja feliz. O melhor de tudo é que fazendo isso no Mac, as regras vão automaticamente para iPhone e iPad. #FicaDica

TAG(s):
Categoria(s): Apple
jul 13

Novo Skype, Twitter e Market e dão gás aos robozinhos?

2 Comentarios »Postado por GordoGeek em 13/07/2011 às 22:16h

     Essa semana eu dei uma encostada no meu Nexus One, que uso como celular secundário, para começar a usar o Galaxy S. Muitos confundiram com o Galaxy SII, lançado recentemente pela Samsung, mas eu optei por comprar a versão anterior, conforme expliquei aqui nesse outro post. Acabei dando sorte, pois nos últimos dias saiu update do Skype, Twitter e Android Market. Mas isso acabou trazendo melhoras significativas ao usuário?

     Seguindo em ordem cronológica, a primeira novidade foi o lançamento do Skype. A promessa era trazer a vídeo-chamada para os dispositivos Android e isso não veio. Pelo menos, não integralmente, uma vez que meia dúzia de aparelhos foram contemplados com a melhoria. No mesmo dia, surgiu uma versão modificada para suportar outros dispositivos. Eu testei no Nexus One, Galaxy Tab e Galaxy S. O resultado foi o pior possível: travamento seguido de travamento. Ou seja, se você faz parte da imensa maioria de usuários que não possui um dos aparelhos compatíveis com a nova versão, não teve o benefício e ficou com uma sensação muito conhecida dos usuários do robozinho: fui excluído.

     A novidade que apareceu ontem foi no novo Android Market, a loja onde o Google comercializa aplicativos, música, vídeos e livros. Oooops, novamente, não pra todo mundo. Eu tive que fazer uma gambiarra, similar a do Skype, jogando o arquivo da nova loja manualmente. Funcionou, mas ainda assim fiquei sem poder comprar livros, música e vídeos, pois isso só foi liberado para alguns países. Se vai chegar por aqui, ninguém sabe. Ou seja, novamente, grande parte dos usuário não teve qualquer vantagem nesse update, além da estética.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Android
abr 14

Tweetbot: o cliente de Twitter queridinho da vez

9 Comentarios »Postado por GordoGeek em 14/04/2011 às 02:39h

     Existem dezenas (senão centenas) de clientes de Twitter para iOS e de tempos em tempos, algum cai nas graças do pessoal. Dessa vez, parece que o queridinho atende pelo nome e Tweetbot e foi lançado a pouco por USD 1.99 na App Store.

     Eu conheci o aplicativo por indicação do @MacMasi, mas pouco tempo depois, começaram a pipocar avaliações muito positivas do aplicativo em vários sites do mundo da Maçã. Acabei comprando pra ver qual era a do bicho.

     A primeira impressão que tive é que parecia o cliente oficial do Twitter, mas com uma “skin” diferente. Várias características bacanas, presentes no Twitter for iPhone, como puxar a timeline pra baixo para atualizar, estão presentes no Tweetbot. E por mais incrível que possa parecer, mais bem implementada. Bonitona mesmo!

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): App Store, Apple
preload preload preload