out 05

Como instalar aplicativos da Google Play americana

1 Comentario »Postado por GordoGeek em 05/10/2015 às 17:37h

     Recentemente eu precisei instalar um app que só estava disponível na Google Play americana (iSmartAlam) e fiquei meio sem saber como proceder. Primeiro, pensei que talvez fosse necessário ativar uma VPN e usar um IP americano. Mas não deu. Depois, tentei colocar meu chip da T-Mobile no celular e também não deu. Descobri que contornar essa limitação era mais simples do que eu imaginava. Vamos aprender como!

     Se você tiver uma conta Google americana, basta mudar pra essa conta na Play Store e baixá-lo. Caso ainda não tenha, será necessário criar uma. Contudo, recentemente o Google está fazendo algumas validações e isso pode ser um problema pra você. Mas dar um jeitinho nisso é fácil.

     Nos últimos dias eu escrevi uma séria de artigos aqui dando dicas de como usar uma VPN gratuitamente, bem como conseguir um número de telefone americano também na faixa. Pra criar a conta Google gringa, você precisará de ambos. Porém, apenas na criação. Depois, pra usar, não será necessário.

     O primeiro passo é abrir uma aba anônima no seu navegador favorito (Chrome, Firefox, Safari e outros tem esse recurso), para que ele não identifique qualquer outro login seu no Google. Depois, ative a VPN e certifique-se que está com um IP americano. Você pode fazer isso acessando o site MeuIP, por exemplo. Depois, acesse o Gmail, informe que deseja criar um novo cadastro e preencha seus dados. Provavelmente, lá no final, ele vai te pedir um número americano para enviar um SMS e validar a conta. Informe o criado previamente (conforme oriento no outro post) e pronto.

     Com sua conta Google criada, logue-a no smartphone, procure o app que deseja baixar e corra para o abraço. Ah, caso ainda não tenha, aproveite para criar um Google Voice e faça chamadas ilimitadas/ SMS para Estados e Canadá e um correio de voz muito bom, com transcrição de voz para texto, além de recursos muito interessantes de telefonia e comunicação no geral.

TAG(s):
Categoria(s): Android
set 29

Como conectar seu Google Voice num dispositivo SIP

1 Comentario »Postado por GordoGeek em 29/09/2015 às 16:35h

     Talvez poucos leitores habituais do blog se interessem por esse post, então antecipadamente peço desculpas. Mas queria compartilhar um serviço gratuito que permite integrar uma conta Google Voice com equipamentos compatíveis com o protocolo SIP, o padrão de comunicação VoIP nas empresas.

     No meio empresarial, as pessoas até utilizam outras formas e protocolos de comunicação, como Skype, WhatsApp, Viber, Hangouts e afins. Mas o padrão mesmo é usar equipamentos compatíveis com o padrão SIP, que é sinônimo de VoIP empresarial. Assim, PABX, telefones IPs, ATAs, softphones e outros, ao menos nas empresas, geralmente são desse padrão.

     Fuçando no Google eu achei alguns poucos serviços compatíveis com Google Voice e SIP. A maioria deles, foi descontinuada. O único que consegui fazer funcionar foi o GVSIP, que apesar de planos pagos, tem um gratuito que vai atender a maioria dos usuários, uma vez que oferece 1.000 minutos grátis por mês.

     Caso você tente acessar o site e se depare numa mensagem de bloqueio, não ache estranho. É uma espécie de firewall provido pela CloudFare. Serve pra bloquear ataques de negação de serviço e outros. Assim, basta dizer que você não é um robô, digitando os números que serão mostrados pra você e o site carregará normalmente.

     Após criar a conta, você irá receber suas credenciais de acesso ao servidor SIP deles. Basta fazer essa autenticação usando um equipamento compatível, que pode ser desde um softphone (tal como o Acrobits, Bria ou X-Lite) ou um servidor iPBX. Quanto a conta Google, não precisa fornecer seus dados de acesso, pois a autenticação é feita de forma segura, com você autorizando o acesso a sua conta.

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
set 28

Como receber chamadas do Google Voice no smartphone?

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 28/09/2015 às 23:36h

     Na semana passada eu fiz um post mostrando algumas formas de se obter um número americano gratuito. No post, eu disse que o Callcentric servia apenas para receber chamadas de voz e o HeyWire para receber SMS. Faltou dizer que, uma vez ativado, o Google Voice serve para ambos os propósitos.

     Tanto no iOS (iPhone, iPad e iPod Touch), quanto no Android, você pode instalar o app do Hangouts para receber e efetuar, tanto chamadas de voz, quanto mensagens de texto (SMS). No caso de tablets, geralmente basta se logar com a conta Google e tudo vai funcionar. Porém, nos smartphones, tem um pulo do gato que eu só descobri depois de muito quebrar a cabeça.

     Eu estava com a minha conta Google logada no iPad e no iPhone. Porém, quando ligava do Skype para meu número americano do Google Voice, apenas o iPad tocava. O iPhone não tocava, mesmo eu deixando o app do Hangouts aberto. Achei que fosse um problema com o IP e ativei a VPN, mas não rolou. Então, coloquei um chip americano da T-Mobile e também não funcionou. Por fim, comecei a mexer em vários menus e finalmente achei o macete.

     Logo que você ativar sua conta Google no Hangouts, ele pode te pedir pra verificar o seu número. Porém, não é sempre que ele pede. Eu reinstalei o app várias vezes e ele não pedia mais. Mas, fuçando nos menus, achei como fazer isso. Basta ir até o menu lateral, clicar em Configurações, ir até “Número de Telefone” e inserir seu número para validar. Assim, logo que chegar o SMS contendo o código de 4 dígitos, insira-o e valide-o. Feito isso, o Hangouts passará a aceitar as chamadas internacionais no seu número Google Voice.

     Por fim, uma última dica. Eu havia mencionado que o número americano do Google pode receber chamadas e SMS, né? Como eu tenho algumas contas para teste, descobri que apenas números de algumas cidades específicas tem a função de SMS. Assim, se você precisa do recurso, escolha números dos prefixos (561) ou (551). Podem haver outros com o mesmo recurso, mas como não criei contas suficiente para testar todas as cidades disponíveis, fica a dica.

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
abr 04

Google Search respondendo a perguntas em português

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 04/04/2013 às 07:23h

     A Google começou a disponibilizar o recurso de resposta por voz no Google Search do Android. A fala ainda é bem precária, totalmente robotizada, mas dá pra ter uma ideia do que vem por ae. Pelo menos demonstra que não estão parados, como a Siri da Apple.

     O teste acima foi feito no Nexus 7, o tablet da Google que roda o Android puro. Tentei em outros aparelhos com Android modificado (Cyanogenmod) e não consegui. Pelo Twitter, alguns usuários me falaram que funciona sim. Ainda não tive tempo de mexer mais nisso e descobrir o motivo.

TAG(s):
Categoria(s): Android
out 02

Como fazer chamadas de graça para os Estados Unidos

5 Comentarios »Postado por GordoGeek em 02/10/2012 às 15:21h

     No começo de agosto eu expliquei aqui no blog como ter um número americano de graça. Na ocasião, disse que havia um problema chato com relação a utilizar a mesma conta Google Voice pra ligar de graça para números americanos. Hoje, vou mostrar como resolver isso.

     Pra quem é usuário de Android eu recomendo o GrooveIP (R$ 10,12). Existe uma versão grátis, mas ela tem algumas limitações chatas, como não funcionar via 3G (apenas Wi-Fi).

     Já para iOS, o único que consegui fazer funcionar da forma que eu queria é o Phone for Google Voice (grátis). Tem alguns outros apps por lá, inclusive pagos, que comprei pra fazer o post e achei bem ruins. Sem dúvida, esse que citei é o melhor custo x benefício.

     Apenas para relembrar o problema que vinha tendo, citado no outro post, é que como o Google Voice é um produto voltado pro mercado americano, para usá-lo no Brasil existem alguns problemas. Usando qualquer um dos apps citados acima, você não vai precisar mascarar seu IP (seja com VPN, proxy, etc.) e nem receberá uma ligação callback. Pra fazer uma chamada, basta abrir o app, digitar o destino e aguardar atender.

TAG(s):
Categoria(s): Android, Apple
ago 06

Como ter um número de telefone americano de graça

7 Comentarios »Postado por GordoGeek em 06/08/2012 às 17:30h

     Já tem bastante tempo que ouço falar do Google Voice, mas apenas recentemente, confrontado com um problema no trabalho, fui me informar mais a fundo sobre o serviço. Em resumo, o serviço nasceu com o nome de GrandCentral e foi comprado pela Google em 2007, sendo que esse ficou na geladeira por quase 2 anos até ressurgir com o nome atual. Mas o que diabos ele faz?

     O serviço ficou algum tempo restrito apenas para os Estados Unidos e aos poucos foi sendo disponibilizado para outros países, como o Brasil. Porém, as funções mais legais ainda não funcionam pra gente. Aqui, só podemos ligar para outros usuários do serviço e, comprando créditos, para telefones fixos e móveis do Brasil e do mundo, pagando uma tarifa mais baixa que a da telefonia tradicional.

     Nos Estados Unidos, o serviço é bem legal e inclusive disponibiliza um número americano de graça pro assinante. Com esse número, dá pra ligar pra telefones nos Estados Unidos e Canadá de graça (até 10.000 minutos por mês), bem como enviar SMS. Além disso, lá o serviço não fica restrito ao computador e pode ser usado tanto no iOS como no Android. E não para por ae, você pode cadastrar outros números de telefone, divulgar apenas o recebido pelo Google e, quando alguém te ligar, ele vai tocar em todos os telefones ali cadastrados. Como facilidade adicional, ainda tem uma espécie de serviço de firewall, onde você pode configurar rotinas de acordo com o grupo que te ligou (família, amigos, trabalho, etc.). Outra coisa que achei super bacana é que, se alguém deixa um recado no seu correio de voz, a mensagem vem transcrita pro email e também via SMS para seus números cadastrados.

     Como fiquei brincando com o serviço na noite de ontem, descobri algumas coisinhas que gostaria de compartilhar. Assim, quem precisar de um número americano, seja pra receber ligações de amigos, parentes, empresas, etc. ou pra fazer chamadas pra lá, poderá usufruir do serviço.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
preload preload preload