dez 07

     Final de ano está ae e muita gente resolve viajar. Se você é daqueles que recebe muitos parentes e não quer vê-los sugando toda sua banda de internet, te deixando sem nada para as suas coisas, veja como proceder. É muito simples e fácil, trazendo um enorme benefício para a sua rede.

     A limitação da velocidade de internet para convidados não é apenas “filhadaputagem”. Muita gente hoje em dia trabalha em casa e, como muitas pessoas são leigas, acabam clicando em um mundo de coisas e, algumas vezes, baixam um bocado de conteúdo pesado, deixando tudo lento. Se você trabalha em casa e precisa de uma banda mínima pra executar sua rotina, deixar a rede sem nenhum controle é um pesadelo. Mas você não precisa passar raiva com isso.

     A primeira dica que dou é implementar uma rede somente para convidados, como explico nesse outro post. É altamente recomendável fazer isso pois você cria uma rede isolada da sua. Assim, se alguém tiver vírus, não vai passar pros seus computadores. Além disso, eles terão acesso a internet, mas não a seus computadores. Ou seja, nada de fuçar em suas coisas e de repente achar aquela pastinha cheia de putaria.

     Muitos roteadores tem a função de gerenciamento de velocidade. Eu uso um TP-Link N750 (TL-WDR4300) e vou me basear nele. Porém, é bem provável que o seu também tenha esse recurso. Basta procurar um pouco nas opções dele pelas palavras chaves: Bandwidth Control.

     Aqui no meu caso, clico em “Guest Network” e na tela da direita, logo em cima, tem a opção “Enable Guest Network Bandwidth Control” para marcar. Abaixo, ficam as opções “Egress Bandwidth For Guest Network” e “Ingress Bandwidth For Guest Network”, que controlam, respectivamente, upload e download. Como minha internet é de 20Mb (pelo menos nominalmente), eu deixei algo em torno 2Mb de upload e 4,5Mb de download. Não é muito, mas suficiente pra usarem redes sociais. É melhor que o 3G por aqui, não vai usar a cota dos seus convidados, nem vai entupir a rede e impedir que se trabalhe.

     O controle é eficiente? No meu roteador, posso dizer que sim. Ao medir a velocidade pelo site SpeedTest, fica basicamente dentro do especificado no roteador, oscilando bem pouco. E, quando eu mudo a velocidade, nem precisa reiniciar. As novas diretrizes já passam a valer de imediato.

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
dez 07

Como criar facilmente uma rede Wi-Fi para convidados

1 Comentario »Postado por GordoGeek em 07/12/2015 às 11:20h

     Esses dias eu comentei no Twitter que havia criado uma rede Wi-Fi para convidados que vem em casa e me perguntaram como se faz isso. O mais curioso é que muita gente achou que isso é complicado ou caro de se fazer. Não é.

     A maior vantagem em se criar uma rede para convidados é separar a sua rede local da rede que os convidados terão acesso. Assim, ao se conectar na rede para visitas, eles só poderão usar a internet e não terão permissão de ver seus computadores. Assim, você diminui os riscos de alguém acessar algo que não deva (como aquelas suas fotos íntimas).

     Infelizmente não existe um padrão e cada fabricante tem uma interface diferente para seus produtos. Acontece inclusive do mesmo fabricante ter interfaces diferentes dependendo dos modelos de roteadores comercializados.

     Eu tenho vários roteadores em casa, pois a pessoa que a construiu deve ter utilizado paredes de chumbo. Pouco tempo depois de me mudar, eu gastei uma graninha passando cabos RJ-45 Gigabit para os cômodos. Foi trabalhoso e um tanto caro, mas consegui interligar os roteados por um cabo de alta velocidade e não via Wi-Fi em modo WDS, como geralmente as pessoas fazem quando não querem ter muito trabalho.

     O meu roteador central (onde chega o cabo do modem do provedor da internet) é um TP-Link N750 (TL-WDR4300). Na época que comprei, ele estava por volta de R$ 275. Hoje, pelo que vi no Buscapé, está bem mais caro (agradeço ao dólar alto). O lugar mais em conta (e confiável) que encontrei foi no Walmart por R$ 379 em 3x.

     Apesar do meu roteador não ser dos mais baratos, eu já vi essa função de criar rede para convidados em aparelhos na faixa de R$ 200. Acredito que, apesar de diferentes, as interfaces são um tanto parecidas e as “palavras chaves”, que podem te levar a achar o recurso em seu modelo, também são.

     Aqui no meu caso, no menu esquerdo, eu clico “Guest Network”. Capturei a tela do meu roteador pra ficar mais fácil. Veja aqui.

     Meu roteador, por ser mais caro, ele tem muitos recursos. Mas o básico que você precisa configurar pra ativar a rede Wi-Fi de convidados é o seguinte. Preencha o nome da rede (Network Name), algo como “Convidados”. Escolha o tipo de segurança empregada na autenticação (Wireless Security): WPA/ WPA2. Por último, defina a senha (PSK Password).

     Mesmo sendo uma rede só para internet, separada dos seus computadores, não recomendo que você a deixe sem senha ou escolha algo muito fácil. Afinal, o sinal acaba vazando e seus vizinhos podem fazer uso da sua internet sem a sua permissão. Isso não apenas degrada a sua velocidade, como pode lhe colocar em problemas, tendo em vista que eles podem fazer uso indevido (algo ilegal) e o IP que vai aparecer nos logs é o seu. Logo, você será responsabilizado.

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
mar 16

Vou de Airport Extreme ou Time Capsule?

1 Comentario »Postado por GordoGeek em 16/03/2011 às 12:12h

     Depois de anos tendo problemas com roteadores “baratos”, resolvi tomar a decisão de investir uma boa grana num roteador mais parrudo. Quase diariamente eu tenho problemas com meu DLink. Nem foi tão barato assim (quase R$ 400,00). Eu não sinto a menor confiança nele. Ele simplesmente pára de responder, derruba a rede inúmeras vezes, deixa a conexão lenta duma hora pra outra, entre outras coisas que irritam, diminuindo minha produtividade.

     Não sei se todos repararam, mas desde o início de janeiro temos uma parceria com a Apple, onde somos comissionados pra cada venda originada aqui pelo blog. Não é muito, mas ajuda. Se você for comprar algo da marca e chegar na Apple Store Online pelo blog, agradecemos :)

     Aproveitando esse descontinho e o parcelamento em 12 vezes, resolvi que iria comprar um roteador deles. Eu já tenho um AirPort Express (R$ 369,00), que funciona super bem, mas que eu prefiro deixar na mochila, pra quando viajo. Não queria deixá-lo como roteador principal da casa, pois quando precisasse viajar, não queria deixar tudo desconectado (meu servidor fica ligado pois tenho um sistema de monitoramento com câmeras).

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Apple
mai 06

Wireless-N’ano’

1 Comentario »Postado por Gilson Junior em 06/05/2009 às 18:22h

Não é apenas uma brincadeira com o nome, a MvixUSA criou o perfeito dispositivo USB para dar a computadores sem conexão wireless um acesso rápido utilizando a tecnologia N (150Mbps). O aparelho além de bonito com apenas 1,8cm suporta redes g/b/N e tem grande potência.

O gadget denominado Nubbin será lançado na próxima semana, e será vendido por U$40 meio salgado mas viável. Ele é compatível com todas as plataformas.

[via MvixUSA]


TAG(s):
Categoria(s): Gadgets
mar 16

Process – Internet via Rádio

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 16/03/2009 às 18:43h

     Eu ia editar o vídeo pra por narração e tudo o mais, mas como não sei ao certo se minha internet vai ficar disponível por mais tempo ou não, decidi publicar mesmo assim.

     Notem a extrema qualidade da internet via rádio que eu estava usando e vejam se é possível se usar uma internet dessa forma.

TAG(s):
Categoria(s): Notícias
jan 03

Dá-lhe propaganda enganosa

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 03/01/2009 às 18:36h

     Sei que nem todo mundo conhece de informática, tipos de acessos, velocidades, etc.. Aliás, lembro bem disso quando vou para a casa dos meus pais e acabo me deparando com os mais variados tipos de dúvida. Muitas empresas, infelizmente se aproveitam dessa falta de informação do consumidor para ‘lavrar a égua’, como no exemplo abaixo:


     Eu tenho um link ADSL/ Speedy através da Telefonica e pago R$ 89,00 mensais para ter 4MB de donwload e 600KB de upload. Na enorme maioria das vezes, o link é muito bom e estável. De vez em quando, principalmente de madrugada, o pessoal da Telefonica resolve dar manutenção e não me avisa, o que me deixa extremamente p…, mas no geral, é um preço bem razoável pelo serviço que tem um uptime (disponibilidade) muito elevado.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Notícias
preload preload preload