dez 04

Saldão da Black Friday: quem vai querer pagar menos?

8 Comentarios »Postado por GordoGeek em 04/12/2013 às 18:51h

     Quem me acompanha pelo Twitter viu que eu simplesmente pirei durante a Black Friday e fui comprando tudo que via pela frente. Muitas dessas coisas (talvez até a maioria), comprei simplesmente no impulso, porque tava barato, mas não tenho necessidade alguma. É o caso do Xbox por exemplo. Eu tenho um aqui que não ligo há pelo menos 3 meses, mas fiz questão de comprar mais 2, pois queria deixar um no quarto e um na varanda, evitando assim ficar tendo que desconectar um monte de fios, levando os aparelhos pra outro cômodo e tal. Só que a minha esposa não gostou muito da ideia e, antes que ela me coloque pra dormir na casinha do cachorro, vou vender algumas coisas que comprei.

     Esse post foi originalmente publicado em 02 de dezembro e foi alterado várias vezes, tirando e colocando produtos, a fim de não gerar confusão pros leitores. Tudo que estiver listado abaixo é porque realmente ainda está disponível para compra. Os que já foram removidos é porque foram vendidos.

     + Motorola Moto G Dual-Chip 16GB por R$ 649,00 que comprei junto com o fone Soul Republic. O preço normal dele é de R$ 799,00. Observe no entanto que o modelo que vem no Music Edition não trás as capinhas coloridas. Mas, por uma economia de R$ 150,00, talvez você ache interessante.

     + Tablet Galaxy Note N5110 Android 4.1 Wi-Fi 8 Branco 16GB por R$ 749,00 do Submarino (454889240/ 454854899). O preço normal dele é de R$ 1.299,00 no Submarino, o que dá R$ 550,00 de economia. Lembrando: tenho 2 unidades.

     + Tablet Galaxy Tab 3 T2100 Android 4.1 Wi-Fi 7 Branco 8GB por R$ 549,00 do Submarino (454888698). O preço normal dele é de R$ 699,00 no Submarino, o que dá R$ 150,00 de economia.

     Como alguns já devem saber, todos os produtos são novos e na embalagem original. Estão com um pequeno lucro (em torno de R$ 50,00) em cima do preço que paguei. Acho justo pela oportunidade que aproveitei e pelo trabalho que vou ter em reembalar o produto e ir despachar. Se você não acha isso justo, sem problema. Ignore e não compre. Se você é uma pessoa sensata e entende que, mesmo eu ganhando alguma coisa, você vai fazer uma excelente compra, pagando bem mais barato que nas lojas, vá em frente e mande um email para [email protected] Vai valer a ordem de chegada. Quem enviar primeiro, tem prioridade.

     Última ressalva: nenhum dos produtos inclui frete, então vamos ter que calcular na hora do envio. Se não tiver com pressa, sugiro o PAC, pois é bem mais em conta que o Sedex, ainda mais se for pra fora do estado de São Paulo. Caso queira ter uma estimativa, use a ferramenta dos Correios pra saber quanto vai ficar.

TAG(s):
Categoria(s): Geral
out 17

Preço do PS4 no Brasil gera muita polêmica #mimimi

1 Comentario »Postado por GordoGeek em 17/10/2013 às 16:01h

     Que as coisas no Brasil custam sempre mais caro nem precisa dizer, né? Já estamos acostumados a pegar o preço nos Estados Unidos (em dólar), multiplicar por 4 e ter uma base de quanto iremos pagar. Porém, de vez em quando o fabricante erra a mão e começa a fazer a conta não mais usando o 4 como multiplicador, mas o 5, o 6 e por ae vai.

     Se você não é muito chegado em game, deixa te contar que esse ano foram anunciados os consoles de nova geração da Microsoft (Xbox One) e da Sony (PS4). Lá fora o Xbox custa USD 499 e o PS4 USD 399. Aqui, o console do tio Ballmer chegou em pré-venda por R$ 2.199,00 já tem alguns meses. Claro, muitos xiaram, pois deu uma leve extrapolada no x4. Ae hoje vem a Sony e consegue fazer a cagada de anunciar o console por R$ 3.999,00! What?!

     Isso gerou uma enorme revolta na interwebz. Só para ilustrar, coloco três vídeos nesse post. Como que a Sony conseguiu fazer algo de USD 399 custar R$ 3.999,00? Ela explica: são os impostos. Mas como a Microsoft conseguiu fazer um console de USD 499 chegar por R$ 2.199,00? Ela tá sonegando impostos, Sony? E como que um Galaxy Gear que lá fora custos os mesmos USD 399 do seu PS4 aqui é vendido por R$ 1.250?

     Como não poderia deixar de ser, toda vez que um produto chega aqui tão caro, o povo corre pra fazer aquelas contas: compensa ir pra Miami, comprar lá e trazer, já que está dentro da cota de USD 500 e nem imposto vai pagar. Realmente e, infelizmente, é verdade. Mas se você não quiser viajar, ainda dá pra pedir pra alguém comprar lá fora pra ti, pagar todos os impostos e ainda economizar 50%.

TAG(s):
Categoria(s): Geral
set 05

Netflix finalmente disponível para o Brasil (ou quase)

13 Comentarios »Postado por GordoGeek em 05/09/2011 às 11:46h

     Depois de muitas promessas, rumores e disse-me-disse, a Netflix finalmente chegou no Brasil. A boa notícia é o preço, muito abaixo do que eu esperava. A ruim é que ainda temos algumas limitações e problemas, como o fato de não se conseguir assistir ao conteúdo pelo iPhone, iPad, AppleTV, XBox, etc. Por enquanto, só via PC ou Mac mesmo. Isso é, com IP nacional, pois se você tiver uma VPN, vai funcionar normalmente. Porém, a grande vantagem em se ter uma conta brasileira seria justamente não ter que ficar tendo que dribar bloqueios de IPs com uso de VPN, proxys e afins.

     Levando-se em conta tudo que é lançado no Brasil, eu estava prevendo que a conta Netflix brasileira sairia na faixa de R$ 29,90/ mês por tempo promocional e subiria para R$ 39,90 nos meses seguintes. Felizmente, a empresa teve um enorme bom senso e, sabendo que o preço é um fator determinante, fixou o valor em R$ 14,99, que é algo bem próximo dos USD 7.99 cobrados nos Estados Unidos. Segundo o CEO da empresa, esse preço não é promocional e vai ficar nisso por um longo período. Nós agradecemos!

     Pelo que eu li no Twitter, o suporte da Netflix está dizendo que ainda não tem previsão oficial para disponibilizar o streaming para os demais dispositivos. Porém, a informação que corre em meios não oficiais é que seja entre outubro e novembro. Claro que cada usuário tem seus hábitos de consumo, mas pra mim, disponibilizar o conteúdo para o AppleTV, iPhone e iPad são fundamentais. Por enquanto, estou driblando esse bloqueio com o uso de VPN.

     Update 14/12/2011 15:52H => Acaba de sair uma atualização do aplicativo da Netflix para iOS. Agora é possível ter acesso ao conteúdo sem gambiarras (VPN, Proxy, etc.) com legendas e áudio nacional. Sem dúvida, uma ótima notícia de final de ano. Em tempo: recentemente a Microsoft soltou um update pro XBox, que também ganhou acesso ao Netflix. Infelizmente, só pra quem tem conta gold (paga).

TAG(s):
Categoria(s): Geral
mai 19

Eu NÃO quero ir para o lado negro da força

11 Comentarios »Postado por GordoGeek em 19/05/2011 às 11:07h

     Como programador, eu sei a importância do copyright e como a falta dele pode fechar empresas e impedir pessoas de ganharem a vida com o fruto do seu trabalho. Porém, leis de direito autorais antigas precisam ser imediatamente revistas e atualizadas para as novas realidades. A da Inglaterra por exemplo, que atualmente está sendo reformulada, tem mais de 300 anos. A do Brasil não é tão velha assim, mas também está sendo alterada.

     É justamente por viver de direito autoral, vendendo licença de uso dos meus softwares/ projetos, que eu tento me policiar ao máximo para não fazer aos outros o que não quero que façam comigo. Conforme eu já mencionei algumas vezes por aqui, eu pago a minha TV por assinatura (mesmo usando muito pouco), pago pelos serviços de vídeo Hulu Plus e Netflix, pelos de música Grooveshark e Zune Pass, além de comprar muito software pra Mac, Windows e iOS, seja no iPhone ou iPad. Também nunca tive um console de video-game desbloqueado, mas acho que isso está prestes a mudar.

     O modelo de negócios da App Store da Apple é muito bem sucessido e alavancou as vendas de seus dispositivos, permitindo que o usuário tenha acesso a uma imensidão de conteúdo de forma rápida, simples e barata. Por outro lado, algumas imposições da Apple, restringindo quais aplicações vão para a loja ou são barradas desagrada a muitos. Além disso, poucas aplicações tem uma opção para teste antes da compra, geralmente com opções mais simples (chamadas na loja de “light”). Alguns argumentam que é possível comprar, usar e se não gostar, basta reclamar que a Apple estorna a compra. Não é bem assim! Eu sei de gente que conseguiu o estorno, mas eu já tentei várias vezes com aplicações totalmente bugadas e cheio de gente reclamando nos reviews e nunca me estornaram nada. Pior, nunca sequer deram satisfação.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Geral
mai 18

Fase II do Jogo Justo acontece nesse final de semana

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 18/05/2011 às 11:05h

     Jajá eu vou receber mais seis jogos do Kinect, segundo previsão do site dos Correios. Comprei todos lá fora, através de uma amiga e sairam numa média de R$ 100,00 cada, incluindo despesas com cartão, frete, etc. Por aqui, os mesmos jogos sairiam numa média de R$ 150,00.

     Meu console (Xbox 250GB + Kinect) também foi comprado lá fora, por menos de R$ 1.000,00. Os primeiros jogos eu acabei comprando por aqui mesmo, por R$ 159,00 cada, mais frete. Só comprei aqui porque tava muito “pilhado” pra conhecer e não queria esperar tanto pela entrega. Mas como podemos ver, comprar por aqui é sempre muito mais caro.

     Nesse final de semana teremos a fase II do Jogo Justo. A iniciativa é muito boa, mostrando quanto pagaríamos dos jogos se a carga tributária fosse menor, mas a quantidade de títulos ofertados é sempre muito baixa. Eu não gosto de jogos convencionais de joystick. Só ando usando o Xbox para os jogos do Kinect. Dos jogos listados, nenhum é pra Kinect.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
mai 03

Meu Xbox/ Kinect gringo deu problema. E agora?

3 Comentarios »Postado por GordoGeek em 03/05/2011 às 13:45h

     Apesar de não ser um gamer, acabei comprando o Xbox no começo do ano em virtude do Kinect. O aparelho fez um enorme sucesso e ultrapassou a marca das 10 milhões de unidades vendidos em curtíssimo prazo, dando uma surra no iPad e entrando para o livro Guiness de recordes como o aparelho eletrônico de adoção mais rápida da história.

     A versão que comprei foi a Slim de 250GB e essa quantidade de HD tem se mostrado bem útil, pois já baixei mais de 200 demos na Xbox Live americana. No entanto, devo confessar que os jogos tradicionais não me encantam muito. Já comprei quase 10 jogos para o Kinect (e nenhum tradicional) e venho me divertindo muito, tanto sozinho, como com a família e amigos.

     Ontem eu fui jogar uma partida de tênis de mesa no Kinect Sports (meu vício atual) e notei que tinha algo errado. Os movimentos estavam pouco precisos e às vezes simplesmente parava de responder. Achei que o Kinect estava indo pras cucuias, pois esse comportamento já vinha ocorrendo nos últimos 3 dias. Ae veio a dúvida: o que fazer em caso de problema no Xbox ou no Kinect quando se comprou o produto lá fora? A garantia dele é mundial ou local?

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Dicas
mar 29

PC Game Supply: comprando gift card diversos

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 29/03/2011 às 16:38h

     Como boa parte dos usuários do iPod/ iPhone/ iPad devem saber, a disponibilidade de conteúdo em nossa App Store é bem menor que na Store americana. Alguns acabam criando conta na Store argentina, que aceita cartões de crédito brasileiros, mas mesmo lá, a oferta é limitada. Além da maior variedade de aplicativos, a loja americana ainda conta com músicas, filmes e seriados. Infelizmente, não temos isso porque e a previsão da Apple pra termos é …. (só Deus sabe).

     Qual a alternativa então pra quem quiser comprar coisas na App Store e iTunes Store americana? Recentemente falei aqui de uma alternativa pra ter cartão de débito americano. Esse cartão funciona tanto na loja da Apple, como várias outras, como da Microsoft, Netflix, Hulu, etc. O problema são os custos envolvidos. As taxas são altas e acabam encarecendo o processo.

     O jeito mais viável pra abastecer o saldo da conta americana é apelar para os gift card. Se você tem um amigo que mora (ou viaja) lá pra fora, pode pedir esse favor. Porém, ficar a todo instante amolando os outros é bem desagradável (isso quando há opção, pois muitos não tem esses contatos). Sendo assim, é possível comprar iTunes Gift Card no eBay, Mercado Livre e em outros sites. Todavia, a enorme maioria deles cobra um ágio, ou seja, o cartão de USD 15 vai te sair na verdade por USD 25 ou algo assim. Pouco vantajoso, né?

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Notícias
mar 21

Como fazer pra ter cartão americano?

10 Comentarios »Postado por GordoGeek em 21/03/2011 às 21:10h

     Hoje eu vou bancar o Mister M e contar o que muita gente quer saber: como fazer pra ter um cartão americano, abrindo as portas do paraíso para contas na XBox Live, iTunes Store, Hulu Plus, Zune Marketplace e todos os outros sites que exigem um cartão emitido por banco americano e com endereço de fatura americano.

     Não sei se todos sabem, mas não basta apenas ter um cartão de crédito internacional para comprar em alguns sites. Devido a acordos comerciais, especialmente de licenciamento de conteúdo, muita coisa fica restrito ao mercado americano. Assim, é fundamental ter um cartão “gringo” pra ter acesso a esses serviços, muitas vezes, a farra dos geeks.

     Sei que esse post pode afetar a vida de muita gente, especialmente daqueles que comercializam gift cards e promocodes. Infelizmente galera, vou fazer igual ao mascarado do Fantástico e revelar o segredo. Acredito que, boa parte da galera, devido aos custos envolvidos, talvez nem se interesse. Mas quem gasta muito e/ ou faz questão de ter acesso a esse conteúdo restrito, vai acabar aceitando os custos.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Apple, Dicas
mar 06

Como jogar Kinect: NÃO seja um idiota!

1 Comentario »Postado por GordoGeek em 06/03/2011 às 20:01h

     Lembram quando a Nintendo lançou o Wii e dias depois começaram a surgir vidros, TVs e mais um monte de coisas quebradas, pois os estúpidos jogadores não conseguiam segurar o controle, se empolgavam e mandavam o controle como uma fecha? Pois é, hoje com o Kinect eu fui o idiota!

     Pra quem não conhece, o Kinect tira algumas pequenas fotos e vídeos durante os jogos e você pode compartilhar isso depois no Facebook. Hoje eu estava num emocionante desafio de equipes em família, quando durante um jogo de vôlei eu me empolguei e mandei uma cortada incrível no lustre! Por sorte, não cortei a mão, nem a lâmpada voou na TV, mas serviu de alerta, que compartilho com vocês. Nem sempre o idiota é apenas o vizinho. Pode realmente acontecer conosco. Assim, antes de se empolgar na jogatina, afaste os ambientes e se posicione de forma adequada na sala.

TAG(s):
Categoria(s): Biblioteca Digital
mar 05

O mundo encantado de cagadas Microsoft

3 Comentarios »Postado por GordoGeek em 05/03/2011 às 14:53h

     É fato que a Microsoft é uma das maiores empresas de tecnologia do mundo. Seu domínio é indiscutível em várias áreas, apesar da empresa sempre carregar a fama de incompetente e de fazer tudo errado. Mas às vezes, ela realmente faz jus a essa visão que temos dela.

     Uma das áreas que a Microsoft tem muitos fãs é nos games. Apesar do primeiro XBox ter deixado 25% dos usuários de cabelo em pé com a famosa pane dos 3 LEDs da morte, que ferravam os consoles de forma a não permitir conserto, no geral, ela manda muito bem. Com o Kinect, a empresa deu uma baita salto na frente dos concorrentes e aproximou muitos usuários, que estavam longe dos consoles (como eu), de volta a esse mundinho.

Continue a leitura..

TAG(s):
Categoria(s): Geral
preload preload preload