mai28

Telefones com ramais sem fio (DECT) x PABX

1 Comentario »Postado por GordoGeek em 28/05/2013 às 18:25h

     Em 2005, logo que terminei o MBA e comecei a trabalhar em casa no sistema que viria se tornar a HostingVoIP, senti a necessidade de comprar um PABX, pois me via envolto em vários aparelhos fixos espalhados pela bancada e isso acabava me desagradando, tanto pela estética, como pela praticidade.

     Na época, comprei uma central Intelbras Modulare via Mercado Livre (R$ 500,00) e eu mesmo fiz a instalação. Como todas as linhas e ramais ficavam na mesma sala, não teve dificuldade extra na passagem de cabos. Assim, eu coloquei uma linha fixa da Telefonica, uma linha móvel da Vivo (conectada ao PABX via interface GSM) e coloquei outras duas linhas VoIP nos 2 troncos restantes. Dos 8 ramais que tinha disponível, acabei usando apenas 2 telefones, que eram os aparelhos que ficavam na bancada. Dessa forma, organizei melhor as coisas.

     Há pouco mais de 3 anos, quando me mudei pra uma casa consideravelmente maior que anterior, tive que contratar uma empresa para passar toda a fiação, pois o asno do antigo proprietário, que construiu a casa, não deixou a fiação passada. Deu um super trabalho porque, novamente, o asno, quis economizar algumas dezenas de R$ e usou conduites super estreitos, que já estavam no limite, apenas com os cabos de energia. Eu não tenho registrado exatamente quanto gastei, mas deve ter ficado em torno de uns R$ 600,00. Ou seja, somando ao valor do PABX, foram R$ 1.100,00, fora o preços dos aparelhos de telefone.

     Depois de meses de seca, parece que São Pedro resolveu trabalhar e desde o final de semana que chove (muito) diariamente aqui em Matão. Os raios são constantes e nem os vários nobreaks espalhados pela casa tem aguentado. O fato é que o PABX começou a apresentar um comportamento muito estranho (provavelmente queimou algum módulo) e enquanto o pessoal da assistência técnica não vem ver o que acontece, acabei improvisando com um sistema de ramais sem fio que tenho da Panasonic.

     No começo do ano eu falei aqui no blog do sistema DECT e é justamente esse padrão que meu conjunto da Panasonic trabalhava. Há alguns anos, notei que toda vez que o telefone tocava, a rede sem fio morria. Cheguei a trocar de roteador, alterei frequências e nada resolvia. Até que aposentei meus telefones que trabalhavam na frequência de 2.4GHz e peguei esses de 900MHz. Nunca mais tive problema!

     Eu paguei cerca de R$ 250,00 pelo conjunto, que é formado de uma base e dois monofones. Você pode comprar mais monofones, conforme a sua necessidade e ir adicionando ao grupo (em torno de R$ 80,00 cada). Eles trabalham de forma parecida (mas não igual) a um PABX. Dessa forma, basta você colocar sua linha de telefone na base principal e todos os monofones irão trabalhar como ramais. Que fique claro: não é uma simples extensão, onde você tira do gancho e todos ouvem a conversa. Eles realmente trabalham como ramais individuais, permitindo transferir chamada, um ligar para o outro, etc. Como benefício extra, ainda tem viva-voz, caixa postal, tons mais bonitinhos que telefones convencionais, alarme, agenda, etc.

     Se você precisa de um telefone sem fio, recomendo fortemente que pegue um compatível com essa tecnologia, pois além de não interferir na sua rede Wi-Fi, ainda vai te abrir essa possibilidade dos ramais. A enorme vantagem deles é que basta ligar na energia e você tem um ramal ativo, sem a necessidade de passar fios pela casa. Aqui em casa eu coloquei um no sótão e outro na cozinha, que são locais onde eu não tinha passado cabo de ramal até o PABX.

Leave a Reply

preload preload preload