out29

     Como alguns devem saber, desde o princípio da noite de quinta-feira o UOL Host está com vários serviços indisponíveis, entre eles, o de Cloud Computing. Fomos profundamente afetados por isso, bem como dezenas de outros profissionais e milhares de clientes. Achei bem curioso o fato de praticamente não ter visto notícia a respeito disso em lugar algum. Sempre que acontece qualquer problema com outras empresas, como Vivo, Blackberry, Twitter e afins, por mais rápido que seja, pipocam inúmeras notícias nos meus feeds. Dessa vez, nada.. Fico me perguntando se isso aconteceu porque os editores acharam que não tem relevância ou se é porque o UOL é um grande grupo da internet brasileira e ninguém quer mexer nesse vespeiro.

     O assunto que quero tratar nesse post é sobre a forma com que a empresa UOL Host vem agindo diante dessa situação. Começamos uma discussão no Twitter, mas como é muito difícil fazer uma discussão pautada em argumentos usando apenas 140 caracteres, achei melhor vir para o blog. Peço desculpas à aqueles que gostam de ver por aqui notícias de tecnologia ligadas a Apple e afins, mas se vocês continuarem a leitura, verão que não se trata de um #mimimi localizado e sim algo que vale a pena debater.

     Em resumo, a discussão surgiu quando eu comentei algo a respeito das atitudes do UOL Host: “o que a empresa faz não é uma pura e simples propaganda enganosa, onde ela anuncia que um iogurte tem 500gr e entrega 400gr. ela está cometendo estelionato, pois anuncia a sua infra como sendo uma coisa extremamente segura e confiável, mas não investe o suficiente para entregar o que vende, colocando vários negócios (e famílias que depende dele) em risco”. Segundo consta no dicionário, estelionato é quando alguém (ou alguma empresa) comete fraude em contrato, documento, etc., induzindo ao erro a outra parte para com isso, obter vantagem ilícita. Bom, não sou advogado e nem nunca frequentei a faculdade de direito, mas interpretendo o texto, parece ter sido exatamente isso que a empresa fez.

     Vamos dar uma olhada em uma das propagandas do UOL Host, disponível no seu site na área de Cloud Computing. Como a UOL Host pode mudar o site, tirei um printscreen para que possamos analisar o que ela apregoa:

A) Plataforma Robusta => “Segurança, estabilidade e performance consagrados pelo UOL”: a empresa dá a entender que o portal UOL faz uso da mesma infra-estrutura de Cloud que ela vai nos oferecer. No entanto, os clientes de Cloud estão há mais de 36 horas fora do ar, enquanto o portal UOL não saiu do ar em momento algum. Ou seja, eles distorceram completamente a informação, com o único propósito de enganar o cliente, passando uma segurança que eles não teriam. Em nenhum local existe qualquer * ou algo do tipo, dizendo que o portal não estaria usando os mesmos recursos que qualquer outro cliente.

B) Plataforma Robusta => “Segurança, estabilidade e performance oferecidos por nossos modernos Data Centers.”: em seu site, o UOL Host tem vários vídeos institucionais mostrando uma robusta infra-estrutura, além de citar nomes de peso como seus clietnes. Qualquer um que veja tais vídeo, ficaria seguro e pensaria: “uau, ae é onde eu quero estar! terei a minha disposição o que existe de melhor no ramo. Bem, acredito que ficar 36 horas (com previsão de mais 36), não seja nada seguro ou confiável, correto?

C) Redução de Custos => “Otimize seus investimentos em tecnologia.” e “Invista sob demanda e de acordo com a necessidade de seus projetos.”: uma das pedras fundamentais da Cloud Computing é a redução de custos. Ao invés de colocar vários servidores dentro da empresa, que podem ficar ociosos e defazados em pouco tempo, a computação em nuvem oferece uma otimização de recursos, onde vários pequenos computadores, atuando de forma conjunta, vão oferecer confiança e racionalização de custos, tendo em vista que o pagamento será feito de forma proporcional, pagando-se mais conforme o uso. Ou seja, pra que comprar um outro servidor, pra dar conta de uma aplicação específica, como folha de pagamento, que rodam apenas uma vez ao mês? É melhor contratar o Cloud Computing, aumentar a configuração das máquinas nesse dia e depois voltar ao que era, pagando apenas o incremento desse período. Assim, tercerizando tudo para o fornecedor, a empresa fica livre de investimentos em hardware, link e pessoal.

D) Redução de Custos => “Foque em seus negócios e deixe que nós cuidamos da sua infraestrutura de TI.”: peço que por favor leiam atentamento a afirmação do UOL Host. Eles dizem que vão cuidar de nossa infraestrutura em TI, nos deixando livres dessa obrigação, para que possamos focar em nosso negócio. Ou seja, não se preocupe com servidor, backup, link, etc. A gente vai fazer isso por você. Concentre-se em melhorar o seu sistema, atender o seu cliente, etc. Essa é a mensagem que eles passam. Assim, pra quem aponta o dedo e diz: “mas poxa, vocês deviam ter backup e não ficar dependentes do UOL Host”. Quem diz isso, não sabe nada de computação em nuvem. Se é pra ter a mesma infraestrutura dentro da empresa ou em outro lugar, pra que usar computação em nuvem? Você faria um seguro veicular que dispõe de carro reserva em caso de sinistro e manteria outro carro pra eventualidades? Claro que não! O UOL Host, em diversas afirmações, assumiu para si o compromisso de manter-se responsável pela infraestrutura do cliente. Ninguém a obrigou a isso. O que os clientes esperam é que ela apenas cumpra com o combinado. O que dá a entender é que o departamento de marketing do UOL Host não fala com o departamento técnico. Os marqueteiros escreveram o que quiseram e não foram atrás de tornar aquilo real. Essa prática impactou diretamente o negócio de dezenas de empresas e milhares de usuários que foram iludidos pelas falsas (e generosas) promessas da empresa.

E) Elasticidade => “Através do Painel de Controle, é possível gerenciar seus recursos de forma simples e prática.” e “Tenha total liberdade para administrar seus servidores, espaço em disco e licenças.”: há algumas semanas eu precisei aumentar a memória de uma máquina na Cloud do UOL e como não achei opção no painel de controle, fui pro chat de suporte, perguntar como eu deveria proceder. Me foi informado que, apesar de ser divulgado isso, eles ainda não haviam implementado. Ou seja, eles sabiam que não tinham o recurso e já estavam divulgado. Em nenhum local havia qualquer aviso disso. Esse é um dos pilares de computação de nuvem. Ter que contratar uma máquina maior e ter todo o trabalho de reinstalar e migrar tudo é algo que vai totalmente contra essa filosofia. A empresa sabia disso e preferiu iludir o consumidor, vendendo algo que não poderia entregar e tinha total ciência disso.

F) Vantagens do UOL Cloud => “Suporte exclusivo e altamente qualificado, 24 x 7″: apesar da empresa alegar que possui profissionais qualificados e suporte 24 horas por dia, 7 dias por semana, é praticamente impossível entrar em contato via 0800. Já no sistema de chamados, demoraram mais de 8 horas para em dar uma simples informação e pior, não explicaram nada. Apenas disseram que sabiam do erro e estavam trabalhando. Apenas no dia seguinte surgiu uma nova informação, responsabilizando o sistema de armazemanto da empresa EMC pela falha. Por mais que o erro não esteja diretamente ligado a UOL Host, não tem como isentá-la de culpa. Se ela bate tanto na tecla que é uma empresa responsável e que tem o melhor da Cloud Computing para oferecer a seus clientes, ela deve fazer investimentos proporcionais a essa divulgação, inclusive em equipamento redundantes. Se foi mesmo o Storage EMC que falhou, eles não tinha outro preparado para assumir? Se sim, porque mais de 36 horas para ativar esse outro equipamento? Que tipo de profissionais qualificados demoram mais de um dia inteiro para ativar uma contingência?

     Como eu disse anteriormente, não sou advogado e nunca frequentei o curso de direito. Minha interpretação pode ser equivocada, mas a fiz baseada em fatos e argumentos. Você pode não concordar com eles, mas estão ae. São públicos e notórios. A UOL Host, o espaço está aberto a réplica e considerações. Como já dito anteriormente: tem dezenas de pais de família, como eu, que ficam meses tentando viabilizar projetos e quando finalmente conseguem a aprovação dos mesmos com clientes, são simplesmente deixados para trás e ignorados. Na minha opinião, a UOL Host praticou estelionato, lesando milhares de consumidores e dezenas de clientes diretos, que acreditaram em suas propagandas e estão sofrendo e pagando uma conta que provavelmente a UOL Host não irá se responsabilizar em pagar. A quebra de confiança numa relação fornecedor/ cliente não impacta apenas projetos atuais, como também projetos futuros, uma vez que o cliente passa a enxergar que o profissional que o colocou nessa situação, não está apto para lhe aconselhar em projetos futuros.

Leave a Reply

preload preload preload