mar13

Walmart e o iTunes Match da época das cavernas

Sem Comentarios »Postado por GordoGeek em 13/03/2012 às 15:44h

     Um dos serviços mais legais que a Apple lançou “recentemente” foi o iTunes Match. Assinando esse serviço, que custa meros USD 25 por ano, o iTunes faz uma varredura em seu biblioteca de músicas e as disponibiliza na nuvem da Apple, para que você tenha acesso a ela de qualquer lugar (bem, a ideia é essa, mas não funciona tão bem assim, rs.). O mais legal é que o algorítimo do iTunes Match compara todas as músicas da sua biblioteca, procurando por marcadores que as identifiquem, evitando assim que você precise fazer o upload pra nuvem (como acontece em outros serviços). Claro, ele não acha 100% das músicas, mas funciona relativamente bem. Ah, essas músicas não precisam necessariamente terem sido compradas na loja da Apple. Você pode ter comprado em outra loja digital, convertido de CDs ou até baixado via torrents.

     Li a pouco no Engadget que o Walmart anunciou um serviço “um pouco” similar a esse em relação a DVDs. Porém, bem diferente da praticidade da Apple, você terá que levar seus DVDs a uma das 3.500 lojas da Walmart, o que não é lá muito prático. Eles vão meter um carimbo no seu disco e você terá a opção de ter esse conteúdo na nuvem, pagando USD 2 para qualidade convencional ou USD 5 para HD. Eu sinceramente não entendi porque a coisa não é mais prática, onde você coloca o disco no drive do computador, abre o programa da Walmart e pronto. Claro que entendo que eles tem que proteger os direitos autorais e seria uma farra o povo fazendo isso com discos locados ou de amigos, mas será que cada disco não tem um código único de identificação que permita isso?

     Bom, independente da praticidade em se disponibilizar o seu conteúdo, acho que USD 2 é um preço justo pra tê-lo disponível na nuvem, sempre que quiser assistir. Além de evitar que você perca tempo convertendo o disco (mais ou menos 15 minutos por disco), vai evitar que você tenha custos com armazenamento. Eu converti boa parte do meu conteúdo e eles estão disponíveis pra eu assistir de onde quiser via AirVideo, mas além do tempo de converter em si, preciso manter o meu iMac (e o HD externo) sempre ligados e conectados a internet. Se você parar pra pensar, acaba compensando.

     Será que não sai mais em conta assinar o Netflix, que custa R$ 15,00 mensais e você tem acesso a um bocado de filmes e séries? No Brasil, quase certeza que não, pois o conteúdo ainda é super limitado. Lá fora, eu já tenho minhas dúvidas. No site da Vudu, que é a empresa parceira da Walmart, tem várias comparações com a Netflix. O legal do Vudu é que não tem mensalidade. Você pode comprar o filme (cerca de USD 15 para SD ou USD 20 para HD – lançamentos) ou alugar (USD 4 em SD, USD 5 para HD e USD 6 para fullHD – também lançamentos). Todos os dias tem promoção de filmes por USD 1 o aluguel, mas a média dos filmes mais antigos fica na metade dos lançamentos (USD 2 para SD). Mas voltando ao serviço do Walmart, USD 2 pra ter sempre disponível seus filmes em SD ou USD 5 em HD tá um preço bem justo.

     Não é de hoje que temos vários rumores de uma iTV, ou seja, uma TV (no modelo tradicional) feito pela Apple. Atualmente a Apple TV é uma caixinha que você conecta em qualquer TV. Os rumores dizem que teríamos uma TV de verdade, com a “caixinha embutida”. Eu não sei se faz muito sentido, já que o ciclo de troca de uma TV é bem longo (no meu caso, 5 anos pra mais). Já o Apple TV (a caixinha), eu posso trocar todo ano, assim como iPhone e iPad, pois a evolução das especificações pra ele é bem superior a das TVs. Mas o grande trunfo da tal TV da Apple não seriam apenas suas características físicas e sim, o seu conteúdo. Vários estúdios de TV já deram com a língua nos dentes e disseram que foram procurados pela Apple (até mesmo pessoalmente por Jobs) pra negociar o conteúdo. Atualmente a iTunes Store já vende e aluga conteúdo desses mesmos estúdios, mas o acordo seria mais abrangente. Não duvido que a Apple esteja tentando fazer um iTunes Match para vídeos. Todavia, fazer os estúdios cederem, está bem complicado.

preload preload preload